República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Rumo ao Enea (Deus é Bola)

Por | 26 de fevereiro de 2021
capa
50 Comments
  • author avatar
    The Trooper 2 meses ago Responder

    RECADO AOS COLEGAS BROCHAS:

    Engraçados são os comentários constrangidos, de rabinho entre as pernas, da turminha que passou o ano criticando a diretoria do Flamengo, por absolutamente qualquer coisa que ela fizesse, por motivos de “ainnnnn, eles almoçaram com o Bozó”.

    Já que a torcida deles pro Flamengo se fuder não deu certo (raramente dá), agora a estratégia dessa trupe de patetas é desvalorizar nosso título. Desmerecer a conquista.

    Não passam de pobres diabos, tristonhos, derrotados e como bem se auto-definiu o psicólogo fake num comentário mais abaixo, brochas. Não à toa foi aplaudido “de pé como nos tempos do Theatro Municipal” pelo seu séquito de seguidores chorões.

    Já não basta o problema de micropenia assumida do tal de arthur maciel (esse um autêntico tricolete infiltrado), ainda temos um grupo de comentaristas que reconhecem seus problemas de ereção.

    Reconheço o valor na coragem de se assumir brocha em um foro público. Mas não sei se aqui é o espaço adequado para obterem a ajuda de que necessitam.

    Sugiro que vcs parem de encher a porra do saco fazendo oposição ao Flamengo, como autênticos antis, e fundem um blog do Boston Medical Group.

    Kkkkkk

    MENGOOOOOOOOOO

    Rumo ao Enea e ao Tri da Liberta.

    Chorem mais

    • author avatar
      CARLOS MORAES 2 meses ago Responder

      Meu caro,

      Não falei em brocha, mas sim que o tesão diminui, até para a Claudia Cardinale, que, por sinal, está bem perto de compledtar 83 anos, companheira minha que foi de berçário.

      Se falasse que, com tal idade, tenho o mesmo tesão dos 22 anos, poderia ser internado em Manicômio, de preferência que não fosse Judiciário.

      Diminui a capacidade sexual, não há dúvida, mas não a educacional, como acontece com muitas e muitas pessoas, até bem mais jovens.

      Da mesma forma que, anos atrás, corria 100 metros rasos em 15 segundos e hoje beirando os 60 minutos.
      Não há como escapar.
      Como dizia o meu mestre meio maluco da F.N.D., Rodrigues do Valle, é a Lei do Retorno.
      O que vai, volta e ponto final.

      Despreocupadas SRN
      FLAMENGO SEMPRE

      EM TEMPO – continuo achando o Bozo um mentecapto, continuo achando que o título de 2020 foi chegado ao vergonhoso, longe de se comparar ao do ano anterior, continuo criticando a Diretoria do clube, o técnico Ceni, uma porrada de jogadores, logicamente creditando ao Arrascaeta o título de melhor jogador do Brasileiro/20.

      • author avatar
        The Trooper 2 meses ago Responder

        Prezado Carlos Moraes, gosto dos seus comentários. São diferentes da média, sem erros de português, sempre trazem alguma história bacana de tempos idos, dentre outras qualidades que me fazem parar de rolar a tela e dedicar alguns segundos para os ler.

        Quanto ao que vc pensa sobre o “Bozo” não me importa nem um pouco. Até porque aqui não é o foro adequado para discutir isso. Uma coisa que a nova e a velha geração aparentemente ainda não aprenderam é que tem lugar e hora pra tudo.

        Atualmente, querem enfiar política pela goela abaixo dos outros a todo momento em qualquer porra de lugar e momento. Até no grupo de ZAP da porra do parque de cães da pracinha teve briga por causa de idiotas fãs de Bozo e Luladrão.

        Tentaram enfiar essa merda de discussão aqui, que culminou em vários bons comentaristas sumindo do blog. Parabéns aos envolvidos.

        Eu não entro nessa. Querem defender bandido, vão falar sozinhos.

        Mas, sobre o que realmente importa aqui, que é o agora maior campeão brasileiro, não há como qualificar sem perder a linha um comentário que adjetiva como “vergonhosa” a conquista do octa.

        Portanto, não o farei.

        Me resta apenas lamentar e torcer para que seus comentários retomem o alto nível, sem contaminação por opiniões políticas pessoais que só dizem respeito a vc próprio ou injustificado excesso de cobrança sobre os jogadores da nossa geração mais vitoriosa desde a era Zico.

        Mais amor próprio, esquece esse papo de brocha, vc está vivo e é isso que importa.

        Mais amor ao Mengão.

        Mais positividade.

  • author avatar
    Vania 2 meses ago Responder

    Incrível o vuaden ser escolhido o melhot arbitro !!!

  • author avatar
    ORLANDO SILVA 2 meses ago Responder

    Caro Arthur e demais torcedores,
    Na minha vida de torcedor e na partida que definiu nosso octa, passei por uma situação inédita durante o jogo: me tranquei no quarto para assistir e obviamente não permiti ninguém da família adentrar o ambiente, pois passei a ter dupla personalidade, ora torcendo pros jogadores virar o jogo, ora me aborrecendo com o time passivo e descomprometido e com vontade louca de desligar a TV . Acredito que isso aconteceu com alguns torcedores. E nos 4 minutos finais então, foi pra derreter qualquer nervos de aço; e a porra da Globo ainda dividiu a tela mostrando a outra partida, aumentando ainda mais minha angústia. Rapaz, sei que no Flamengo se não sofrer não é Flamengo, mas meu , pelo amor de Deus, assim já é exagero. Puta que pariu, vai pedir pra torcedor sofrer assim lá na casa do caralho. Agora são 15 dias de folga e iniciar o leilão: emprestar e vender QUALQUER um dos atletas, sim, se for boa grana não vacila, aceita.
    SRN.
    Concordam comigo?

  • author avatar
    CARLOS MORAES 2 meses ago Responder

    UMA SINGELA MENSAGEM AO COMPANHEIRO THE TROOPER

    O nosso caro Xisto foi de Pirandelo.
    Vou ser mais modesto.
    Pedirei socorro ao Nelson Rodrigues, o nosso grande Nelson.

    Acima de tudo foi um teatrólogo igualmente genial.
    Senhora dos Afogados, Os sete gatinhos, A Dama do lotaçâo, entre muitas outras peças, nâo se podendo esquecer a sua obra prima, Vestido de Noiva.
    Escrevia Crõnicas memoráveis, no “A vida como ela é”, depois levadas à televisâo, no programa Fantàstico, sendo inesquecível, entre muitas outras, a presença da Gabriela Duarte, em uma delas

    Sem entender bulufas, mas amparado por outra figura também marcante, João SEM MEDO Saldanha, participou do melhor programa esportivo brasileiro de todos os tempos, a Mesa Redonda Facit.
    Muitos pensam que sua grande paixâo seria o Fluminense.
    Nâo, esse era um grande amor clubístico.
    Acima de tudo, para o grande Nelson, estava a Seleção do Brasil.

    Criou, também aqui, frases e personagens inesquecíveis.
    Sobrenatural de Almeida o mais famoso, sendo impossìvel esquecer, entre outros, da Cabra Vadia e da Senhora Granfina, que, ao entrar no Maracanã, logo indagou – quem é a bola ?
    Dizem as más línguas que inspirou-se nele mesmo, para criar a Senhora Granfina …

    As frases tornaram-se lendas e aqui chegamos ao ãmago da questâo, fundindo personagens e conceitos.
    OS IDIOTAS DA OBJETIVIDADE.

    Sim, a objetividade será sempre relativa, válida, como verdade absoluta, tão somente para OS IDIOTAS.

    Somente os iDIOTAS DA OBJETIVIDADE poderiam tirar o valor da nossa Seleçâo de 1982, quando vàrios GÊNIOS da arte do futebol estiveram juntos< encantando o mundo – Leandro, Júnior, Toninho Cerezo, Falcão, Sócrates e Zico.
    Seis gênios em um time só.
    Nem chegaram a semifinal, mas ganharam a eternidade.
    Tal como, muito antes, a Hungria de Puzkas, Kocsis, hideguti, Grosics, tal qual a Holanda de Cruyiff, Neskens e Resembrink.

    Da mesma forma, somente eles, os IDIOTAS DA OBJETIVIDADE, podem dar valor às medíocres seleçôes alemã de 54 e italiana de 82, nâo faltando à lista de mediocridade vencedora a própria seleçâo brasileira de 94.

    Aí está a grande verdade.
    Com praticamente os mesmos jogadores, o FLAMENGO de 2019 foi um timaço, enquanto o FLAMENGO de 2020 (quem sabe por culpa da pandemia ?) um time igual a tantos e tantos outros, entre vitoriosos e derrotados, muito mais pelos caprichos do destino.

    Tudo bem, o OCTA chegou, mas, não fossem os mesmos os jogadores, esse time, como o campeão carioca de 63, cairia no mais completo esquecimento.

    Por sinal, tirando Bruno, Angelim, Pet e Adriano, quais os demais campeões de 2009 ?

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      The Trooper 2 meses ago Responder

      Prezado Carlos Moraes,

      Muito boa sua analogia.

      Mas, em se tratando de Flamengo, eu apenas torço muito, desejo que ganhe tudo, sempre, contra tudo e contra todos.

      Não me importa o esquema, o refinamento técnico, tampouco em quem o Marcos Brás votou pra presidente.

      Eu nunca vou torcer pra Globo. Eu nunca vou desejar mal ao Flamengo por causa de política partidária. Eu nunca passaria um ano inteiro criticando a melhor e mais vitoriosa gestão da história do Flamengo, apenas por ter dado uma camisa ao Presidente da República.

      Isso, sim, é coisa de idiota.

      E quem se enquadra nesse perfil tem mais é que se fuder e ajoelhar no milho com o octa do Mengão, em vez de ficar aqui tentando desmerecer a conquista. Coisa mais ridícula.

      É OCTA, IDIOTAS!!!

      • author avatar
        CARLOS MORAES 2 meses ago Responder

        Você deve ser jovem, bem jovem.

        Fui assim.
        Vou usar, como exemplo, a mesma seleção. A brasileira de 82, só para não ficar sempre falando mal do Flamengo.

        Tinha 42 anos, logo não era um garoto, muito menos um idoso.
        Independentemente da boa campanha anterior, fiquei PUTO (e ARRASADO) com a derrota.
        Espinafrei o Júnior, que, parado na linha do gol, deu condições de jogo para o Rossi, no gol da tragédia.
        Enfim, tudo o que se falou de louvor, só veio bem depois.
        Essa é a reação mais normal de qualquer torcedor, principalmente jovem.

        Nas viitórias, a mesma coisa.
        Fla x Flu não tenho certeza do ano.
        Década de 50.
        Domínio total do Fluminense.
        Pinheiro bate um penalti na trave.
        Último minuto,
        Sobra um bola vadia para o nosso pequenino Babá.
        Castilho sai do gol, em desespero.]
        Babá dá um leve toque por cima.
        A bola vai se arrastando na direção do gol.
        Píndaro e Pinheiro vêm em desabalada carreira.
        Sem êxito.
        GOOOOLLLL do Flamengo.
        Vitória “esmagaddora” por um a zero.

        Já contei essa história, ou aqui ou ainda no Urublog.
        Foi a única vez que briguei no Maracanã.
        Esstava com um primo que era (já se foi) chegado ao maluco.
        Partiu pra cima de um grupo de tricolores, que cantavam vitória o tempo todo.
        Tive que apoiar.
        Ainda bem que o “deixa disso” preponderou, pois, em absoluta minoria, íamos tomar um pau desgraçado.

        Seríamos dois IDIOTAS, de cara quebrada, mas FELIZES para burro.
        Fomos só dois IDIOTAS FELIZES.

        Não se pode, na grande maioria dos casos, esperar serenidade de torcedores.
        Essa a verdade.

        Depois de velho, o tesão diminue.
        Até para a CLAUDIA CARDINALE.

        Alegres SRN
        FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Henrique 2 meses ago Responder

    Parabens Arao, por essas palavras humildes e guerreiras:

    – Qual meu tamanho na história? Não sei, mas a história está sendo escrita e vai continuar sendo. Meu desejo é conquistar mais e mais com essa camisa. Sou apaixonado por esse clube, por esta nação. Eu não sei qual a dimensão que tenho hoje, mas o que quero e tenho certeza é que minha vontade de vencer e conquistar só cresce. Quero escrever mais histórias ainda.

  • author avatar
    Henrique 2 meses ago Responder

    Foi o titulo mais mole da historia do futebol. Nem precisou ganhar para levantar a taça.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 meses ago Responder

    Essa nova conquista do poderoso Mengão pelo que se vê aqui, coloca em dia mais uma vez a peça de Pirandello escrita em 1917, Assim é se lhe parece, não existe uma só verdade e sim diferentes pontos de vista. Por um lado pode se analisar, como é que um time que perdeu tanto, e até por goleada, inclusive a última partida, conseguiu ser campeão? Em outro viés (epa!), apesar de perdermos tanto ainda fomos campeões. Qual das duas é a verdade definitiva?Ainda um outro exemplo, a história do cavalo que fala que eu já contei aqui, o cavalo falava e ainda queriam que ele entendesse de corridas. Se além de falar ainda ganhasse corridas então…É o caso do Flamengo, se o Mengão não perdesse esses jogos todos então…

  • author avatar
    Bernardo 2 meses ago Responder

    Foda! Sinistro! Nosso time estava no Morumbi, mas a revolução aconteceu no Beira-Rio, naquele exato momento em que o cara levantou a bandeira. Muito doido. Viva a Revolução!
    Obrigado a você também Arthur, sobretudo no ano que passou – e que acabou ontem.
    Este blog faz parte do Flamengo para mim.
    Se cuide.
    Saudações.

  • author avatar
    LUIZ GUSTAVO NETTO 2 meses ago Responder

    Sensacional!

Deixe seu comentário