República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Mais Fortes São os Poderes do Povo.

Por | 11 de maio de 2018
capa
33 Comments
  • author avatar
    EDVAN SANTOS 5 meses ago Responder

    FLAMENGO UM NOTÓRIO BERÇÁRIO DE QUADRÚPEDES… JAYME DE ALMEIDA, ZÉ RICARDO, RUEDA, BARBIERI, ESTES; ALGUMAS DAS NOSSAS PIORES ESPÉCIMES…

    Edvan-Alagoinhas-Ba.,
    PS – Futebolisticamente, animais…!!! Esse Barbieri., então, é um novo jumento em formação….!

    Burrrrrrrrrrrrro…!!!

    Abraços para todos os meus amigos…Que saudade …!!!

    Fui….!!!

  • author avatar
    Henrique 5 meses ago Responder

    A volta do futebol horrivel

    Nessa de “preservar” esse e aquele, o Barba coloca um monte de jogadores novos.

    Esses nao souberam, nem um pouco – a nao ser em raros momentos – manter qq esquema tatico.

    Mostraram o que o time vem mostrando nos ultimos 1-2 anos.
    Bolas altas barata voa, avenida Trauco, Juan lesma, G-Erro parado e sem funçao etc etc etc

    Fora disso – mas em razao de estarem perdidos em campo – uns erro individuais cabeludos custaram os pontos. Sem esses teriamos até saidos com a vitoria, acredite quem quiser.

    Essa volta do ERRO nao é aceitavel. E o velho Juan aprontou demais até para a idade.

    A liçao é simples: Antes de desmontar um time que esta COMECANDO a se formar, nao é muito inteligente ficar mexendo sem fim nele, tem que se criar uma BASE.
    Mudanças devem ser somente pontuais e nao de varios jogadores e de posiçoes e possivelmente de tatica.

    O resultado disso agora é uma DIVISAO entre time A e time B. O que nao é inteligente, nem correto. Nao é correto pq muitos dos jogadores do time A, se jogarem num time como ESSE B de hoje, virariam a mesma merda que foram durante meses e meses.

    A situaçao do Flamengo é fragil e mais uns erros desses vao fazer com que a casa caia pra virar a porcaria que estava de novo.

    **********************

    Sairam razoavelmente bem alguns dos jovens e o Rodinei.
    O Diego jogando sozinho na construçao e nao tendo jogadores ao lado que apoiam – nao dah certo. Foi provado desde o dia que chegou. Eh um DESPERDICIO imenso de suas qualidades.

  • author avatar
    Romano 5 meses ago Responder

    Aproveitando o ensejo do belo comentário (como sempre) do Marco Túlio, digo ainda mais:

    Não se iludam!!!

    Há menos de duas semanas dizíamos que a meta eram os 45 pontos e torcedores tomavam café quente na cara no aeroporto.

    Duas semanas, três ou quatro adversários recém-egressos da série B depois, e estádios cheios à base de ingressos a preços de cerveja de milho e cantoria à base de músicas puxadas pelas velhas organizadas que deveriam estar em qualquer lugar, menos dentro do estádio, tudo virou uma maravilha??

    Pois bem, basta ver um jogo do Palmeiras, Corinthians ou Gaymio para ver quantos degraus atrás estamos.

    Só não perdemos pra Ponte porque a trave salvou. Contra o Inter, gol cagado de rebote de bola parada. Contra o América-MG nem comento.

    Enfim, resultados estão vindo e isso é MUITO importante. O futebol melhorou, até porque piorar era bem difícil. Mas o time continua com deficiências graves, não apenas o Renê, mas nossa zaga extremamente lenta, a ausência de substitutos para Cuellar, a sombra do Diego, do Arão e do Jonas sempre pairando, a nova e injustificável idolatria ao Guerrero, dentre outros problemas graves, como a falta de liderança interna em ano eleitoral.

    Enfim, não fiquem suas análises em cima dos últimos resultados apenas.

    Fica a dica.

    SRN

    • author avatar
      Marco Gama 5 meses ago Responder

      O Gaymio, que está anos luz à nossa frente, foi o time que empatou ontem com o Inter, aquele mesmo time de segunda divisão que o Flamengo não faz mais do que a obrigação de ganhar em casa, com um gol cagada do Paquetá e um lampejo do ER?

      E o Curica, outro que joga um futebol muito superior ao nosso, é o aquele que empatou com o Ceará dentro de casa, o mesmo Ceará que o Flamengo bateu fora de casa por 3 a 0, mas que logicamente não fez nada mais do que a obrigação??

      Qdo o Trauco entregava um jogo atrás do outro, sendo inclusive imediatamente barrado pelo Rueda, vcs só reclamavam do cara.

      Agora o Renê vem fazendo partidas seguras, com grande regularidade, e o cara TB não serve? Tão esperando o Júnior e o Leandro voltarem para aplaudir? Esperem sentados. Este é o problema, vcs não entendem que esse padrão de jogador hj em dia é muito raro, e os que aparecem vão embora pro exterior rapidamente. Se não apoiarem os que aí estão, que não são primores de técnica mas honram a canusa, não vamos ganhar nada mesmo nunca.

      Deixem pra criticar quem não corre o que poderia, quem é displicente em campo, quem se omite ou se esconde do jogo. Esses sim não servem pro Flamengo.

      Vcs acham qu nenhum jogador está à altura do Flamengo, nem Diego, nem ER, nem Leo Moura, nem ninguém.

      Aí os caras vão pra outros clubes e arrebentam. Aí dizem que faltava era técnico pra fazer os caras jogarem.

      Na boa, vcs são chatos pra cacete.

      SRN

      • author avatar
        Romano 5 meses ago Responder

        Aí nosso maravilhoso elenco toma uma sova de um time pequeno, com 1,5% do nosso investimento, com Márcio Araújo e Canteros no maio-campo, que não ganhava de ninguém há meses, e vc vai continuar com esse mesmo discurso?

        O que ganhamos com ele?

        O que ganhamos com esse discursinho de “ainnnnnn, vcs são chatos, bobos e feios, muito corneteiros e fazem muita pressão nos nossos sensíveis meninos”.

        O que ganhamos nos últimos 5 anos com esse discurso de que não se deve cobrar os jogadores, a comissão técnica e a diretoria?

        O que você não entende, Marco Gama, é que o que eu critico é a forma como o Flamengo gasta seu dinheiro. Critico a montanha de dinheiro que foi gasta num elenco cheio de jogadores ruins com contratos longos e salários milionários.

        É isso que eu critico. Não é o Renê. Renê é só mais um, dentre tantos equívocos de uma diretoria. E nem é dos piores. Acho que ele deve ser titular mesmo, considerando que o Trauco é uma das coisas mais ridículas que eu já vi jogar na defesa do Flamengo.

        É diferente do caso Márcio Araújo, bem lembrado pelo Março Túlio, quando tínhamos Cuellar no banco porque nosso treinador era burro, teimoso e paneleiro, e não havia qualquer sinal de meritocracia. Trauco é ruim, mas é o que tem. Só mais um esqueleto deixado por Rodrigo Cai-Tanto.

        Estamos há 4,5 anos sem ganhar absolutamente nada, e a torcida sempre pegando esse time no colo. Fazendo aeroflas, lotando estádios no Rio e pelo país afora, não obstante aos preços abusivos de ingresso.

        Mas parece que o diagnóstico que alguns dão aos nossos sucessivos insucessos é “a torcida não apoia”.

        Interessante seu argumento. Poderia dizer quais são os jogadores que a torcida criticou que estão arrebentando em outros clubes? Gabriel? Vaz? Márcio Araújo? Muralha? Zé Ricardo?

        Qual deles?

        Pois é. Nenhum. Mas errada é a torcida. Quem sabe tudo é você, Marco Gama. Só você. Quem discorda de você é… chato.

        Entendi.

        Vai ao Maraca, mostra que você é um grande flamenguista e fica lá na beira do campo gritando o nome, aplaudindo e pedindo autógrafo do Arão, do Diego, do Renê, então.

        Eu me reservo no direito de continuar sendo o chato.

        SRN

        Vai dizer que sou falso flamenguista também?

        O que VOCÊ não entende, Marco Gama

        • author avatar
          Romano 5 meses ago Responder

          *Trauco é ruim, mas é o que tem = RENÊ é ruim, mas é o que tem.

          *A última frase saiu fora de lugar. Tava em um parágrafo mais acima.

          O resto, é a minha velha e orgulhosa chatice de sempre mesmo.

          Quero taça, não quero jogadores mimadinhos e frouxos que entregam jogos por bananice e falta de vontade de ganhar.

          SRN

          • author avatar
            Marco Gama 5 meses ago

            Romano, esse time que entrou em campo ontem estava completamente desfigurado. Não é apenas a questão de não termos substitutos para Cuellar e Paquetá no meio-campo, mas o desentrosamento que fica latente quando se troca quase o time inteiro.

            Embora eu ache que a escalação foi equivocada (Juan e Trauco juntos, um do lado do outro na defesa?? Poupar goleiro?? Pará e Rodinei?), eu também jamais arriscaria perder Cuellar, Paquetá ou Everton Ribeiro antes do jogo que pode decidir nossa classificação pras oitavas da Liberta.

            Quanto às minhas críticas em pegar no pé de jogadores, logicamente que não me refiro a Muralhas, Vazes e Cirinos da vida. Sempre fui crítico ferrenho desses caras, basta ver meus comentários aqui nesse espaço. E minha crítica não era apenas por achar os caras ruins demais tecnicamente, mas principalmente em função da displicência (e até soberba) deles em campo (Vaz que o diga). Fiquei, assim como vc, aliviado com a saída deles do Flamengo. Dessa turma aí ainda falta sair o Arão, que sabe jogar bola, mas quase joga com uma displicência de dar nojo.

            Quanto ao MA e Gabriel, já os defendi em tempos passados, não por acreditar que eram um primor de técnica, mas por achar (na época, quando não tínhamos tantas alternativas) que eles não eram os principais problemas da equipe.

            Tb era crítico do é Zé Ricardo pela sua insistência em jogadores como Muralha, Vaz e Cirino, mesmo os caras errando tudo o tempo todo, e a demora (passividade) em fazer substituições.

            Meu problema é quando vejo críticas ao Renê, por exemplo, que vem fazendo e muito bem o seu papel em campo. Trauco tem ótimo cruzamento e chute, mas na marcação todo mundo já conhece, o que ficou ainda mais patente ontem jogando ao lado do Juan (que é um craque, mas já não é mais um garoto). Palmas para o treinador.

            Mas não critico o Trauco (muitos aqui já o quiseram longe da Gávea), pois acho que ele poderia render muito mais se jogasse mais adiantado, mais próximo à área, pois domina um fundamento bastante raro hj no Flamengo: o chute e o cruzamento.

            Estão querendo um lateral que marque bem e chegue na frente fazendo cruzamentos perfeitos e gols? O Jorge fazia isso, e até onde eu me lembro tb era duramente criticado aqui (insolente, preguiçoso, mascarado, etc.). Bastava fazer uma partida abaixo da média.

            Pelo menos com a redução do valor do ingresso o bom e velho torcedor do Flamengo, que vai para apoiar, tal como o nordestino, parece que voltou.

            Isso aumenta a chance dos nossos perebas ganharem do time ridículo do Inter, que empatou com o todo-poderoso Grêmio, ou do Ceará fora de casa, que empatou com o Curica em SP, o mesmo Curica que venceu ontem o super elenco do Palmeiras.

            Mas o Flamengo só está em primeiro pq jogou contra ninguém, não é isso?

            Me agrada o futebol do Flamengo? Não. Tá muito longe de praticar um futebol de primeira linha, que inspire confiança, como o do Grêmio.

            Só lembrando: os titulares das laterais do grêmio hj são Cortês e Leo Moura, que não serviam nem para o Flamengo e nem para o Botafogo. Assim como o Fernandinho, que era considerado um pereba corredor no Flamengo, fez uma Libertadores magnífica pelo Grêmio no ano passado.

            Continuem pegando no pé do Renê, achando que tá cheio de jogador melhor que ele na base e em outros times.

            Tão esperando aparecer outro Leandro pra apoiar, né? Esperem sentados. O último melhorzinho demorou 30 anos para aparecer, um tal de Jorge.

            SRN.

          • author avatar
            Marco Gama 5 meses ago

            Apenas uma reparação: depois de Leandro e Júnior, tivemos sim outros bons laterais, como Jorginho, Leonardo e Athirson, todos prata da casa.

      • author avatar
        Dantas 5 meses ago Responder

        Muito bom deve ser o FLA – atual campeão da Libertadores, Brasileiro, Estadual (bem superiores ao rural carioca),? Ah, não ganharam esses?? Hum…. deixa eu ver….vc acha então q quem ganha campeonato é ruim e quem nem chega perto é bom……
        Ao contrário do q a midiia prega, ganhar dos grandes times é o q faz o campeão. E vcs não pegaram , praticamente, ninguém ainda.

        • author avatar
          Maroog 5 meses ago Responder

          Aí eu concordo contigo. Quando pegar Palmeiras, Cruzeiro, Corinthians, Grêmio é que poderemos ter algum parâmetro do que é esse time. Até agora, nada.

  • author avatar
    Marco Túlio Cícero da Costa Oliveira 5 meses ago Responder

    Prestem atenção, que isso é muito grave! Está surgindo um novo Márcio Araújo no Flamengo: Renê. Os defensores dos números e estatísticas, já o colocam como o melhor jogador do Flamengo. 300 desarmes (todos na lateral do campo, onde o atacante só tem um lado pra correr), 0% de passes errados (o mais longo é quando atrasa a bola para o goleiro), nenhuma assistência para gol, nenhum gol, nenhum chute a gol, nenhum cruzamento correto. Mas defende muito bem. Agora me respondam: de que lado surgiram os principais ataques da Ponte Preta no jogo de ontem? Na esquerda. Onde estava Renê quando o jogador da Ponte chutou aquela bola na trave? Correndo atrás. Vinícius Júnior está sendo sacrificado porque não tem com quem jogar. Está sempre cercado por 3 ou 4 adversários, porque dá uma bola redonda para Renê e recebe uma quadrada. E Trauco não tem mais nenhuma oportunidade?! Pelo visto, se o Flamengo contratasse Marcelo do Real Madrid, ele seria reserva de Renê.

    • author avatar
      Antonio 5 meses ago Responder

      Exato. O Renê é horroroso também na marcação, qualquer jogador razoavelmente veloz passa por ele sem a menor dificuldade. Quando está dentro da nossa área então tem comportamento primário, sempre leva os dois braços para trás, prendendo-os nas próprias costas, para evitar uma possível mão na bola e fica sem possibilidade de reação ao movimento do atacante. No lance da bola na trave, no quase gol da Ponte, isso ficou patente.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 5 meses ago Responder

    O nosso Barbieri que não é o Gato, parece ter sorte, o que eu acho fundamental em time vitorioso, aquela tal história do fazer por onde, salvo pela trave em duas oportunidades. Tenho horror a essa história de time jogar “por uma bola”, mais um termo criado pelos nossos cronistas esportivos (epa!), esse até que é legal. Mas é amedrontador ver esse toque de bola interminável do time que parece estar grudado na maneira de jogar, a tal marca registrada, agora mais uma que virou jargão, “está no DNA do Flamengo”, DNA é o cacete, tem ´é que jogar pra levar perigo de gol para os adversários, o resto é imitação barata barcelônica. Continuo apreensivo aqui no meu sombrio canto, fico assim preocupado quando vejo os outros times ditos mais forte, aí corre aquele frio na espinha, será que vamos aguentar e passar no teste, ou vamos virar timeco que fica jogando pela bola da vez?

  • author avatar
    Carlos Moraes 5 meses ago Responder

    Depois de tantos anos, percebi que o Aureo do Aureo não é acentuado.

    Certo, certíssimo, pois, em sendo nome próprio, não se impõem as regras da língua portuguesa.

    O áureo pendão da Pátria deve ser, mas o Aureo, o Antonio e assim por diante, não.

    Além do mais, regras são – todas elas – chatérrimas.

    SRN aqui específicas para o Aureo.
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Carlos Moraes 5 meses ago Responder

    René ou Trauco.

    Minha opinião.

    O primeiro, apesar de aplicado e de ter um fôlego impressionante, de cabra criado no sufoco nordestino, é muito ^frauco^.

    Trauco é titular da Seleção do Peru, que irá fazer papelão na Rússia.

    Existe a menor possibilidade de comparação, indago.

    Fraternas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    pedro rocha 5 meses ago Responder

    Considero equivocados os que pedem Trauco no lugar do limitado, mas dedicado Renê.

    O lateral (??) peruano não tem o menor cacoete pra defensor.
    Como Vinícius Júnior também não tem, e não tem que ter mesmo. Tem é que pintar e bordar. Ou alguém aí tá com saudade de Everton Cardoso. Eu agradeço essa venda do Everton Cardoso como agradeci a saída de Renato Abreu, Léo Moura e outros tantos jogadores absolutamente medíocres lançados a ídolos por uma parte extremamente carente da torcida.
    E se concordarmos que Vinícius tem que ser titular (imagina só a gritaria – justificada – se Vinícius ainda tivesse tendo pouca ou nenhuma oportunidade), precisamos sim de um lateral com preocupações essencialmente defensivas. Como é Renê.
    Trauco é apoiador. E hoje não tem mesmo espaço no time titular.
    Que vá pra Copa, que arrebente, e seja negociado.
    O que precisa é contratar outro lateral, de características defensivas, preferencialmente melhor que Renê. Mas por enquanto o piauiense vai dando conta da obrigação. Integra bem um sistema defensivo que está há seis jogos sem tomar gol, mesmo com trave e goleiro salvando em vários jogos. Isso é novidade pra nós. Essa defesa era uma peneira e gol besta era quase item obrigatório jogo sim jogo também.

    • author avatar
      Marco Gama 5 meses ago Responder

      Concordo plenamente, já disse isso aqui algumas vezes, Renê vem jogando muito bem e sobrecarregado pelo fato de jogar do lado do VJ, que perde muitas bolas bobas e marca muito mal. Aliás, Renê e Cuellar vem jogando com uma regularidade impressionante. Só discordo qdo vc se refere ao Léo Moura como um jogador medíocre, pois o acho muito acima da média, tem feito partidas belíssimas pelo Grêmio, apesar de não ser mais nenhum garoto.

      SRN

    • author avatar
      Romano 5 meses ago Responder

      Exatamente.

      SRN

    • author avatar
      Aureo Rocha 5 meses ago Responder

      Respeito a sua opinião, mas se você mesmo reconhece as limitações do Renê, qual o sentido da sua titularidade?
      De jogador esforçado, o futebol anda cheio.
      Os torcedores reclamam quando se arma o time com esquemas defensivos, mas têm medo de laterais ofensivos.
      Trauco tem qualidade técnica. Renê não passa de um refinado pereba. Erra 9 passes para acertar um.
      Mesmo jogando recuado, a lateral direita está sendo sempre um convite para um baile.
      Enfim, cada um tem suas preferências.
      SRN!

      • author avatar
        Marco Gama 5 meses ago Responder

        Desculpe Aureo, mas vc não está vendo os jogos e as estatísticas pós-jogo. No jogo contra o Inter, por exemplo, Renê não errou um único passe e foi responsável, juntamente com o Cuellar, pelo maior número de desarmes do time.

        E mais: contra o Inter e contra a Ponte, ele deu dois belos lançamentos que largaram o VJ na cara do gol. Reveja o lance contra a Ponte (primeiro jogo) daquele gol que o VJ perdeu cara a cara com o goleiro no final do segundo tempo (ele tentou tirar do goleiro e jogou por cima). O Renê meteu uma bola primorosa no meio da zaga, num lançamento do meio-campo.

        Não se trata de um pereba refinado, mas de um jogador que tem ótima noção de marcação e posicionamento, um preparo físico invejável, e um bom aproveitamento de passes (veja as estatísticas!).

        Sempre que possível ela vai à frente, mas certamente não arrisca mais porque, reforço, o lado dele é o lado que mais sofre com o ataque adversário porque VJ perde bolas bobas demais no ataque gerando inúmeros contra-ataques (vide o que vimos ontem no Maracanã). Além disso, vale lembrar que ele tem ao seu lado o Rever, que é um ótimo jogador, mas é lento.

        Enfim, acho esse Renê a cara do Mengão (veja reportagem abaixo).

        https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/nordestino-sim-senhor-rene-rechaca-preconceito-e-celebra-regularidade.ghtml

        E é sempre bom lembrar: jogadores do nível técnico de um Jorge não aparecem toda hora. Na base temos hj boas opções, como Michael, Ramon e Pablo, que poderiam entrar de vez em quando no time principal, até para poupar o Renê de vez em quando, pq a maratona tá cruel.

        Trauco é muito bom tecnicamente, tem um ótimo chute, eu certamente o manteria no elenco, mas não acho que ele esteja atualmente em condições de colocar o Renê no banco.

        Enfim, é apenas uma opinião.

        SRN.

  • author avatar
    Aureo Rocha 5 meses ago Responder

    Que o time ainda não é o idealizado por todo flamenguista, isso ninguém duvida. Mas, para enfrentar mais de 90% dos sofríveis times sul-americanos, eu creio que ele já começa a ficar na conta do chá.

    A minha única dúvida é saber se o Renê será o titular na seleção do Peru, na Copa do Mundo, no lugar do Trauco, porque eu já sei que o Henrique Dourado não irá barrar o Guerrero.

    Quanto ao jogo, já dizia um falecido cronista de turfe: “A História não fala dos covardes.” Por isso, a trave protegeu quem buscou o gol incessantemente durante os 180 minutos da classificação.

    Não é de hoje que a covardia impera contra o Flamengo. Os times se fecham com sete cadeados, sonhando com um contra-ataque fatal, que lhes dê a vitória. E ontem, não foi diferente.

    E quem acredita que jogar de 3 e 3 dias seguidamente não provoca nenhum desgaste físico, por certo dificilmente tenha calçado uma chuteira e corrido 90 minutos atrás de uma bola, ou então, teve o privilegio de ter uma estrutura física e um fôlego descomunais.

    Dessa forma, correta a decisão de poupar os titulares no jogo contra a Chapecoense, apesar da importância dos 3 pontos e da liderança.

    No mais, só para lembrar que a Nivinha estava coberta de razão, quando desfraldou a bandeira do ingresso barato para as camadas populares dos torcedores flamenguistas, com a qual concordei e também defendi.

    Sempre Flamengo.

  • author avatar
    pedro rocha 5 meses ago Responder

    A grande boa notícia, pra mim, é que Everton Ribeiro está voltando ao alto nível.
    Paquetá e Vinícius estavam pregados ontem. Tudo bem. Quarta estarão voando.
    Renê, se não é o lateral dos sonhos, pelo menos é decente. Passa por média, com esforço.

  • author avatar
    Eduardo 5 meses ago Responder

    Arthur, vc é foda. Belo texto novamente. Parabéns.

  • author avatar
    Vagner BSB- SSA 5 meses ago Responder

    Sem surpresas…

    Arthur já soltou a real sobre o jogo de ontem: cansaço e mais cansaço.
    Apesar de ter muito torcedor que acha que jogar pelada no final de semana tem a mesma exigência física que um jogo profissional, e que é possível jogar 3 “partidas” seguidas sem prejudicar o expediente no dia seguinte, não é bem assim no mundo real.

    Ainda mais com a correria do futebol atual.
    Tanto é assim que domingo teremos um time totalmente reserva contra a Chapecoense. E, mesmo nessas condições, a obrigação de vencer continua sendo nossa.

    Chance de ver Marlos Moreno jogando 90 minutos e provando (se Deus quiser) que é muito mais produtivo que o Geuvânio.
    E que Jean Lucas não pode mais deixar de ser o que já é: primeira opção pra entrar no meio-campo do time.

    No mais, é descansar os jogadores principais para o principal joio do semestre. E que esse jogo contra o Emelec seja, de fato, o jogo do semestre. Ninguém esse título de importância para a partida em Buenos Aires contra o River Plate.

    E que o jogo que encerra a fase de grupos seja apenas pra determinar quem será o 1° colocado do grupo.
    Emoções como as do ano passado estão totalmente fora de questão. Quero planejar como será a fase de mata-mata da Libertadores, jamais a da Sulamericana.

    SRN a todos!!

  • author avatar
    Carlos Moraes 5 meses ago Responder

    Òtimo artigo para um péssimo jogo !

    Não gosto de ^inventar^ justificativas. Cansaço, porra nenhuma ! Afinal de contas, dos três em três dias, também a Ponte, com a agravante de ter disputado a porra do ^derby^ (invenção horrorosa da paulistada), jogo máximo para eles, também atuou.

    Jogou mal – muito mal, mesmo – por se tratar de um time em formação, nesta escalação e com este técnico.
    Talvez o verdadeiro motivo seja aquele que não queremos que seja – time em formação, com muitas deficiências.

    Em suma, vamos ter muito cuidado em carregar o andor, eis que o Santo …

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    PS – 180 minutos contra um time da Segundona, com UM só gol e com a trave a nosso favor é prá lá de preocupante.

    • author avatar
      Legolas 5 meses ago Responder

      Mestre Moraes, estou de acordo. Mas, apenas um detalhe, mais uma curiosidade: salvo engano, o Derby é o clássico disputado entre Corinthians e Palmeiras. Assim como no RJ tem o clássico vovô e por aí vai. Acho que não se aplica a todos os jogos difíceis não. Alguém aí de SP ou que tenha certeza pode confirmar.

      Abraços

      SRN

      • author avatar
        Carlos Moraes 5 meses ago Responder

        A crônica de lá é até pior do que a de cá.

        DERBY, que para mim, assim como para o Áureo, foi (já não é mais, passou o tesão) o de Epson, ^do Universo^, seria mesmo o jogo do próximo domingo, mas não nos esqueçamos do Derby campíneiro, jogado no último sábado, com 3 x 2 para a Macaca (outra gracinha da paulistada).

        Fraternas SRN
        FLAMENGO SEMPRE

        • author avatar
          Legolas 5 meses ago Responder

          Esquecer o derbi campineiro? Jamais.

          Nem sabia que existia, hehehe.

          Abraços.

          Fraternas SRN

        • author avatar
          Aureo Rocha 5 meses ago Responder

          Carlos Moraes,

          uma curiosidade: o Derby de Epsom foi a competição que criou o nome derby para os confrontos relevantes (e irrelevantes) em todos os esportes. O primeiro aconteceu no ano de 1780. (Wikipédia)

          SRN!

          • author avatar
            Xisto Beldroegas 5 meses ago

            Esse negócio de “derby” parece coisa de viado…ou de paulista, aquele povo esquisito que fica ali…sei lá.

  • author avatar
    Bruno Melo 5 meses ago Responder

    Pô Muhlenberg!
    Ri alto no ônibus com primeiro parágrafo.
    Não vi o jogo. E pelo que ouvi, me parece que descreveste fielmente.

    Saúde e paz.
    SRN

  • author avatar
    CHACAL 5 meses ago Responder

    grande mestre,

    tbm achei que o empate foi culpa do cansaco,agora a simples entrada do guerreiro muda a porra toda.
    time mesmo cansado correu mais com o seu peru em campo.

    vou desfalcar a torcida nesses dois proximos jogos…
    tomara que na volta eu encontre o time ainda invicto e lider do brasileiro,de preferencia com duas vitorias.

    SRN !!!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta para Carlos Moraes Cancelar resposta