República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Lugar de caneco é de frente pra lagoa.

Por | 26 de janeiro de 2015
Samito
13 Comments
  • author avatar
    Millena 6 anos ago Responder

    De loin, on dirait un cabas de plage, par sa forme, comme par ses grimsahpes aux inspirations Mayas. De plus pre8s, on remarque la pre9cisosite9 de sa matie8re : du pyhon ve9ritable. Le0, on sait qu’on a affaire e0 un bijou Antik Batik. On aime le contraste des genres, comme sait si bien faire la griffe frane7aise. Le haut est ferme9 par un top magne9tique, et e0 l’inte9rieur, une poche zippe9e vous permet de ranger ce que vous avez de plus pre9cieux.

  • author avatar

    Quanto a base do Flamengo especificamente, acho muito mal gerida, times de base não deveriam ter “obrigação” de ganhar títulos, deviam trabalhar o potencial técnico dos jogadores sempre visando o padrão tático do time de cima, essa mentalidade atual Brasileira é terrível, mata os talentos, muito por culpa da própria torcida que endeusa qualquer perna de pau que faz uma boa jogada e sobe para a base, da Copinha mesmo vi vários jogadores que achei que dariam “caldo”, César, Frauches, Muralha, Lorran o Thomás, os demais eram todos jogadores promissores, que pelo menos achei que renderiam alguns trocados ao clube, desses quase todos já foram embora, ou são sub-aproveitados, a nossa base tem que ser MUITO bem cuidada pela Nova Diretoria.
    Algo de diferente e uma mudança drástica tem que ser feita em nossa divisão de base.

    SRN

  • author avatar
    Carlos_SP 6 anos ago Responder

    Murtinho, concordo com você . Tanto no post como no esclarecimento a posteriori. Camarada entra na base do Fla e acha que é superior aos outros por conta da camisa. Tipo, cheguei no topo, estou no Fla e agora é relaxar e auferir os bônus. A humildade se vai e resta a soberba, que por conseguinte traz a falta de comprometimento e, finalmente, o descaminho e a perda da oportunidade. Para o clube, dinheiro investido que não retorna.

    Fica um ponto, esses jogadores da base são meninos, como fomos nós um dia. O fato de subir a cabeça por estar no Flamengo é até compreensível nessa idade, porém o clube tem que ter uma gestão de base competente e dedicada para lidar com isso. Talvez, digo talvez pois não sei o que acontece nos bastidores do clube, aquele desmonte e remontagem da estrutura de gestão da base que gerou tanto blá, blá, blá aqui até de comentaristas mais assíduos, tenha vindo por motivos como esse. Não faria sentido isso?

    SRN

  • author avatar

    Conforme prometido – aqui é Flamengo, porra, não tem gracinha não – segue o comentário do comentário. Agradeço ao Alessandro, ao Eduardo, ao Alexandre e ao Carlos Alberto pela participação, mas a resposta vai para um tema que aparece nos comentários do Chacal, do Carlos Moraes e do Willames: Luiz Antonio – embora talvez seja melhor tratar da base como um todo.

    Ontem à noite, no canal Fox Sports, o presidente Eduardo Bandeira de Mello falou rapidamente sobre a inegável deterioração do trabalho de base no Flamengo. Eu confesso que dei uma desencanada com a nossa base quando vi, numa partida contra o Botafogo, o Thomás (então com 18 ou 19 anos) perder uma bola na corrida para o Seedorf (com o dobro da idade). Ali, parei.

    Ok, há tempos nossa base não forma um craque, mas há vários caras que poderiam ajudar o time muito mais do que fazem ou fizeram. Creio que há um componente psicológico, meio que de formação moral mesmo, que não vem sendo trabalhado adequadamente. Por outro lado, todo o trabalho de base no Brasil precisa ser revisto, pois montou-se uma lógica ilógica.

    Outro dia vi uma reportagem enaltecendo o investimento na base feito pelo Fluminense, devido a uma arrecadação de 28 milhões com a venda de jogadores. Só que, no futebol moderno, as coisas funcionam de um jeito estranho e perverso. O clube forma. Não tem como manter. Vende. Aí não tem time. Vai no mercado e compra. Lusitano isso, não? É o cachorro querendo morder o próprio rabo. O Corinthians acaba de conquistar o título da Copinha pela nona vez. Mas peguem o time do Corinthians que ganhou a Libertadores e o Mundial em 2012, não há um só jogador feito em casa. A base não é mais para forjar ídolos, mas para gerar receita. Que depois tem que ser usada para trazer um jogador que substitua aquele que surgiu na base e foi embora. Vai entender.

    Voltando ao começo: Luiz Antonio nunca vai ser craque e jamais será mau jogador. Entretanto, poderia crescer, mostrar vontade e comprometimento – sempre, e não apenas quando der na telha – e cair nas graças da torcida. Mas fica a impressão de que, para a molecada do Flamengo, basta vestir nossa bela camisa pra virar craque, e não é bem assim.

    Serve pra ele e para muitos outros, e é uma pena.

    Abraços em todos.

    • author avatar
      carlos moraes 6 anos ago Responder

      Excelente comentário do comentário !
      PALMAS DE PÉ, GRITANDO BRAVOS !
      Os problemas são exatamente estes que você apontou, ou seja, formar jogadores, quase nunca para o time, mas para ganhar dinheiro.
      A gestão do futebbol brasileiro, está , de há muito, péssima, a començar, é óbvio, pela própria CBF, que nada faz para ajudar os clubes, embora arrecade um porrilhão com a sua Seleção, que, nos dias de hoje, tornou-se praticamente desprezível para a torcida, bem diferente do que acontecia pelo menos até a Seleção de 1982 (voa canarinho, voa etc etc eccou por todo o Brasil), como o foi de 50 até 70.
      Bem diferente do Corinthians, o nosso time de 81, COMO REITERADAMENTE COLOCO ONDE POSSO, era praticamente TODO oriundo da BASE, onde havia SETE titulares (o Nunes, sinceramente, para mim, não é) e os reservas Cantarelli e Figueiredo, sendo que este seria o titular, nnão fosse uma contusão da qual não estava totalmente recuperado, pelo que ficou no banco.
      Foi algo FANTÁSTICO, nunca visto no Mundo, pois mesmo o recente time do Barcelona, com vários jogadores da base, não tinha tantos.
      Reformular a política esportiva, parece-me fundamental, pois, em caso contrário, continuaremos a ver o nosso Brasileirão brigando com a SEGUNDA DIVISÃO da Inglaterra, no que diz respeito a público, pois, em rentabilidade, creio que já está perdendo.
      Abraços e parabéns.
      Sinceras SRN
      FLAMENGO SEMPRE
      PS – estou na expectativa de novo artigo seu, que se me parece uma ^aquisição sensacional conseguida pelo Arthursão.

  • author avatar
    chacal 6 anos ago Responder

    murtinho

    vc lembrou bem,o flamengo não deu espaços para o são paulo e a zaga se comportou muito bem…sem sustos !
    coisa normal até bem pouco tempo…méritos do luxa !
    gostei do arthur maia ,uma luz no fim do túnel.
    o luiz antonio não joga porra nenhuma a um cacetão de tempo,mas ontem arrebentou !
    a baixa da partida foi o tal do cirino…logo ele que custou uma baba(16 milhões)tá devendo.

    SRN !

  • author avatar
    Alessandro Matos 6 anos ago Responder

    Frescatto, kkkkkkk, acho que essa vai ser a piada do ano, não tem como não ser só se o vascalhada fosse patrocinado pelo GTA VICE CITY , ai meu irmão seria cúmulo da sacanagem, kkkkkkk

    • author avatar
      chacal 6 anos ago Responder

      alessandro e amigos,

      que tal no jogo contra as bibas , agente gritar bem alto FRESCATTO,FRESCATTO !!!

      SRN !!!

  • author avatar
    Eduardo 6 anos ago Responder

    Bela definição do Alexandre Pato, que serve também para o Leandro Damião, eles quase fazem muitos gols.

  • author avatar
    carlos moraes 6 anos ago Responder

    Somente posso escrever uma coisa.
    Estou de pleno acordo.
    De acordo com as restrições aos sampaulinos , aos elogios à dupla Wallace e Samir, especialmente este, tanto na defesa, mais ainda pelo gol que marcou, como também o Arthur Maia deixou-me bem esperançoso com o seu futebol.
    Não poderia deixar de acrescentar o nome do Luis Antônio, embora, via de regra, faça restrições a este jogador.
    Ontem, não~
    Entrou, faltando uns 20 minutos , e fez mais do que o Everton e o Cirino (um lindo chute, obrigando o Ceni à defesa mais difícil de todo o jogo), além da extraordinária jogada do gol, ensinando ao Léo Moura e ao Pará (este está sumidinho, sumidinho, assim como o Thalison) como deve atuar um lateral direito.
    Felizes SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Willames Diniz 6 anos ago Responder

    O Luiz Antônio entrou muito bem, vale dizer.

  • author avatar
    Alexandre Greco 6 anos ago Responder

    Fomos até o Amazonas buscar essa taça que, sem dúvidas, fica bem bonitona ali na gávea. E tomara que esse campeonato continue para, além de justificar a existência dessas arenas afrescalhadas, movimentar mais essas pré temporadas. Pro mengão esses jogos foram excelentes. Vamos seguir que 2015 promete…

  • author avatar
    Carlos Alberto Costa Campos 6 anos ago Responder

    Frescatto???

    Bota “Fresco” nisso meu amigo!!!!

    Rsrsrsrsrsrs

    Salve Jorge!!!

    Grande Abraço.
    Carlos Campos,

Deixe seu comentário