República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

O tira-teima também é burro

Por | 24 de fevereiro de 2015
slider_n6_jorge
33 Comments
  • author avatar

    Os caras aqui da agência ainda não entenderam que eu preciso escrever os posts do República, responder os comentários da rapaziada etc. Picas: eles me põem para trabalhar e acham que me pagam pra isso.

    Vamos lá.

    Começo pelo Valois, que é um amigo de longa data. Mas aqui não tem refresco: quer saber o que significa “parvulez”, larga de preguiça e procura no dicionário. Vou dar mole pra vagabundo nenhum.

    O questionamento dessas tais tecnologias não tão confiáveis foi o jeito que encontrei de abrir o texto, para banhar o nosso humilde blog com a torrencial genialidade de Nelson Rodrigues. Assim, é compreensível que a maioria dos comentários tenha ficado em torno disso.

    Mas o mais importante do post, sobretudo porque aqui somos escancaradamente parciais, é o que um jogo do Flamengo provoca na arcoirizada, mesmo se for contra o Madureira e não tiver importância alguma para os destinos do campeonato.

    Dou um exemplo oposto. Vocês já devem saber que, por algum crime que juro por Deus não ter cometido, moro em São Caetano do Sul. Meus companheiros de trabalho moram em São Paulo e torcem pelos times da capital, além do Santos. Outro dia o Corinthians ganhou do Botafogo de Ribeirão Preto por dois a um, com dois pênaltis pra lá de marotos. Só que, aqui como aí, todos concordam que o estadual virou piada e que os jogos dessa fase, então, valem pouquíssimo. No dia seguinte, apesar dos pênaltis inventados, ninguém comentou nada, ninguém acusou o Corinthians de só ganhar com a ajuda do juiz, o assunto foi tratado com a indiferença que merecia.

    A conclusão me parece óbvia: nossos adversários têm um impressionante desejo enrustido de torcer para o Flamengo. Basta um empurrãozinho.

    Por fim, em meu nome e em nome do Arthur, da Nivinha, do Arnaldo e da Vivi, agradeço os elogios do Pedro. Valeu geral.

    Abraços. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    Aureo Rocha 6 anos ago Responder

    Nesta questão, eu me alinho ao entendimento do André e do Jorge Murtinho, até porque eu também “sempre duvidei do tira-teima, pela prosaica razão de que toda tecnologia precisa de mãos humanas para programá-la ou operá-la”.

    Por outro lado, efetivamente, dependendo do ângulo da filmagem a indução ao erro é flagrante.
    A televisão como auxiliar do árbitro de futebol, no meu entendimento, é um péssimo negócio.

    Que venham tecnologias. Mas, sem essa de imagens de televisão, porque já ficou demonstrado em inúmeros exemplos que elas erram tanto quanto os árbitros.

    Nelson tinha razão.

    Sempre Flamengo.

    • author avatar
      André 6 anos ago Responder

      Exato ÁUREO ROCHA, para que as imagens da televisão sejam consideradas bem próximas à realidade, seria preciso câmaras em posições estratégicas, com angulação perfeita em relação ao tipo de jogada que se quer analisar.

      Cito como um EXEMPLO FICTÍCIO, que, para se ter noção próximo da exatidão da linha de impedimento, teríamos que ter uma câmara que corresse sobre trilhos pelos lados do campo, com algum tipo de tecnologia envolvendo chips nos jogadores e receptor nas câmaras e que essas acompanhassem sempre o último homem da defesa de cada time.

      Como isso é praticamente IMPOSSÍVEL, dificilmente teremos uma imagem VERDADEIRA da LINHA DE IMPEDIMENTO através de câmaras de televisão.

      Nos casos da bola que ultrapassa ou não a linha de gol, precisaríamos de uma câmara alinhada à linha de gol (não me perguntem como seria feito), para que pudéssemos ter uma imagem próxima da realidade EXATA de que a bola tenha ou não ultrapassado em sua totalidade a linha de gol.

      Fora isso, em termos de IMAGENS DE TELEVISÃO, sempre ficaremos à mercê (para alguns, infelizmente à maioria) da opinião de EX-ÁRBITROS DE FUTEBOL que, pela maior parte de suas participações, nos mostram o porquê das arbitragens serem TÃO RUINS no Brasil e no mundo inteiro de um modo geral.

      Em lances polêmicos e que têm que ser REVISTOS por várias vezes através das imagens de TV, eu prefiro ficar com a MINHA OPINIÃO, já que estou vendo a MESMA IMAGEM que o comentarista EX-ÁRBITRO está tendo acesso, então não vejo porque CONCORDAR COM ELE se EU achar que ele está ERRADO.

      SRN

      CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS.

      • author avatar
        André 6 anos ago Responder

        Por favor, retirem a MALDITA crase de “à maioria”, o escorreito é “a maioria”….rsrsrsrsss

        SRN

        CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS.

  • author avatar
    Carlos_SP 6 anos ago Responder

    Pretendi fazer um comentário breve desta vez, mas fiquei com esse tema na cabeça e acho que cabe uma reflexão, meio até que mencionada também pelo comentário do Romano, creio.

    Futebol antigamente creio que precindia de tira teimas e etc, mas hoje será que pode? Explico, futebol virou negócio, girando fortunas e fortunas. Tudo que move muito dinheiro, principalmente em situações em que desvios, falcatruas e formas de limpar dinheiro são situações bem possíveis (como o futebol), além das famosas máfias das apostas que compram resultados de jogos, fazem com que o interesse em fraudar resultados cresça muito, e aí não há romantismo que sobreviva, ou estou enganado?

    Infelizmente a profissionalização e o enriquecimento absurdo traz coisas boas mas traz também um passivo enorme que precisa ser controlado. E nesse caso, pagamos com a perda da ingenuidade e do romantismo.

    Bom, posso estar enganado, mas cabe a reflexão, ou não???

    SRN

  • author avatar
    Aureo Rocha 6 anos ago Responder

    Acrescentando aos brilhantes comentários do Edvan e do Carlos Moraes, somente resta dizer que os replays só foram desmoralizados, porque um câmera da TV sueca estava entre os torcedores, fazendo uma matéria exclusiva que não era parte das imagens da transmissão da TV francesa. Por acaso, no momento do pênalti, estava com sua câmera apontada para a área brasileira, e a imagem captada revelava claramente o puxão do Júnior Baiano na camisa do jogador norueguês.

    Aliás, como eu já eu disse em anterior comentário, há na televisão paga um programa intitulado “Truques da Mente”. E nele, podemos observar como o nosso cérebro pode ser enganado por uma filmagem, dependendo do ângulo da cena.

    Conclusão: em replays e políticos não se deve confiar.

    SRN.

  • author avatar
    carlos moraes 6 anos ago Responder

    O grande Nelson era mesmo uma figura singularíssima.
    Declarando-se tricolor roxo, mas com alma rigorosamente rubro-negra, só conseguia ver os jogos de futebol através dos olhos do seu grande amigo botafoguense, o insuperável João Saldanha.
    No entanto, assim como no Teatro ou na Vida como ela é, os seus personagens – Sobrenatural de Almeida, a cabra vadia, todos os vivos e todos os mortoss – foram insuperáveis, dando ao nosso futebol uma dimensão que, como em muitos outros aspectos, ele não tem mais.
    Entendo que é preciso resgatar estes caminhos, parecendo-me que, em certo sentido, é o que vem procurando fazer o RPA.
    Dar uma dimensão diferenciada, que não se restrinja ao ^óbvio ululante^.
    Se Nelson, sempre diferenciado, eis que politicamente mais que conservador e como teatrólogo mais que um genial revolucionário. afirmou, como o fez, que o VT é um burro, mais uma vez acertou. Graças a Deus o VT é burro, embora graças a Deus ele existe, para valorizar as controvérsias.
    O futebol perderia – como já vem perdendo – muito do seu charme, se não se pudesse dizer de um lado – a bola entrou ou o gol foi em impedimento – e, de outro, não entrou ou o gol foi legal..
    Como Murtinho bem observou, o chatíssimo futebol americano se torna ainda mais intolerável com aquelas constantes paradas, como se já não bastassem tantas para a conclusão ou não de cada ataque.
    A discussão – JAMAIS A BRIGA, fruto da intolerância – é parte essencial do nosso esporte favorito. Tem que existir e, neste aspecto, a ^burrice^ (ou imprecisão) do VT só faz colaborar.
    Sendo extremamente SINCERO, se o RPA superou todas as minhas expectativas, ainda capenga em um aspecto, que me faz lembrar, uma vez mais, o Nelson.
    ^A unanimidade é burra^(não só o VT), logo NÃO pode prevalecer.
    Há que se DIVERGIR para que se atinja um patamar mais elevado.
    A meu sentir, está faltando aqui apenas uma coisa – exatamente a DIVERGÊNCIA.
    Pelo menos o gol que houve, eis que consignado, mas que poderia ter sido irregular, a falha que uns apontam e outros discordam do Samir, trazem este ingrediente, que entendo indispensável.
    Tomara que MUITOS outros possam surgir, pois, aí sim, o Blog começaria a atingir a PERFEIÇÃO, sempre inalcançável.
    Rodriguianas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Romano 6 anos ago Responder

    O texto só não foi perfeito por uma frase: “a chatice que é o futebol americano”. Impossível concordar. O Super Bowl é definitivamente o evento esportivo mais absurdamente fantástico do planeta.

    Mas de resto concordo com tudo, o “tira-teima” desse gol do Bressan foi tão ridículo que não merece sequer análise.

    Mas acho que o futebol da primeira divisão precisa sim da ajuda da tecnologia. A enorme gama de profissionais envolvidos, atletas, patrocinadores que investem e o público consumidor não podem ficar mais à mercê de erros/mau-caratice de uma única pessoa (juiz). Já existe tecnologia para isso, trouxe novos ingredientes e confiabilidade a esportes como o tênis e o vôlei. Deevemos, sim, cobrar que seja utilizada no futebol.

    Porque erro de arbitragem só é bom quando é a nosso favor. Quando perdermos um título por causa de gol que não foi gol, aos 48 do segundo tempo e após termos pago 300 reais pelo ingresso, não terá tanta graça assim.

    SRN

    • author avatar
      chacal 6 anos ago Responder

      romano

      perfeito seu comentário !
      eu já havia falado desse mesmo assunto ,só que vc foi mais fundo…parabens !

    • author avatar
      André 6 anos ago Responder

      ROMANO, concordo que deve haver mais TECNOLOGIA no nosso futebol e isso de que vai “PERDER A GRAÇA” é assunto pra quem se apraz com os erros e até mesmo roubos perpetrados por juízes mal preparados ou corruptos.

      Quanto MENOS ERROS forem cometidos por FALHA HUMANA, mais legal tendem a ser os campeonatos, e tornas os títulos mais LEGÍTIMOS.

      Só que essa tecnologia usada por uma câmara de TV MAL ANGULADA para checar o fato é que NÃO pode continuar pois põe em risco a credibilidade de juízes e clubes, pois NÃO retratam a VERDADE “VERDADEIRA” do fato.

      Não fosse a DEPENDÊNCIA ECONÔMICA dos clubes em geral e do Flamengo em particular com a TV, esse tira-teima desse gol poderia gerar até um processo por manchar a imagem do clube com um fato que NÃO PODE SER COMPROVADO COM EXATIDÃO.

      Enquanto isso vamos ter que conviver com as opiniões FALACIOSAS dos ex-árbitros agora comentaristas e com a opinião daqueles que se deixam EMPRENHAR PELOS OUVIDOS (contempla também o caso do LÉO MOURA) e saem REPETINDO tudo o que falam os caras da imprensa que, quase sempre, emitem suas opiniões atendendo a determinados quesitos que gerem AUDIÊNCIA.

      SRN

      CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS).

      • author avatar
        Romano 6 anos ago Responder

        Olhando o lance sem câmera lenta, replay, tira-teimas e outras parafernalhas, parece claro que a bola entrou. Nem os jogadores do Madureira envolvidos ali no lance questionaram muito. Complicado a TV criar uma polêmica que sequer existia em campo baseada numa imagem absolutamente imprecisa para justificar a opinião do comentarista de arbitragem que jamais poderia ter afirmado com certeza que a bola não havia entrado – pelo ângulo que a TV mostrava – sem ser falacioso e imprudente.

        Mas enfim, se não fosse essa dependência da TV, até a cera poderia já ter sido banida do futebol, por exemplo. Bastava reduzir o tempo de jogo (de 90 para 70 minutos, por exemplo) e parar o cronômetro a cada vez que o jogo parasse, como é em qualquer outro esporte cronometrado. Mas isso tornaria a duração do jogo imprevisível e prejudicaria a grade de programação das TVs. Por isso esportes como tênis, vôlei e basquete raramente são transmitidos em TV aberta. Enquanto isso, pagamos para assitir 90 minutos de futebol e assistimos 50.

        Claro que a tecnologia é necessária, mas no Brasil o meio do futebol é tão podre que qualquer inovação que vise a diminuir a possibilidade de armação será sempre rechaçada por meio de argumentos infantis, como esse de “tirar a graça do jogo”. Vê se no tênis tirou a graça, ou se o “desafio” virou uma baita atração a mais durante os jogos. Já teve título decidido pelo “desafio”. Maneiríssimo. Mas aqui não vai rolar, lamentavelmente.

        SRN

  • author avatar
    André 6 anos ago Responder

    Espetacular texto do Murtinho que vem corroborar o que eu havia dito no post da Nivinha sobre o fato de que o ângulo em que está postada a câmara – mesmo com o BURRO do tira-teima ou analisador tático ou qualquer outra tecnologia de IMAGENS – se apresenta falho – a VERDADE MUDA de acordo com o ÂNGULO em QUE A IMAGEM É PRODUZIDA, como ficou comprovado nos lances do JÚNIOR BAIANO e do ALECSANDRO e NÃO pode ser considerado como VERDADE ABSOLUTA, sendo que apenas o tal chip na bola poderia se considerar 99% seguro em sua eficiência comprobatória.

    Mas o que me espanta nessa celeuma toda, CONTINUA a ser a postura de determinados “TORCEDORES” em SEMPRE se colocarem contra o Clube de Regatas do Flamengo quando acontecem lances desse tipo.

    Como notei, e tantos outros notaram, que aquela câmara no lugar onde estava não permitiria que a linha traçada no tira-teima fosse exata, passei a analisar o lance de outras formas, como o fato da bola ter quicado em cima da linha de gol e dado uma volta sobre seu eixo em direção ao fundo do gol e também a mão esquerda do goleiro estar postada rente à linha demarcatória e o braço direito assim como a mão direita do goleiro estarem pra dentro do gol, tudo isso observando imagens de uma câmara que estava ATRÁS do gol e que nos permitiu uma imagem muito mais próxima do que aquela câmara angulada do tira-teima.

    Só que eu torço a FAVOR do Flamengo e não contra a atual DIRETORIA.

    Outra coisa é essa IMPRENSA, que TUDO FAZ PELA AUDIÊNCIA, não levar em conta (como aliás sempre leva desde que NÃO beneficie o Flamengo) o fato de que seria muito mais LÓGICO que o bandeirinha tivesse visto a bola DENTRO DO GOL, mesmo que ela não tivesse entrado totalmente – e ela entrou – do que notar que 5% da circunferência da pelota ainda não cruzara a linha….E, no caso, NÃO houve DÚVIDA do BANDEIRA já que ele imediatamente correu para o centro do campo, o que põe abaixo essa teoria esdrúxula de que, na dúvida, o time que está defendendo deve ser beneficiado. Ele NÃO titubeou, portanto NÃO teve dúvida.

    Ilações dos que TORCEM CONTRA não são para serem consideradas, fora o fato de que existe muito torcedor EMBURRECIDO que consideram como verdades ABSOLUTAS o que dizem locutores e comentaristas de TV, aliás como estamos vendo claramente no caso do LÉO MOURA onde a IMPRENSA, de modo nunca antes visto, tenta ENFIAR cabeça a dentro do torcedor do Flamengo que esse jogador é ÍDOLO e merece festa de despedida, contrato até os 56 anos e outras baboseira mais, a ponto de fazer com que pessoas MUDEM DE OPINIÃO e onde antes achavam que o cara era DESAGREGADOR e INCOMPETENTE além de “CUPINCHA DA DUPLA DO MAL”, passe agora a merecer LOAS da DIRETORIA…..Só rindo mesmo….SHUASHAUSHAUSHUASHU

    Atitude COVARDE a do LÉO MOURA e EMPRESÁRIO, que depois de CHORAR TANTO um contrato com o Flamengo, passa a informação da proposta do clube de SEGUNDA DIVISÃO DOS EUA para um jornalista de coluna tradicional e NÃO ligada diretamente ao esporte ao invés de discutir o assunto internamente e ainda ficar dando uma de COITADINHO, de que ama muito o Flamengo e sua torcida, mesmo tendo apontado o dedo médio quando foi vaiado em campo há algum tempo atrás.

    E ainda tem gente, que se diz torcedor, apoiando esse BILTRE! Ah se fosse o Clube de Regatas do Flamengo que tivesse tido essa atitude e rompido o contrato dele e deixasse que tivesse conhecimento através da imprensa…..o mundo DESABARIA…..

    SRN

    CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS)

    P.S. Aliás, NÃO é de hoje que o MADUREIRA costuma engrossar o caldo contra o Flamengo e facilitar para os outros adversários como foi o caso, nesse carioqueta, do jogo contra o Vacu, quando o goleirinho do Madura levou um frangaço e deixou de fazer uma defesa fácil que originou o segundo gol dos Vices da Grama.

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 6 anos ago Responder

    Pessoal, gostaria de responder a cada um dos comentários,porém, encontro-me acamado, é que peguei uma dessas viroses (aglutinação de VIRa dOSES , do final de semana), e tô aqui escornado, resfriado, com dor no corpo, febril e sonolento. Abraços para todos…!

    Edvan-Alagoinhas-Ba.
    PS 1- Porra, fiquei meio tonto, vou pra cama, ainda assim, melhor do que ir pra Pelotas…!
    PS 2 – BBB- Bundas, Buçanhas, Boquetes. Mas o que isso tem a ver com nada, acho que estou é delirando, xiiiiiiii, estou sentindo: subiu o”ferro, quero dizer, minha febre…zzzzz…!

  • author avatar
    Valois Corrêa 6 anos ago Responder

    O que é parvulez? Abraço!

  • author avatar
    Alvaro Augusto Drummond 6 anos ago Responder

    Concordo com você Murtinho sobre a cena estranha. Os ângulos mostrados do lance não eram favoráveis. Agora o que não me causou nenhuma estranheza foi que de cara o ex árbitro Renato Marsiglia e agora comentarista da Globo dizer que a bola não entrou. Ele é completamente anti Flamenguista. Ao meu ver a bola entrou e muito.

  • author avatar
    Pedro 6 anos ago Responder

    Cara! Vocês FAZEM LITERATURA nesse blog. Que texto sensacional. Muito orgulho de ser representado por ESCRITORES como Arthur, Vivi e Murtinho, um ilustrador fantástico como o Arnaldo e a paixão rubro-negra em pessoa (NIvinha).
    Continuem esse excelente trabalho. Nós, daqui, apreciamos com muito gosto tudo que estão fazendo.

    • author avatar
      carlos moraes 6 anos ago Responder

      De pleno acordo, pois se trata de uma análise perfeita a respeito do quinteto de ouro do RPA.
      Orgulhosas SRN
      FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Dario Alcantara 6 anos ago Responder

      assino embaixo tudo que o Pedro falou, disse em poucas e precisas palavras o orgulho que temos em nos representarem tão bem. SRN!

  • author avatar
    Eduardo 6 anos ago Responder

    Genial! “…há os que vencem, há os que choram.”

  • author avatar

    Eu não esperava um post diferente do grande Murtinho. Até desenhei meu próprio tira-teima pensando que podia humildemente ilustrar esse post.

    https://twitter.com/RubruNegru/status/570164253958787072

    SRN!

    • author avatar
      Rasiko 6 anos ago Responder

      muitogood-meutecladotáfudido-muitogoodseudesenho.

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 6 anos ago Responder

    E ainda para consubstanciar o bem traçado, alinhado, focado, comentário do Murtinho, lembro-me que num jogo de Copa do Mundo, se não me engano, na França, um pênalti fora marcado contra o Brasil, num dos jogos, e que ninguém viu, apenas, o árbitro do jogo. No lance, o Júnior Baiano, protagonista brasileiro na jogada, disputa a bola com o atacante, suas mãos aparecem livres e não interventoras para deslocações , os pés plantados no gramado, sem alavancas, ou calços, o corpo postado, frontal, não força uma ilegalidade obstruidora da jogada, o atacante de costas para o defensor a amenizar um perigo iminente de gol, a aparência da disputa de bola é limpa e…’Marca da Cal’, sem discussão do enérgico e convicto árbitro. Vaias, apupos na arquibancada, comentaristas de todas emissoras de televisão, e rádios, a bradar, protestar, perplexidade geral, eu mesmo fiquei rouco de tanto xingar – Filho da Puta, Ladrão, Descarado. – mas tudo acalmado pela vitória do Brasil, ou classificação, algo assim.

    Dias seguintes, após repetições e mais repetições, já existiam nas transmissões da FIFA, recursos esclarecedores, o mesmo conceito da má marcação, a prevalecer, definitivamente, e, eis que; surge um cara, torcedor, que numa posição perpendicular à área a que tudo aconteceu, , filmou, de lá, a disputa de bola e a divulgou para o mundo. Surpresa geral em perplexidade. Lá estava bem visível, pra quem quisesse ver, quase que imperceptível, mesmo, o Júnior Baiano, segurando a camisa do adversário. fazendo-o ficar preso ao chão sem possibilidades, nenhuma de qualquer movimentação ou deslocação. Chegou a dar um nó na camisa do sujeito…! kkk.

    A BOLA ENTROU…!

    Edvan-Alagoinhas-ba.
    PS – Excelente o comentário do Murtinho, perfeito…! Esse cara é muito bom!

    • author avatar
      André Lúcio 6 anos ago Responder

      É que, numa disputa de bola, com o Júnio Baiano, em qualquer lugar do campo, a propabilidade de ocorrer uma falta é acima dos 99%. O juizão devia ter estudado ele, e tava esperto…..

      • author avatar
        André Lúcio 6 anos ago Responder

        * probabilidade

    • author avatar
      Jonathas Medeiros 6 anos ago Responder

      Perfeita complementação! O resultado da análise muda, completamente, dependendo do ângulo, mas principalmente, da vontade do analista!!!

      E A BOLA ENTROU. Sabe porque eu sei? O juiz apitou e apontou para o centro do campo, pra mim, essa é a regra do gol.

    • author avatar
      Bill Duba 6 anos ago Responder

      Telegraminha ao Edvan
      Esse cara que marcou o penalty (?) eh americano e foi mandado de volta pros EUA logo depois do jogo!!! Onde jah se viu, um sanafabitche marcar um penalti grosseiro e ladrao contra o querido Juniior Baiano, que nunca fazia penaltis e nem entrava de carrinho, um zagueiro classico, com a cabecinha no lugar, e vem um juiz de um paiz que nao tem nem futebol, esse boshtta!!!
      Coitado do cara, hoje ele eh ajudante de cozinha aqui na pizzaria Jimenez&Gonzalez e diz que a unica coisa boa na vida dele sao as barbas, cabelos e bigodes que Elbinha, sua irmah, faz duas vezes por semana nele por modicos precos, porque de gratis tambem num dah!!
      Saudacoes Rubro Nigerrimas

      • author avatar
        carlos moraes 6 anos ago Responder

        ALÉM DO EDVAN, O CUNHADO TAMBÉM É UM SÁBIO.
        Excelente, pois até eu, que já estou com a memória pifando, não me recordo do Júnior Baiano errar uma só tesoura voadora.
        Lúdicas SRN
        FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      carlos moraes 6 anos ago Responder

      Edvan, grande sábio.
      Foi o jogo contra a Noruega, lá na França mesmo, Copa de 1998.
      Da mesma forma que você, passamos a noite aqui em Brasília, alguns amigos, meus filhos e eu (enquanto a Vera se deliciava com a nossa baboseira), xingando o árbitro, responsável único pela nossa derrota por 2 x 1.
      Vimos todas as repetições possíveis, umas 437, no mínimo, todas comprovando a ^inexistência^ do penalty que teria sido cometido pelo nosso polido craque, o Júnior Baiano.
      Na noite seguinte, até mesmo com muita VERGONHA, o apresentador do Jornal Nacional (não me recordo se já era o Bonner), susurando mesmo, declarou – surgiu uma filmagem de um sueco (acho), comprovando o penalty.
      Com a delicadeza que era a sua marca registrada, o JB, viu-se no tal filminho, quase ARRANCOU a camisa do atacante noruguês.
      Consequência – a Vera ficou mais ainda nos gozando, ao passo que mudamos logo de assunto, passando a falar do filme da esquina, que era ótimo.
      Entusiasmadas SRN
      FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      André 6 anos ago Responder

      Pô EDVAN SANTOS….quando eu me esmerei em provar que a imagem mostrada pela TV não servia de parâmetro para se dizer que a bola NÃO entrou extamente pela angulação da câmara, você não foi capaz de se lembrar do lance do JÚNIOR BAIANO….Agora bastou o Murtinho falar da burrice do VIDEOTEIPE que vc logo citou o fato?

      Será que foi pelo fato de eu ter contado aqui (por conta de um tratamento caseiro contra oxiúros) que você CUSPIU FOGO PELO CU correndo pelo quintal a ponto do vizinho perguntar (depois de saradas as queimaduras anais): “Você não é aquele garoto que outro dia estava soltando LABAREDAS pelo CU só parando quando encontrou uma poça d’água e nela se sentou? Eu pensei tratar-se de um satélite brasileiro rumo ao espaço. Que susto você me deu garoto”…

      SHUAHSUASHUASHUAHSUASUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUASHUASHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUASUAHUSHAUSHAUSHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUASUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUASUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUASU

      Isso são coisas da vida ô CU QUEIMADO, digo, EDVAN SANTOS !!!!

      SHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHUASHUAHSUASAUHSUAHSAUHSAUHSUASAUSHUASHUASHUASHUASHAUSHUAHSUA

      PUTA QUE LOS PARALES….

      Grande parceiro, você continua sendo a alegria do blog, mas vá tratar logo dessa virose, pois sabe-se lá se tentam outra experiência com querosene no FIOFÓ e acendem inadvertidamente um fósforo?

      SHAUSHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUA
      SHAUSHAUSHAUSHUASHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUHAUSHAUHSUAHSUAHSUHASUA

      Segure aí um abraço, parceiro……kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      SRN

      CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS)

  • author avatar
    Carlos_SP 6 anos ago Responder

    Murtinho, hoje o comentário é curto e rápido. Concordo com tudo.

    SRN

  • author avatar
    chacal 6 anos ago Responder

    olha murtinho a cada novo texto seu, me torno mais seu fã…muito legal o enfoque do jogo,mesmo sabendo que vc não viu a pelada(não perdeu porra nenhuma)jogo foi uma merda.
    só pra finalizar e acabar com qualquer discursão,sempre que benificiar o flamengo é legitimo,ora bolas.
    já diria o profeta e arqueiro felipe…roubado é mais gostoso kkkkkk
    oh cacete,não venham me dar lição de moral,seus putos !

    saudações

    ps-o lúcifer está sumido…o fla-sabugador está sumido…coincidência???

Deixe seu comentário