República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Pressão Pós Perda

Por | 10 de novembro de 2020
capa
33 Comments
  • author avatar
    EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

    GOSTEI, E MUITO, DA CONTRATAÇÃO DO CENI, AO MENOS, VAI ENSINAR A ESSES ‘FILHOS DA PUTA’ COMO SE BATE A FALTA E FAZ O GOL…!

    FUI…

    EDVAN-ALAGOINHAS-BA.
    PS- ESTOU CONFIANTE…GANHAREMOS OS TRÊS TITULOS…AGORA LÁ VEM O MENGÃO…DE NOVO!

  • author avatar
    Maxwel A.Rodrigues 4 semanas ago Responder

    Bem Arthur como diz o dito,rei morto rei posto.E só posso esperar que isso tenha acontecido pra felicidade geral da Nação.Esperançosas SRN e sempre com muita P&A.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 4 semanas ago Responder

    O ponto curioso nessa história toda é que o Dome atravessou a tempestade relativamente bem, quer dizer, encarando jogos de 2/2 dias, desfalques por diversas causas, etc., quando se esperava que viria a bonança que o pior já passara aí a nau foi pro brejo. Ficou claro, então, toda a incompetência desse embusteiro que ainda saíu lépido e fagueiro com uma grana respeitável nas algibeiras. O Flamengo que já teve um feiticeiro como técnico, Solich, que já praticava há milênios esse futebol tão decantado que falam por aí, teve um embusteiro Domec nos dias atuais.

    • author avatar
      chacal 4 semanas ago Responder

      minha dúvida é se esse time cansou ….

      SRN !

    • author avatar
      arthur maciel 3 semanas ago Responder

      Tô na última temporada do Breaking Bad e achei o personagem principal, Mr. White, muito parecido com o Dome: os 2 fazem merda o tempo todo.

  • author avatar
    chacal 4 semanas ago Responder

    mea culpa ….

    eu fui um dos que defenderam o Domé por aqui,eu até sugeri que ele tivesse uma multa alta(acho que o landim anda lendo o RP&AMOR)agora que ele foi justamente demitido,eu reconheço que foi uma tremenda cagada.
    pelo menos paramos com essa onda de tecnicos estrangeiros.
    já deu no saco aturar esses arrogantes por aqui(vide esse coudet)rogério ceni tem tudo pra acertar o time e ser muito feliz no mengão.
    bola dentro da diretoria !

    SRN !

    • author avatar
      The Trooper 4 semanas ago Responder

      A “onda” de técnicos estrangeiros veio, felizmente, pra ficar. Não há razão para termos qualquer preconceito contra estrangeiros. Em todas as grandes ligas do mundo há treinadores de múltiplas nacionalidades, isso só enriquece o campeonato. Coudet era dono do melhor trabalho no futebol brasileiro esse ano até o momento. Verá o que vai acontecer com o Inter nas mãos do Abel.

      Os 3 primeiros colocados do campeonato são treinados por estrangeiros.

      Os técnicos brasileiros, em sua grande maioria, são evidentemente defasados, retranqueiros e muito, mas MUITO mais arrogantes que a soma de Coudet, Sampaoli, Jorge Jesus e Dome, ao quadrado.

      Ceni faz parte de um pequeníssimo grupo de treinadores brasileiros promissores, do qual ainda fazem parte o Diniz, o Thiago Nunes e mais ninguém.

      Então, o movimento para trazer um treinador europeu, que resultou na contratação do Dome, foi correto. A sua demissão, a meu ver, também foi correta.

      Mas isso não quer dizer que agora “acabou esse negócio de treinador estrangeiro”, acho até que muito pelo contrário.

      • author avatar
        chacal 3 semanas ago Responder

        a verdade é que todo mundo copiou ou tentou copiar o flamengo,mas o mengão que sempre está á frente no tempo vai lançar moda novamente.
        com a contratação do Rogério ceni a nova onda vai ser ter treinador brasileiro,o internacional já veio na onda do mengão contratando o abelão.
        quem será o próximo a buscar um treinador brasileiro?

        SRN !

        • author avatar
          Urubu-rei 3 semanas ago Responder

          Por aí mesmo. Dorme queimou o filme dos estrangeiros, e com o euro nas alturas, basta um nacional ganhar algum campeonato para que ocorra fluxo em massa para os técnicos tupiniquins.
          Analisando com isenção absoluta, JJ foi o único ponto fora da curva. Os outros estrangeiros ficaram na expectativa.

  • author avatar
    Urubu-rei 4 semanas ago Responder

    Breaking News …Breaking News …

    Dorme, o analista de desempenho, e sua intrépida trupe, foram vistos vestidos de “Francisco Pizón”, embarcando em uma nau espanhola, em plena Praça XV.
    A nave estava repleta de especiarias, ouro e diamantes…
    Ao rumar de volta para o Velho Mundo, Dorme foi visto pela última vez, gargalhando dos índios botocudos na praia, que confusos, se entreolhavam sem entender o que acontecia…

    • author avatar
      Maxwel A.Rodrigues 4 semanas ago Responder

      Ponto pra vc Urubu -Rei,me mostrou que ainda tenho censo de humor,pois mesmo me vendo como um dos tais índios botocudos ainda consegui rir da sua tirada.Mas brasileiro e Rubro-negro que isso não consigo ser.

      • author avatar
        Urubu-rei 4 semanas ago Responder

        Bem aventurados aqueles de alma pura, que têm a capacidade de rir de si mesmos, pois deles, será o Reino dos Céus…

  • author avatar
    Aureo Rocha 4 semanas ago Responder

    A síntese de toda essa questão: “Catalão que dorme a onda leva.” (rindo muito)

    SRN!

  • author avatar
    Marcelo Pires osga 4 semanas ago Responder

    Gostaria de saber, caso tivesse empatado ou perdido por um gol ( jogado mal e levado sorteie perder pela menor contagem)… O catalão seria demitido?
    Eu acredito que sim.
    Penso que não foi apenas o resultado, a forma de conduzir vc e as convicções (se tinha alguma)
    Boa sorte a nós, o Ceni já tem a sorte de ser preterido ao cargo. Céu ou inferno, depende da competência, dizem que ele tem.
    Aguardem!!!SRN!!!!

  • author avatar
    ROGERIO QUEIROZ CARVALHO OLIVEIRA 4 semanas ago Responder

    Aplausos!!!

  • author avatar
    Urubu-rei 4 semanas ago Responder

    Um cara sem experiência chega em outro continente, outra realidade, pega um time multicampeão, acertado, azeitado e apesar de PROMETER que não mexeria, resolve deixar sua “marca” e descaralha a porra toda (!).
    O time não engrena mais, começa a tomar gols em profusão, a crítica cresce e ele, nem aí. Escala recorrentemente um zagueiro que erra tudo o que tem direito, ajudando a tornar as goleadas fato corriqueiro.
    Ou é um jegue teimoso ou um espertalhão, que cavou a própria demissão, trazendo a valor presente (multa nababesca) aquilo que embolsaria depois de looongo prazo e canseira.

  • author avatar
    CARLOS MORAES 4 semanas ago Responder

    Estamos todos, sem exceção, vivendo um ano atípico.
    Fuderosão.
    Uma porra de pandemia que, a não ser para os tresloucados negacionistas (o principal deles acaba de levar um belíssimo ponta-pé na bunda), vem ceifando milhõess/milhares de vítimas, como também … o futebol.

    Futebol sem público parece-me outro esporte.
    O grande tesão virou brochura.
    Os jogadores, já desgatados pela doença, que muitos contraíram, e, como consequência, pelos jogos acumulados, com poucos dias de recupeeação, ainda perderam o estímulo dos torcedores, fato agravado pelo som imbecilizado que, através do mundo, resolveram colocar nos estádios.

    Não vejo quase ninguém comentar esse dado que se me parece como essencial.
    Aqui ou ali, quase de passagem, surge um comentarista esportivo para levantar o tema.
    Não sou, evidentemente, o dono averdade.
    Posso estar completamente equivocado.
    Sustento, no entanto, o meu ponto de vista.

    Li, numa publicação inglesa, uma colocação muito interessante.
    Comentava, há cerca de um mês, a enorme quantidade de gols ocorrida nas três primeiras rodadas da Premier League.
    Atribuia o fato – apesar de positivo – a uma despreocupação dos jogadores com o que pudesse ocontcer ao longo das partidas.
    Tanto faz como tanto fez.
    Não seria uma disputa a sério.

    Ainda ontem, por outro lado, após um empate a um, em jogo fraquíssimo, entre os campeões e vices das duas temporadas passadas da Premier League, os dois técnicos mais do que consagrados – Klopp e Guardiola – fizeram ver que o jogo foi efetivamente bem fraco pois os seus jogadores estavam ^on the edge^.
    Desgastados pela preocupação com a doença, pelos jogos que passaram a ser excessivamente acavalados, ou seja, cansaço mental e físico.
    Tudo isso, no meu entemdimento, deveria ser levado em conta.

    Não quero defender o Dome – de quem fui dos primeiros a criticar exatamente pela presunção em querer trocar o que vinha dando certo -mas não posso deixar de registrar esse momento anômalo que vivemos, que tem reflexos em todas as áreas, entre elas, obviamente, a prática esportiva em geral.

    Não pretendo impor o meu ponto de vista, pelo que gostaria de ler as opiniões de todos os demais, não só do nosso Mestre Incomparável.

    Pândemicas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Marco Becker 4 semanas ago Responder

      Salve, Carlos!

      O Murtinho abordou esse futebol de pandemia aqui no RPA, você consegue encontrar nos arquivos. Aliás, o que você disse é algo que compartilho. Obrigado pela oportunidade!

      Para mim, futebol me remete as sensações de emoção, vibrar. A presença física da torcida é o ator principal disso. As interações via internet ainda não conseguem incendiar a cambada igual um ‘Vamos, Flamengo’.

      Enfim. Nos últimos 5 ou 6 jogos mostramos uma capacidade enorme de oferecer gols aos adversários. O pior é que essa fragilidade foi se acentuando… foi foda.

      SRN

    • author avatar
      Xisto Beldroegas 4 semanas ago Responder

      (repito minha resposta )
      Pois, Carlos, há uma evidente contradição aí nessa história de muitos gols para estádios vazios: se justamente o que empolga mais os torcedores é o gol, por que eles estão aparecendo agora na ausência deles?

    • author avatar
      Henrique 4 semanas ago Responder

      Concordo plenamente. Os tempos sao diferentes. Mas so isso – diferentes. Vale para todos.
      Adaptaçao é procurada.
      Jogar cada 3 dias ja vimos, nao treinar ja vimos, perder de goleadas ja vimos. Ja vimos tudo, no fundo, mesmo sem covid.

      Mas tudo isso nao basta para segurar um cara que nao soube fazer um time formado ficar formado e – melhorar.

      Estao confundindo fucinho de porco com tomada – a demissao dele nao é a coisa tipica de sempre.
      Nao.
      O Braz teria segurado o cara, se ele tivesse a minima condiçao de ser segurado.

      O cara desarmou o time em pedaços, nao soube montar e colocou alucinadamente peça do lado de peça que de longe se via que nao cabia, nao soube trocar de tatica em momentos cruciais, nao soube trocar de jogador, viveu unicamente da maestria relampago de alguns poucos que faziam gols mesmo nem sequer ter atacado … parado ao lado do campo assistindo.

      Nao, essa demissao nao é a mesma de sempre. O cara nao estava simplesmente perdendo tudo, porque isso ele NAO estava, mas estava esculachando tudo – e de forma piorativa. Quanto mais treinava, pior ficava. O barco estava afundando rapidamente.

      Um time levando goleadas jah nao é mole de se aguentar, mas goleadas ficarem normais, ai, nao, ai tb é dose que nenhum flamenguista aceita.

      Tava na hora. Vaya con tus dioses!

      Vem o Ceni.
      Nao sei o que pode-se esperar de verdade dele, mas o futebol que fez jogar no Fortaleza é vistoso e ele se mexe ao lado do campo.
      Se vai dar certo nao sei. Aponto pro fato que ele é muito novo no metier tecnico. Mas é dai? Um dia tem que se começar. E ele começa bem no alto.
      Tomara para todos que ele nao vacila e que nos brinde com um FUTEBOL gostoso de ver.

      Vai entrar logo contra o SP …. os deuses do futebol adoram uma sacanagenzinha…

      SRN

      • author avatar
        Henrique 4 semanas ago Responder

        Um ponto: Espero que o Ceni seja capaz de recuperar jogadores como o Gustavo Henrique.

      • author avatar
        arthur maciel 4 semanas ago Responder

        Assinei embaixo

        • author avatar
          arthur maciel 4 semanas ago Responder

          Do textão

          • author avatar
            Henrique 4 semanas ago

            Kkkkkk, nao gosta do Gustavo???? Kkkkk

  • author avatar
    arthur maciel 4 semanas ago Responder

    Li por aí que o Dome já tava de saco cheio com as cobranças internas e críticas externas e tava pronto ora pedir o boné. Se eu sei o Braz sabe muito mais e não duvido que tenha proposto um acordo tipo divórcio amigável já que nenhum dos 2 lados tava satisfeito com o casamento mal sucedido. Mas como nas finanças, pelo menos, essa diretoria manda bem, eles que se virem com a multa desde que não comprometa a contratação do Pedro. Quanto ao Ceni, sei lá, nunca vi jogo do Fortaleza, mas os elogioos ao trabalho dele são muitos. Continua sendo uma aposta e sempre é, mesmo o JJ também foi. A conferir nas 4 linhas pra ver seu o pau dos jogadores levanta e o cérebro volta a funcionar.

    • author avatar
      arthur maciel 4 semanas ago Responder

      pra pedir o boné

  • author avatar
    Fernando Amadeo 4 semanas ago Responder

    É uma pena termos que novamente trocar de técnico. Infelizmente, não havia saída. Se fôssemos britânicos, certamente estaríamos preparados para aguentar 5 anos de frustrações, até chegar ao Olimpo. Mas, graças a Deus, somos brasileiros, um pouco mais apressados.
    Acreditei no Domè, e ainda creio que ele tem bagagem. Porém, nosso Grão Mestre, sempre com muita propriedade, foi cirúrgico:,falta-lhe “aprender a armar defesa, fazer amigos e influenciar as pessoas”. É bem possível que com esses imprescindíveis atributos ele venha a se tornar um técnico vencedor.
    Seja bem-vindo, Ceni! A Nação está com você.
    SRN
    Pra cima deles , Flamengo!

  • author avatar
    Bruno Araújo de Paula 4 semanas ago Responder

    Esse catalão é o típico caloteiro que chega no boteco, pede 3 litrões e uma porção de filé de peixe frito e manda pendurar, e passam 3 meses e o cara no pagou, mas ta ali frequentando o bar todo dia. Domenec prometou não mexer no jeito de jogar do time e já de cara desfigurou ao ponto de tomar 3 do Atlético Goianiense, que era treinado pelo Mancini (!!!).
    No mais, parabéns Arthur, dou risada lendo seus textos cheios de referência! haha

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 4 semanas ago Responder

    Os cartolas rubro-negro ficaram num dilema: deixar o barco correr, aquela tal história, se ficar o bicho pega, se correr o bicho Dome (desculpem, não resisti) e aguardar os tais resultados que o Dome tanto prometia ou proceder como um dirigente de raiz (epa!). Optaram pela segunda hipótese, mais dirigentes do que nunca.

  • author avatar
    Guilherme Silva 4 semanas ago Responder

    Triste pela situação, pelo Dome e os Jordis que pareciam ser excelentes pessoas, mas as vezes é preciso dar novo rumo ao barco. Obrigado e boa sorte!
    Qto a dizer que o Fla nao seguiu os europeus, poucos se lembram, mas o Real Madrid Tri-Campeão da Champions tb (2016-2017-2018) trocou o técnico (saiu Rafa Benitez) e arriscou no Zidane 1 mes antes das oitavas da Champions 2016 e foi um sucesso. A mesma coisa vale para o Bayern ano passado, que demitiu o Nico Kovac mesmo estando com 100% de aproveitamento na Champions e tb deu no que deu (o time engrenou e ganhou tudo).
    Abel caiu por menos que o Dome e a troca deu certo. Então trocar o técnico não é sempre a escolha errada. Qdo se tem material humano e o time nao engrena, a troca de treinador é sim benéfica (e eu diria até q na maioria dos casos).

  • author avatar
    Eric Torres 4 semanas ago Responder

    Boa Arthur! Belo resumo da ópera! Dessa história toda o que podemos levar é que o Catalão estava sendo ferimentos leves ante ao que o treinadores aqui produzidos são capazes de entregar. Mas vamos nos de volta ao passado. Isso certamente te dará muito mais tempo para escrever o próximo livro da liberta acho que até do título brasileiro.
    Catalão que dorme a onda leva KKKKKKKK!

  • author avatar
    The Trooper 4 semanas ago Responder

    Quanto à sorte, discordo levemente.

    Em pelo menos 5 jogos, nos salvamos de derrotas ou empates constrangedores com gols e pênaltis cagados de bola na mão do VAR nos últimos minutos.

    A saber: grêmio, botafogo, fortaleza e goiás (todos em casa), além do gol do ER contra o Inter ao apagar das luzes.

    Creio que essas pequenas sortes tornaram a passagem do Dome mais longeva. Se perde pra grêmio e botafogo, teríamos começado o Brasileirão com 1 vitória e 4 derrotas. Seria muito difícil sobreviver a isso e a um 0 x 5 em seguida.

  • author avatar
    Oliveira Júnior 4 semanas ago Responder

    É aquela velha história, Arthur, se o cara não levanta defunto, no Flamengo ele não vive. Uma mácula na administração do Fla, afinal, como não previu que o cara não era o sapato de cristal que as nossas cinderelas precisavam? Além disso, como deixar o cara mostrar o tamanho do sapato em 90 dias caóticos como esses?

    Mas também temos que dar a Marcos o que é de Marcos, afinal, Dome não teve tempo para treinar nem cachorro dando pirueta, quis chegar chegando e mudando um esquema que tava azeitado, dando certo e funcionando. Ora, essas desculpas do Dome de que não teve treino só cola se a gente considerar que ele é muito burro ou se a gente gostar de ser enganado. De qualquer forma, a saída dele é uma pena. Agora é esperar que o Rogério Ceni faça um bom trabalho.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta para Maxwel A.Rodrigues Cancelar resposta