República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

In Murum Mentiri

Por | 24 de maio de 2019
Imagem do livro Xarpi. Foto: Celso Meira, 1986 / Agência O Globo
9 Comments
  • author avatar
    Eduardo Gil Ramos de Andrade 3 meses ago Responder

    Acrescenta aí Fora Telê!!

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 3 meses ago Responder

    As frases todas muito boas, Flamego em estado puro , refletindo suas várias épocas, e, infelizmente, a maioria coberta de amargura, o que não poderia ser diferente, já que as frases são de protesto . Flamengo é isso mesmo, inconstância, sofrimento, nunca está satisfeito ( graças a Deus). Hoje, por exemplo, o jogo de logo mais com esse rubro-negro de segunda, desbotado, digno representante de mais um genérico do B que pululam por aí brasis afora. Esse tal presidente deles, mais um demente ( a rima foi involuntária) mandando no bananão, que odeia o verdadeiro rubro-negro, já pensou até em mudar de cor da camisa lá do timeco dele, cometeu a sandice de colocar um h fora do lugar onde deveria estar que obviamente todos nos sabemos em que anatomia do dito cujo deveria estar. Pois não é que esse time que usurpa nosso glorioso bicolorismo não nos deixa sossegado, ano passado perdemos as duas, uma aqui em pleno Maracanã, o time já em ascensão sob Dorival Jr. ( aliás, por que tiraram o cara?, mais uma idiossincrasia típica flamenga) Sabendo disso vou deixar meu armário e voltar para minha tumba ( não me conformo com a ideia do Abel ter deixado a dele), simplesmente “não quero nem ver”, com a voz metálica do Ary Barroso buzinando ( ou melhor, gongando) em meus ouvidos lá vou eu com minha flautinha, eu metido a Hamelin redivivo, seguido de meus ratinhos de estimação, Teacher’s debaixo do braço, cartela de Rivotril no bolso da camisa. Não quero ouvir os vizinhos berrando, pois fico confuso, porque na redondeza tem muito arco-íris e eles urram como feras enjauladas a cada gol do adeversário do Mengão. Boa sorte para todos.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Deve ter sido um jogo tenso, Xisto! SRN

  • author avatar
    Rasiko 3 meses ago Responder

    O time de basquete do Flamengo acaba de perder pro Franca por causa da burrice incompreensível do seu técnico, Gustavo Conti, o Gustavinho, que colocou o Varejão, com aquele tamanho todo, marcando o armador adversário no meio da quadra e deixando o garrafão desguarnecido. E isso que chegamos a abrir 17 pontos de vantagem no 1º quarto. Agora vai ser osso. Temos que ganhar no Maracanãzinho e repetir a dose em Franca sob pressão. Ainda não entendi porque dispensaram o José Neto, um técnico multi-campeão e auxiliar-técnico da seleção.

    srn p&a

  • author avatar
    Rasiko 3 meses ago Responder

    Não sei se o Dunlop é tão bom de papo quanto de crônica, talvez seja exigir demais, mas na crônica o cara arrebenta!

    #foraabellandimbaplandimabelbap – Assim, duas vezes cada um pra não ter dúvida. Mostraram em pouco tempo o quanto são figuras maléficas pro Flamengo, embora o sucesso de um seja fundamental pro outro. E é aí que mora o problema: os dirigentes são despreparados e não me refiro só à imbecilidade do Cacau Cotta, um cara que não tem a menor condição de exercer qualquer cargo de responsabilidade numa instituição gigante como o C.R.Flamengo que ambiciona estar entre os maiores do mundo. Esse cara é uma besta! Landim fez acordos e conchavos pra ganhar as eleições, todo mundo sabe, e agora fica enrolado nessa teia. É assim, via assessores sem nenhuma intimidade com a inteligência, que os governos caem.

    Mais uma jóia desponta na ouriversaria rubro-negra: Rodrigo Muniz, 18 anos, mais do que pronto pra estrear no time de cima. Assim como o Reinier. Bota os meninos pra jogar. Pode ser até uma crença infundada, mas a história mostra que os grandes times do Flamengo sempre foram formados na base, onde garotos – como Zico e Adílio, Leandro e Júnior, Dida e Babá, Moacir e Henrique, Jadir, um dos melhores zagueiros que vi jogar entre tantos outros grandes zagueiros – foram revelados e mesmo outros, como Evaristo, saíram de seus clubes de origem para os bancos de reserva e só depois se tornaram titulares. A formação foi rubro-negra.

    Minha sugestão é remontar o time titular num projeto de 1(um) ano – 2020 – trazendo de volta os jogadores da base que foram vendidos pra Europa, como Paquetá, Vinícius Jr., Samir (dizem estar jogando um bolão na lateral-esquerda da Udinese), Jorge (leio comentários positivos sobre suas atuações no Santos). Vizeu pode ficar lá pelo Grêmio. Junta com Léo Duarte, Thuller, Ronaldo, Lincoln, Vitor Gabriel, Bill (acho que esse vai dar o que falar), Hugo Moura (joga muito), Daniel Cabral (joga demais, se entrar e jogar o que sabe, não sai mais), o já citado Rodrigo Muniz (tá voando) e last but not least, César tá sendo uma grande segurança no gol, muito mais que o Diego Alves. A titularidade deste é injusta e é assim que o Abel perde ponto. Tem também o outro jovem goleiro que foi convocado pra seleção principal pra ganhar experiência, entrosamento, traquejo, essas coisas, já que não é bem visto ser muito espontâneo e à vontade. Media-training is needed.

    É um projeto pra ganhar tudo. Dedicação total, empenho à beira do exagero e comprometimento sagrado. Ninguém pode pisar na bola. Pisou, rua. Sem clemência e inúteis apelos. À medida que dou corda na minha fantasia, vejo filas intermináveis dos melhores craques do planeta-futebol pegando a senha pra participar desse projeto. É projeto pra unir futebol-arte com ciência, tecnologia e inteligência artificial. Um timaço formado na base do Flamengo encanta o mundo com seus jogadores atuando em perfeita sincronia e proximidade nas triangulações e lançamentos encenando um balé com a bola nos pés até chegar ao gol adversário finalizando com arremates indefensáveis, o que, automaticamente, elimina o nome de Gabriel Barbosa da lista de convocados e de candidatos a uma possível vaga. Não, pra ele não tem. Pereba não me engana. Ele foi esperto, jogou pra torcida desde o início e se deu bem. Quer dizer, não durou muito, apenas estendeu um pouco seu prazo de validade. A torcida é besta mas não é burra.

    Ficariam os que não são oriundos do Ninho,como Cuellar, BHenrique, Arrascaeta, Diego, Trauco, Berrío (quando houver avenida a explorar), Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Vitinho, os prováveis Rafinha e Jemerson e quem mais for agregado com a mínima garantia de retorno no alto investimento.

    O problema atual do Flamengo está na cabeça estreita deserta de ideias criativas e eficientes dos seus dirigentes. Como se não fosse bastante, já que não têm talento nem inteligência visionária, invertem a polaridade e metralham as próprias patas.

    É triste ver o Flamengo, o meu Flamengo – que só de pronunciar o nome, de ver ele impresso na tela, só isso é suficiente pra me fazer sentir uma emoção agradável- entregue a esses filasdasputas pra eles fazerem merda.

    Porra, eu até gostaria de experimentar o sentimento de apoiar um governo. Qualquer governo. De um país ou de um clube. Mas é impressionante a incapacidade de lidar com o poder que o homem demonstra quando sobe na pirâmide social. Ele rapidamente fica dominado pelas benesses do poder e, como um vício irreversível, sua ambição, que estava adormecida, é estimulada e não para mais. Só espero que as questões financeiras não sejam afetadas e continuemos enriquecendo. O resto, de um jeito ou de outro, vai se levando. O que não pode é virar uma vasca qualquer.

    srn p&a

  • author avatar
    Aureo Rocha 3 meses ago Responder

    Fora Rudolf Landim

    • author avatar
      Rasiko 3 meses ago Responder

      #FORARUINDOLFLANDIM

      #FORACACAUDISCOSTAS

      #FORABAP

      #FORAABEL

      #FORARODINEY

      #FORAPARÁ

      #FORAGABRIELBARBOSA

      #TALVEZFORARENÊ

      #FORARODHOLFO

      ………………………………………………

  • author avatar
    Marcos 3 meses ago Responder

    Kkkkkkkkkkkk que eu me lembre é a primeira vez que me escangalho de rir só lendo o título do post…outra pérola desse tal de Dunlop!

  • author avatar
    Carlos Moraes 3 meses ago Responder

    Porra, pensei-pensei, qual seria a melhor, já que TODAS são ótimas.

    Como foi a última que li, fico com ela. Genial !

    ^Mickey é o cacete. Vaagabundo tá é pluto com os patetas^.

    ^Vagabundo^ me lembra Carlitos (o Chaplin, não o Rocha, aqui muito citado, ultimamente), Carlitos me lembra genialidade, genialidade me lembra o Zico, Zico me lembra que os ^patetas^ pagam as contas, mas fodem com a paciência dos torcedores.

    Admito, estou ^pluto com os patetas^.

    Emputecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

Deixe seu comentário