República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

O homem que morava no Maracanã

Por | 2 de março de 2020
Maracana velho
14 Comments
  • author avatar
    Mario S Dunlop 4 meses ago Responder

    “Os palácios vão desabar…”, e o Maraca desabou sob as forças do mal. Mas a chuva de prata sempre desce a cada jogo do nosso Mengão, isso será eterno. E é sempre bom rever aquele palácio repleto, mesmo em foto. Terá sido aquele FlaxFlu de 63? Beijos, outra ótima crônica

  • author avatar
    Fernando Amadeo 4 meses ago Responder

    Dunlop, que maravilha de texto! Seus contos são espetaculares. Parabéns.
    Agora, não mais ilustre suas crônicas com essas lindas nostálgicas fotos do nosso saudoso Maraca. Que bonito ver aquela imponente arquibancada, a genial sacada que foi a geral.
    Essa foto forçosamente nos entristece, justamente por nos relembrar o quanto o Estádio Mário Filho sabia abrigar, sem qualquer tipo de distinção, todos os torcedores, todos, sem exceção, muito diferente dessa hiper faturada “arena”, uma coisa que eles classificam como “padrão FIFA”, sabe-se lá o que isso significa.
    São desprovidos de sentimentos para com o Rio de Janeiro os que permitiram assassinar um dos principiais símbolos do país, além, claro, de extremamente gananciosos.
    SRN e desculpas pelo desabafo.
    Pra cima deles, Flamengo!
    PS – A gente frequenta assiduamente a “Arena Maracanã”, vibra, chora, se emociona, tal como nos velhos tempos porque, como bons rubro-negros, “onde estiver estarei”. Mas que estaria muito, muito mais feliz no velho Maraca, sem dúvida nenhuma.

  • author avatar
    Pedro Rocha 4 meses ago Responder

    O blog, o texto, a Gabi e o Dunlop foram elogiosamente mencionados na edição desta segunda (2/3) do simpatissímo Pontapé, podcast da Central 3, com os grandes José Trajano e Dudu Monsanto. Recomendo a audiência.

    • author avatar
      Rasiko 4 meses ago Responder

      Manda o link, Pedro.

      • author avatar
        Pedro Rocha 4 meses ago Responder

        Eu ouvi pelo Spotify (procurar por Pontapé, na barra de buscas), mas pros que eventualmente não usarem o aplicativo, dá pra ouvir no próprio site da Central 3 (a produtora do podcast em questão), no link abaixo:

        http://www.central3.com.br/category/podcasts/ze-no-radio/

        Reforço que seria bem vindo um podcast do República Paz e Amor (mas sei que os ilustres escribas têm agendas complicadas e tempo é dinheiro).

  • author avatar
    Jorjão Lopes 4 meses ago Responder

    SRN! “Não deu certo na Europa” , não deu certo se fiar nisso compadres anti!
    Nos anos 60, um dia li num outdoor, “Fé no mengo e pé na táboa!” Flamengo é mais que fé, é a certeza!

  • author avatar
    Felipe Abreu 4 meses ago Responder

    Uau! Parabéns pela maravilha de texto!

  • author avatar
    Rafael 4 meses ago Responder

    Maravilha, grande texto. As histórias subterrâneas são as melhores…

  • author avatar
    Lauro Araujo 4 meses ago Responder

    Parabéns! E a bandeira eterna estava lá!
    “Se o Fluminense jogasse no Céu, eu morreria para vê-lo jogar” Nelson Rodrigues
    Agora mesmo é que vontade não me falta.

  • author avatar
    Fabio 4 meses ago Responder

    Dunlop, feliz aqui quem vos escreve por ter a sorte de ser Rubro – Negro e por ter seus textos para ler.
    Abraços.
    Fábio Fernandes

    • author avatar
      Dunlop 4 meses ago Responder

      Valeu, grande Fábio. SRN

  • author avatar
    Marco Becker 4 meses ago Responder

    Salve, Dunlop!
    Um muito obrigado e um parabéns pelo ótimo texto.

    Confesso que há dias em que rio do alheio ao escutar que aquele monstro que deixamos solto no ataque ‘não deu certo na Europa’.

    Sabem de nada, inocentes.

Deixe seu comentário