República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

O Último Pós-Jogo Do Ano

Por | 12 de dezembro de 2016
13 Comments
  • author avatar
    Rasiko 5 anos ago Responder

    Vou engrossar o coro dos descontentes, embora sem me alongar em explanações que essas já foram dadas pelo Carlos Moraes e pelo Edvan.

    O que esse Zé Ruela fez com o Mancuello foi simplesmente asqueroso. Preterir um jogador pelo qual o Flamengo pagou caro e que demonstrou nas poucas vezes que entrou em campo qualidades e recursos que poucos no elenco têm, em pról de um que dorme em campo e estava com as malas prontas pra deixar o clube, é de uma burrice que atinge todos os níveis de incompetência.

    Não sei como vai se desenrolar esse imbróglio, não sei se o Mancu vai ficar ou não, mas ele, Zé Ruela, pode ter criado com isso a 1ª cisão num grupo até então coeso. E não levo em consideração declarações de jogadores, todos corporativistas, nível intelectual zero e hipócritas por natureza.

    Zé Ruela e Banana de Merda se completam. Ambos inseguros, baixíssima auto-estima e, por isso, extremamente dependentes da aprovação alheia. Como sempre acontece com esse tipo de personalidade fraca, quando recebem apoio pras merdas que fazem, se lambuzam no mel dos que nunca comeram a iguaria.

    Vejam o exemplo do Banana de Merda que, na inauguração do CT, não teve a grandeza de elogiar e nem ao menos convidar os azuis originais, aqueles mesmos que o tiraram da aposentadoria e do ostracismo pra receber os louros de um trabalho que nunca deveria ter sido personalizado, mas que a vaidade pouco afagada do pobre coitado não resistiu ao apelo. Aliás, essa atitude nunca aconteceu da parte dele. Sempre aceitou os elogios pessoais sem jamais esclarecer que a transformação pela qual o clube vem passando é um trabalho que nunca foi dele, indivíduo, mas de um grupo que tinha o esquema de reestruturação todo pronto e com o qual ele não contribuiu em nada. Não só não contribuiu em nada como cometeu o pecado mortal de trair aqueles que confiaram nele. Na verdade, quando tomou atitudes pessoais, como nos casos de contratações de jogadores, em que se meteu em seara que não domina, só fez merda. Por isso, Banana de Merda.

    Voltando ao Mancuello, insisto na mesma tecla que venho batendo faz tempo: bom treinador reconhece, incentiva e adapta seu esquema às melhores qualidades de seus jogadores e não o contrário como o idiota do Zé Ruela vem fazendo.

    srnp&a

  • author avatar
    carlos moraes 5 anos ago Responder

    O artigo do nosso ex-governador da California e ex-campeão mundial de levantamento de peso (ou algo no gênero) tem muitos aspectos que merecem ser aplaudidos, mas tem também uma perguntinha que merece ser respondida, e de bate pronto, não deixando a bola cair no chão.

    Sabe porquê as pessoas sensatas querem que o IMBECIL do Zé Ricardo seja IMEDIATAMENTE escafedido do Flamengo, perguntou ele e respondo eu.

    Exatamente porque é um IMBECIL, um pretencioso, um arrogante, um dono da verdade que nada entende de futebol.
    BURRO, muito BURRO, como corretamente definiu o sábio EDVAN.

    A escalação do Alambique no último jogo foi um ESCÁRNIO., uma AFRONTA aos torcedores um pouquinho inteligentes.

    Este FDP sem precedente no comando técnico do Flamengo simplesmente BANIU um bom jogador – diria mesmo um JOGADOR BEM ACIMA DA MÉDIA – como é o caso do argentino Mancuello do Clube.
    Fez pior, MUITO PIOR, que o ídolo dele, o abestado Jayme, em relação ao Adryan.

    Qualquer jogador sério – como penso que sejam Mancuello e Adryan – pediria, de imediato, as contas.
    Não me querem aqui, vou para a Conchichina, mas nestas bandas NÃO FICO.

    Está respondido, Schwarzzennegger e perfeitamente esclarecido o porquê de ser o Sr. José Ricardo Mannarino, o PIOR técnico da história do Flamengo.

    Só mesmo um frouxo como o Sr. Banana de Mello mantem este energúmeno no cargo.

    Pra lá de emputecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      EDVAN SANTOS 5 anos ago Responder

      ABSOLUTAMENTE CERTO O MORAES…!!!

      Edvan-Alagoinhas-ba.

      PS – CERTÍSSIMOOOOOOOO…!

      FUI…!

  • author avatar
    carlos moraes 5 anos ago Responder

    Está me parecendo que, junto com a Chapecoense, o RP&A acabou.

    Da minha parte, vou continuar escrevendo as minhas bobagens. Serve como desabafo.

    Três notícias, após a derrota do Atlético Nacional.

    PRIMEIRA –
    Não se pode elogiar. Pior que a CBF é o Federaçao da Colômbia, Muito PIOR. O Campeonato do país não parou. INACREDITÁVEL. Primeiro passo a justificar a eliminação.

    SEGUNDA –
    Ah !, o PROGRESSO, que MERDA o PROGRESSO !
    Sempre fui contra a tecnologia no futebol. Deu no que deu, logo na primeira investida.
    Lance totalmente destituído de perigo, que o imbecil do árbitro de vídeo deu penalty.
    Fator de enorme importância no andamento da partida.
    Segundo passo a justificar a eliminação.

    TERCEIRA –
    Podem me matar de porrada. Nem estou aí.
    A partir do momento em que o Atlético Nacional passou a se ^agarrar^ na imagem da Chapecoense, disse para os meus botões –
    FUDEU !
    Pode ser de altíssima perversidade, mas sempre tive para mim que se deve afastar, quanto mais depressa possível, da tragédia.
    O azar chama o azar.
    Deu no que deu.
    Terceiro e decisivo passo a justificar a eliminação.

    Trágicas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    PS – Independentemente do que escrevi, não se pode deixar de reconhecer que os Cornudos de Kashima, enquanto as esposas prevaricavam, jogavam um futebol objetivo, bem mais eficiente que o de ^sudamerica^. Apesar disso, imagino o pau que vão levar do Real.

    PS 2 – #ForçaRP&A

  • author avatar
    carlos moraes 5 anos ago Responder

    Rubro negros de todo o Brasil !
    Não desanimai !

    Acabo de assistir, pela Copinha-RS, Flamengo 3 x 0 Ponte Preta, fácil-fácil.

    Estamos na semifinal, com um verdadeiro show de bola.

    Tudo bem que para estes novos garotos serem aproveitados, a exemplo de tantos outros, terão primeiro que ir para o Goa ou não se incomodarem em ficarem como eternos ^bancários^ (se tanto), para nossos CRAQUES de sempre, o Márcio Araújo, o Everton, o Pará, o Gabriel, o Emerson, o Beltrano, o Fulano, o Sicrano, o …

    Otimistas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar

    Não gostaria de escrever sobre politica no seu espaço, Nivinha, porém, seu comentário acerca da violência e do ódio que se propaga pelas redes sociais é a realidade de nossa sociedade, que o Brasil é um pais corrupto é notório, ocorre que esse movimento que se expande pais afora, retornou com força total à partir do momento em que a extrema direita brasileira que estava adormecida desde o golpe militar resolveu sair do armário destilando todos os seus ódios, todos os seus preconceitos, insuflada por uma mídia facciosa, manipuladora e extremamente conservadora, aliada ao que há de mais baixo na classe politica, como deputados evangélicos, latifundiários ruralistas, ex militares e empresários, além de movimentos de grupelhos, também, extremistas resolvem se insurgir principalmente contra as classes menos favorecidas, contra negros, contra movimentos de inclusão social e movimentos LBTG’s, devido a uma esquerda, também corrupta, em menor grau, porém, minoria nas 2 casas legislativas e com um STF acovardado, leniente com as constantes agressões à constituição brasileira, fez com que esse movimento de extremistas tenha conseguido, inclusive, apear da presidência uma presidente eleita com mais de 54 milhões de votos, jogados no lixo, e pondo no comando do pais a verdadeira gangue de ladrões que assaltam o Brasil diariamente como estamos assistindo.

    Fiz um pequeno estudo sobre técnicos, já que os cornetas não conseguem ficar quietos, sabe-se lá porque desejam a cabeça do Zé Ricardo, devem estar putos devido o cara ter batido o recvorde de pontos do Flamengo na era dos pontos corridos, cara abusado esse Zé, devem pensar os cornetas, como um ZÉ da base sem mais nem menos nos leva a fazer 70 PONTOS ao invés dos tradicionais 46 ?? Com que autoridade ??

    Técnicos Nacionais Times Séria “A”e “B: Renato Gaúcho, Antonio Carlos Zago, Cristovão Borges, Abel Braga, Dorival Junior, Jair Ventura, Roger Machado, Mano Menezes, Oswaldo de Oliveira, Eduardo Baptista, Rogério Ceni, Guto Ferreira, Argel Fuck’s, Vagner Mancini, Marcelo Cabo, Claudinei Oliveira (Avai), Rogério Micale (seleção Sub 20), Tite todos empregados.

    Estrangeiros de Clubes e Seleções de Ponta : Jurguen Kloop (Liverpool), Guardiola, Luiz Enrique, Simeone, Bielsa, Sampaoli, Joachim Low, Ancellotti, Van Gaal, Gareca, Oscar Tabarez, Rueda (Nacional Medellin), Roberto Mancini, Edgardo Bauza, Pizzi (Chile), Deschamps, Roberto Martinez (Bélgica), Danny Blind (Holanda), Gian Ventura (Itália), Fernando Santos (Portugal), Rui Vitória(Benfica), Jorge Jesus(Sporting), Nuno Espirito Santo (Porto), Mauricio Sarri (Napoli), Montella(Milan).

    Desempregados que já treinaram equipes grandes: Marcelo Oliveira, Lula Pereira, Jorginho, Adilson Batista, Silas, Lisca, Celso Roth, Ricardo Gomes, Vadão, Vanderley Luxemburgo, entre outros…

    Aposentados ou em outra função: Muricy, Parreira, Zagallo, Pepe, Evaristo, Spinosa, Antonio Lopes, entre alguns poucos outros..

    Pergunto aos cornetas:
    Quem os senhores contratariam, algum empregado ?? Não se esqueçam que teriam que negociar com o clube ou a seleção do escolhido e o salário, certamente, não seria baixo.
    Algum dos desempregado ??? Muitos ali já nos treinaram sem deixar saudades..
    Conseguiriam convencer algum aposentado ou em outra função ?? Tipo Diretor de Futebol ou comentarista ???

    Então caros cornetas recolham-se e aprendam o que é o minimo de planejamento, pois essa palavra me parece não existir no dicionário de vocês…

    • author avatar
      Xisto Beldroegas 5 anos ago Responder

      Meu musculoso amigo, concordo.

    • author avatar
      EDVAN SANTOS 5 anos ago Responder

      Já peguei a carapuça, joguei na cabeça e deu certinho. Sem subterfúgios, amigo, Schwazer.. O corneteiro aqui sou eu, e dentro do assunto do ‘técnico do FLAMENGO, da sua licença, se me permite, gostaria que pudesse responder::

      Qual treinador, nos últimos anos, teve nas mãos um elenco tão cheio de alternativas, quanto ao atual?

      Se temos um verdadeiro treinador, teríamos feitos uns 85 pontos, o nosso cabeçudo atrapalhou o mais fácil título da história do brasileirão. Antes o Patrick, que cara de visão, é um molengas dentro de campo, mas sabe de tudo de tática…aquele esculache que deu no Zé Sem Nada, morrerei, e não esquecerei um banana sendo admoestado á beira do gramado por um atleta, a lhe dizer, mostrar, como fazer uma melhor movimentação do time dentro de campo. Ridículo. Pior, ele aceitou, melhor, o time cresceu em campo com aquele puxão de orelhas.

      Ganhe lá quanto ganhar esse cara rouba o FLAMENGO. Certa vez, vi um auxiliar técnico do São Paulo após assumir interinamente em 4 vitórias seguidas, perguntado pelo repórter se estava pronto para o comando definitivo, respondeu, sem vacilos, ressaltando a sua condição de ‘tapa- buraco:,’

      “Estamos em fase de desenvolvimento, nos preparando para futuro de plano pessoal na profissão, mas no momento, aguardamos a chegada do novo treinador …”

      Que atitude elevada, consciente, responsável.

      Que fez o Zé Ricardo? Pensando absolutamente na sua ascensão profissional, acelerada, a pular etapas, repercutida, aceitou com aquele jeitinho de ‘Santa Madalena, tocar o time sem que nada pudesse, nem ele mesmo, creditar-se de potencialidades curriculares que pudesse ter, do seu alcance,, compatibilidade com as expectativas portentosas afeitas a um clube do tamanho FLAMENGO.

      ..E virado impostor… nos fudeu!

      Estava vendo a lista dos jogadores que estavam emprestados e em fase de retorno, algo assim do sujeito abaixar-se com joelhos dobrados, colocar as mãos no rosto e gritar a todos pulmões:

      “MISERICÓRDIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA…!

      É muita gente gente ruim desse negócio de jogar bola, isso, em todas as idades e a gosto ..é como se …aleijados, mancos, coxos, mutilados, paralíticos e estropiados, estivessem agora, todos, rumo ao Rio de janeiro com intenções de; ao voltar, jogar no FLAMENGO. Poderia se fazer um documentário de terror… E só exibir depois da meia-noite!

      Venha Zé Ricardo, pegue um time com Luiz Antonio, Paulinho, Thomas, Bruninho, Cesar, etc., aliados a titulares do passado; Wallace, Cézar Martins, Pico, Samir, este , se continua no clube bateria o Pelé, em sentido contrário, de fazer gols-contra, e outros, e tire em terceiro lugar, FILHO DA PUTA!

      Feliz Natal, Schwar…

      Edvan-Alagoinhas-Ba.

      PS – SOU FLAMENGO, LUGAR PERFEITO PARA O TITEEEEEEEEEEEEEE…!

      …MAS, O RENATO GAÚCHO TAMBÉM SERVE…!

      FUI…!

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 5 anos ago Responder

    Que técnico horroroso…10 dias “treinando” o time para mais uma apresentação bisonha. Vou indicar:

    Quem tem problemas de insônia deixe as pílulas de lado, assista jogos do FLAMENGO e vai nanar como uma pedra.. Sem dormir direito há uns 30 dias por acúmulo de dívidas, cortes de cartões , suspensão de créditos bancários, , restrições ‘cabarelescas’, esta, insuportável, aos 20 do primeiro tempo peguei no sono, acordei agora…!

    Edvan-Alagoinhas-Ba.
    PS – Pessoal tem algum jogo hoje? Quem sabe uma partida amistosa, assim, de despedida do ano?

    O Zé vai ficar pra 2017 e quanto maus pressentimentos, Meu Deus…!., Vamos jogar a pré-temporada (fundamental da preparação) fora, e em consequência, ver clubes com bons técnicos levantando taças…!

    Já sei, já sei, alguém de esperanças vãs, sempre renovadas, poderá me dizer; 2018 vamos ganhar tudo…

    T.á…

    … Para o ano que vem estaremos é tomando no cu, amigos..

    Feliz Natal…!.

    FUI…!.

  • author avatar
    carlos moraes 5 anos ago Responder

    Concordo com a Nivinha e com o comentário do Xisto, o único até agora publicado.

    Este ano que, ^ao que parece^, vai chegar ao seu final, foi, sem a menor dúvida, aquele em que mais se disseminou o ódio, um ódio que, para mim, tem suas grandes raízes no PreCONCEItO.

    O PRECONCEITO está para o todo assim como a defendida ZOAÇÃO para o futebol.

    Ambos, em última análise, são o estopim do ÓDIO.

    Ninguém gosta de ser ^gozado^. Engole-se em seco, mas fica aquela marca que, amanhã, dará origem a algo bem pior.

    Menos ainda se aceita ser vítima do tal de bullying (ou algo assim, palavra da moda).
    Se me chamam de capenga, de vesgo, de gordo, de feio, de caolho ou assim por diante, vou guardar aquilo comigo e, na primeira oportunidade, procurar uma espécie de vingança.
    Conclusão quase primária, mas que, queiram ou não, reflete o que se passa.

    Pior, ainda, outras formas de PRECONCEITO, como o racismo, a xenofobia, tantas mais.

    Talvez – para mim, CERTAMENTE – o mais grave momento de ÓDIO que se viveu (digo mal, que se VIVE) no País neste ano foi (portanto É) o de natureza política, que acabou por se refletir em outras areas, inclusive na do futebol.

    Fruto basicamente do PRECONCEITO, de todos aqueles que jamais aceitaram que um líder popular, vindo da classes menos favorecidas, pudesse ter se transformado em condutor dos destinos brasileiros.

    Não estava em jogo a qualidade da condução, se correta ou ineficiente.
    Jamais se aceitou a possibilidade de que um ^despreparado^ educacionalmente, que tropeçasse nas palavras, pudesse ocupar o lugar que pertencera a um ilustre Professor universitário.

    Este, sem problemas, poderia ter um Instituto com o seu nome, aquele, NUNCA.

    As mesmíssimas mazelas de sempre, que TODOS SABÍAMOS existir, apenas fingíamos, por conveniência, ignorar, passaram a ser inaceitáveis e totalmente atribuídas ao ^usurpador^ da maior cadeira do País.

    A partir daí, disseminou-se o ÓDIO, que, neste campo, não consigo ver como superável.
    O PRECONCEITO, que sempre existiu, transformou-se em ÓDIO, o que é incomparavelmente pior.

    Esperemos que, pelo menos no nosso esporte favorito, graças em boa parte a uma enorme tragédia, os caminhos não sejam tão contaminados.

    Pessimistas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    PS – Ah !, o jogo de ontem ! Apenas a confirmação de que Zé Jayme NÃO PODE ser o nosso técnico para 2017. O nosso time terminou tal como começou o ano. Sem o menor padrão de jogo. Uma chatice sem par, principalmente sem a presença do Diego, ter que assistir a um conjunto tão grande de jogadores medíocres em ação. Chegamos em terceiro, tal qual em 2017 (com Joel Santana, lembrem-se, como técnico), mas, assim como ontem, a maioria de nossos jogos foi rigorosamente ENFADONHA. Ufa, pelo menos aqui, ACABOU !

    • author avatar
      Jorge Lopes 5 anos ago Responder

      Grande Carlos!
      Testemunhamos todos um ano de ira e não “Um dia de fúria” nem “, “A semana do ódio”. Mas tudo isso foi revelador da queda de personas em amigos, parentes, colegas, agregados e aderentes. Muito útil portanto.
      Nosso técnico parece ser honesto, correto mesmo, porém, segue o paradigma Parreriano, não serve para o alto voo planado do Urubu! Ganhe experiência no carioquinha volte pra base ou vaze.
      SRNx7!

      • author avatar
        carlos moraes 5 anos ago Responder

        Lendo os amigos Edvan e Jorge, fui reler o meu comentário.

        Corrijam, por favor – 2017 por 2007.

        No mais, cabe dizer ao bom baiano que, só não dormimos, porque estávamos juntos, comemorando o FLAMENGUISMO e a AMIZADE SINCERA, jamais um ano horrível do futebol rubro-negro.

        À noite, por teimosia pura, assisti o bom joguinho do torneio mequetrefe de juniores. 4 x 1 no Santos, jogando bola de verdade e se classificando para as quartas.
        Não se sabe com que objetivo, pois, a exemplo do que vem acontecendo há anos, certamente estes garotos vão se barrados pelos Márcios Araújos, pelos Parás, pelos Alaambiques, pelos Gabriéis da vida.

        Ainda pessimistas SRN
        FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 5 anos ago Responder

    Nivinha, comovente sua mensagem, só um adendo: não só em futebol, em todos os assuntos que a Internet aborde, lá está o ódio presente com toda a força que só este sentimento chão pode se apresentar. Você disse bem, há que se meditar muito, e dentre outros aprendizados a gente tem que lutar, custe o que custar, para que este terrível sentimento não envenene nossa alma. O Flamengo fica pra depois. Obrigado pela lição.

Deixe seu comentário