República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Flamengo Preocupa

Por | 20 de março de 2019
capa
17 Comments
  • author avatar
    Carlos Moraes 3 meses ago Responder

    A maioria, pela juventude (mesmo que relativa …), não pode se lembrar.

    O Millor Fernandes, insuperável na ironia, mantinha na então grande revista ^O Cruzeiro^ uma seção, usando o pseudônimo de Vão Gogô.
    Havia, entre muitas outras, uma coluna chamada de ^Ministério das Perguntas Cretinas^, que consagrava aquelas perguntas que, se feitas, todo o mundo já saberia a resposta.

    Lembrei-me da mesma na noite de ontem, quando do nosso primeiro gol, aquele do impedidaço-aço-aço.

    Fica a pergunta no ar.
    Será que o árbitro e seu auxiliar do nosso jogo contra o Madureira irão também ser suspensos pela Ferj, como aconteceu com seus colegas do jogo contra o Volta Redonda (Int.)

    Cartas para a redação.

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Rasiko 3 meses ago Responder

      Claro que não! Por uma questão de justiça cósmica só podem ser punidos os que prejudicam o Flamengo.

      Falando em justiça terrena, estou aqui bebemorando a prisão do Temer e de saber que o próximo é o meu amigo de adolescência, Moreira Franco, cuja namorada comi atrás de uma coluna num baile de formatura no Fluminense.

      A seu favor preciso esclarecer que ele não estava no baile e nunca soube.

      Mais tarde, já casado com a neta do Getúlio, foi pego em flagrante com seu assessor, ambos pelados.

      Wellington (que é como eu o chamava) argumentou que estava muito quente naquele dia, mas Celina, a neta, depois de ponderar durante um mês, entendeu que o arrazoado não era sólido e, para evitar fofocas palacianas mais contundentes, resolveu, de forma unilateral, encerrar o contrato vigente à época.

      A Vida é justa.

      • author avatar
        Xisto Beldroegas 3 meses ago Responder

        Cirandinha:
        O Moreira Franco, segundo Brizola, Gato Angorá, que segundo o ACM, popular Tuninho Malvadeza, “não podia ver um cofre”, e, ao que tudo indica, até hoje ele cultua essa mania, o Wellington, segundo Raziko, que também, segundo Brizola, era o genro do genro, e, portanto, o Rodrigo Maia, vem a ser genro do genro do genro.

        • author avatar
          Carlos Moraes 3 meses ago Responder

          Muito boa esta, Xisto.

          Também conheci o Gato Angorá (Brizola fantástico !) quando éramos jovens.

          Fazia questão de parecer de esquerda, sendo que, como tal, foi eleito Prefeito de Nichteroy.

          De populista só tinha o casamento com a Celina Vargas do Amaral Peixoto, filha do Almirante e da Alzirinha.

          Na primeira oportunidade, bandeou-se para o lado do Sarney e acabou eleito Governador do Rio, derrotando um dos mais preparados, inteligentes, humanistas do País, o incomparável Darcy Ribeiro.

          É, a vida dá voltas.

          Outras devem acontecer.

          • author avatar
            Carlos Moraes 3 meses ago

            Para que não paire a menor dúvida.

            Por mais que, pessoalmente, tenha profunda ojeriza ao Presidente Temer e ao Gato Angorá, não posso aplaudir a decisão ontem exarada, que, além do mais, procura, a meu ver, enfrentar a recente decisão do STF.
            Há, na hipótese, e de forma bastante clara, crime eleitoral, pois pretendia-se também dar apoio financeiro à campanha do então PMDB de 2014, além de faltarem elementos concretos para se determinar a prisão preventiva.

            É como penso, mas há que se aguardar o entendimento do TRF-2, onde, acredito, ocorra o atendimento do HC impetrado.

          • author avatar
            Rasiko 3 meses ago

            Como, de fato, respeito vc, e o seu conhecimento jurídico, não entendo como pode ser exagerado um bandido como o Temer ser preso depois de contundentes provas do Ministério Público, embora não conheça as filigranas, entrelinhas invisíveis e outros que tais.

            Como acho a democracia uma balela, conversa pra boi dormir e colchão d’água pra pilantra se deitar – inclusive nos Estados Unidos, que conheço bem -, sou a favor da ditadura da inteligência e da boa intenção.

            Sem essa papagaiada de eleição onde qualquer gangster como Collor, FHC, Lula, Dilma e Bolsonaro se elege com os dois pés nas costas. E isso vale pros presidentes do Flamengo também.

            O povo é imbecil além do razoável pra saber escolher e muito menos votar, já dizia o Pelé na única vez que alguma coisa que preste saiu daquela boca.

      • author avatar
        Aureo Rocha 3 meses ago Responder

        Rasiko, confirma aí. Esse assessor por acaso era o José Augusto Guimarães?

        Na época em que o Gato Angorá foi Prefeito de Niterói, a minha vizinha aqui de São Gonçalo, diziam as más línguas que o José Augusto, que foi meu colega de turma da Nacional de Direito, andava de namoros com ele.

        Eu sempre tive curiosidade de saber se isso era mesmo verdade.

        Agora, o que tem na realidade de ficar registrado para a História foi a canalhice de o Gato Angorá desativar todo o sistema de educação integral, elaborado pelo Darcy Ribeiro, ao assumir o governo do Estado.

        • author avatar
          João Neto 3 meses ago Responder

          E eu aqui no meu cantinho só atualizando a verdadeira história do Brasil. Essa conversa está melhor do que um bate papo de botequim.

          Ah, uma gelada!

        • author avatar
          Rasiko 3 meses ago Responder

          Áureo, só sei que o apelido do dito cujo era Jegue. Pra JAG falta pouco. Pra Jeba de Jegue não falta nada.

        • author avatar
          Xisto Beldroegas 3 meses ago Responder

          E como consequência desse crime hediondo deveriam colocar na conta de crimes do Gato Angorá e/ou Genro do genro e/ou “não pode ver um cofre” a criação de centenas de menores delinquentes e em tempo a paralisação das obras do Metrô. É muito crime para um gato só.

  • author avatar
    GILBERTO T. SANTOS 3 meses ago Responder

    Preocupante mesmo é a repetição de problemas, incluindo as escalações sempre dos mesmos Pará, Renê, Aarão, Diego, etc, então como dizia Einstein: insanidade é continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes, ora, tomar como uma base o time do ano passado, que não ganhou nada, é repetir o mesmo erro nesse ano, até a falta de contundência não é nova, o tal do arame liso está se tornando uma característica desse time, e o pior é que o Abel está cometendo os mesmos erros dos treinadores anteriores, parece ter sido cooptado pela panela…
    E nem se pode dizer que o Abel não tem um elenco, o elenco tem carências em algumas posições, mas, ele insiste com peças que nunca deram certo e tudo indica que teremos mais do mesmo em 2019 se continuar esse filme que todo mundo já conhece, o tal do cheirinho que nunca deu em nada e que insiste em permanecer…
    Isso que dá a barca não ter zarpado…
    E a falta de seriedade continua, um oba-oba eterno, sem motivo, dancinhas, cabelinhos pintados, máscara total de alguns jogadores e ex-jogadores como o Diego, por exemplo, que deveriam ter vergonha de não ter um custo/benefício á altura de jogador do Flamengo e mesmo assim cagar e andar para perda de títulos em profusão e jogar fazendo firulas ao invés de objetivamente e com a seriedade necessária para competir e conquistar taças e títulos, coisa cada vez mais rara em se tratando do Flamengo atual, lamentável isso!!!
    SRN!!!

  • author avatar
    FRED K. CHAGAS pau na moleira dos comunas 3 meses ago Responder

    gostei do ‘sangue ruim’. hahahahahaha

  • author avatar
    eduardo leao salles 3 meses ago Responder

    Também notei esse detalhe do R. Caio apontando um lugar para o Juan se posicionar.
    É a vida ……

  • author avatar
    Rasiko 3 meses ago Responder

    O Flamengo gastou mais de 100 milhas em jogadores que, se não são perebas, não passam de medíocres.

    E ainda pensam em contratar o Gabigol, jogador que foi dispensado do Benfica e aqui ganha status de ídolo mesmo perdendo um trem de gols fáceis como ontem.

    Tudo indica que o Bruno Henrique voltou ao normal. Foi o 2º jogo seguido que morri de saudades do Vitinho e isso é grave.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 3 meses ago Responder

    Na verdade o atual Flamengo está jogando o que se joga no Brasil e de resto aqui no América do Sul. Dá dó quando a gente vê um jogo em campeonato europeu por mais relés que seja e compara, é de sentar no meio-fio e verter lágrimas nelsonrodrigueanas. Eu, masoquista profissional, fico me perguntando quando vejo um jogo da segunda divisão inglesa, escolho aleatoriamente um dos times e pergunto: será que o Flamengo venceria esse timeco aí, a constatação é trágica, já se vê. A gente já começa a ter um choque quando vê aqueles gramados de um verde inacreditável, a bola parece que corre numa mesa de bilhar, deslizando com suaves curvas, mesmo nos passes mais despretensiosos e parece que obedece (ou ajuda)mais ao autor por mais caneludo que seja. Já no Maracanã… Portanto, há que se consolar com o máxima cretina: estamos jogando mal, mas estamos ganhando e isso é que interessa.

  • author avatar
    João Neto 3 meses ago Responder

    Assistindo, despretensiosamente, o programa do?Gutierrez ( quadro Fala Muito), ia ser entrevistado o ex-jogador Belleti, a quem nunca dei muito valor até então conhecer a sua história no mundo do futebol. Honestamente, retratou a sorte e a sua maior companheira para vencer o parco conhecimento técnico : A Determinação. Para vencer no competitivo e ilusório ambiente, aliou a força física e a obediência tática para servir de referência aos vários treinadores a quem colaborou. Ganhou inúmeros títulos. Fez parte de planteis vencedores compostos por craques que abdicavam do individual para o jogo coletivo. Sem nunca fraquejar no preparo físico. Os que fraquejaram por vários motivos, foram excluídos do competitivo e rico mundo, caindo no ostracismo.

    O que vejo no Flamengo e exatamente a falta de obediência tática e o despreparo físico. A grosso modo, esse elenco não treina. Lembra a Seleção Brasileira de 2006, cujos expoentes achavam que só pelo nome ganhariam a Copa. Ledo engano. A Itália com sua obediência tática, física e técnica surpreendeu.

    Parece implicância de minha parte, mas quando observo o desempenho de Everton Ribeiro, me deixa furioso ao observar um jogador que se arrasta em campo. Parece um idoso. Cansado. Esperando sempre um jogador adversário encostar para se projetar ao solo para a marcação de uma falta. Fora o inúmeros erros de finalizações bisonhas. Fruto de quem não treina.

    Hoje, valorizo a rica trajetória de Belleti. Me faz lembrar do Flamengo sem grife. Que fazia da técnica e da raça sem maiores trunfos.

    SRN

  • author avatar
    pedro rocha 3 meses ago Responder

    Viva Juan! Muito ídolo!

Deixe seu comentário