República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Flamengo Eu Sou #32

Por | 1 de agosto de 2017
7 Comments
  • author avatar
    Xisto Beldroegas 3 anos ago Responder

    Eu que pauto(é pauto, revisor, não puto, que aliás estou, pra variar), essa minha vida (ou morte?, pois tudo isso que chamamos viver pode ser já é “vida” do outro lado e como tudo na vida ( ou morte ) é rótulo, nós pretensiosos que somos, achamos que “estamos vivos”. Pura convenção, já se vê). Eu de minha parte sou fruto de uma genial ficção, e estou muito satisfeito, mesmo com sofrimentos indizíveis, pelo simples fato de ser Flamengo. Masoquismo existe nos vivos e nos mortos. Bem, elucubrações me fizeram perder o fio da meada (novamente, revisor, é meada, não merda, que aliás está condizente com mais essa derrota), mas retomo: que porra de pensamento passa na cabeça do nosso Zé do olhar perdido? Pará e Rondinei se equivalem, são duas bostas, tudo bem, porra, se um já tinha o cartão amarelo, por que não antecipar logo a entrada do Pará, para previnir uma possível expulsão? Cartas pra redação desse blog cada vez mais bissexto.

  • author avatar
    Sampaio 3 anos ago Responder

    Não sou um grande crítico do trabalho que está sendo feito no atual Flamengo, mas, hoje, temos que reconhecer: O TIME FOI MAL DEMAIS. Cansamos de ter a bola do jogo nos pés, o domínio da jogada e não desenvolvemos.
    Não sei se é orientação do técnico, nem de onde vem essa mania DESGRAÇADA de chegar na boca da área e voltar a jogada toda de novo. Não sei de onde vem essa estratégia de na cobrança de escanteio RECUAR A BOLA lá pro meio de campo, será que é pra ganhar tempo? que desgraça! Desgraça, desgraça, mil vezes porra!

    Estou cansado de só ter posse de bola e não ganhar jogo. De apenas “jogarmos bem” e não definirmos. Futebol é vitórias! é fazer mais gols que o adversário! Essa mania fodida de ficar amarrando o jogo em vez de tentar jogadas decisivas é altamente equivocada. Pensa-se estar ganhando tempo, posse de bola, mas se esquece do objetivo do desporto chamado futebol: o gol. A meta! Porque será que é chamado assim?

    Baixaria um decreto determinando que toda jogada que chegasse na área deveria terminar em chute a gol, cruzamento ou passe para a frente!

    Que todo contra-ataque deveria fazer jus ao nome, sendo rápido, para aproveitar brechas da defesa adversária, e não lento, pra esperar o outro time se recompor todinho.

    Esses erros flamengos estão sendo irritantes!

    O time também errou muito. DIEGO ALVES tá se mostrando ser apenas mais um goleiro. Pior, ainda está repetindo os mesmos eeros que nos fizeram criar ojeriza a Alex Muralha. Repõe a bola malmente, tenta fazer jogadinha de efeito driblando atacante (detesto isso), e até aqueles soquinhos na bola (típicos do camisa 38) deu ontem. Mas ao menos sai bem nos cruzamentos.

    ÉVERTON RIBEIRO, ao meu ver, ainda não pegou o ritmo do futebol brasileiro. Não adianta num lampejo fazer um belo gol, ou inverter bolas com plasticidade, se na entrada da área quando tem a chance de enfiar uma bola, e fazer uma jogada objetiva (que não precisa ser genial), uma tabela, um chute, fica ali sem objetividade. Mas está evoluindo e tem todo o crédito do mundo, ao meu ver.

    E quanto ao Zé Ricardo, que eu não costumo atacar, mas CARALHO, que porra de substituição foi aquela ontem???

    Tudo bem que o juiz, pressionado pela mídia, pendeu pro lado do Santos, num gol anulado duvidoso e numa expulsão altamente equivocada (falta no ataque em disputa de bola).

    Mas pra que tirou Diego? Tamos falando do nosso camisa 10! Dessa vez, ZÉ RICARDO, vc não teve defesa, nem a minha. PUTA QUE PARIU!

    Cara, se eu puder te dar um conselho, pare de maluquice. Se quiser ter vida longa no Flamengo, não queira ser mais um “Professor Pardal”. Faça o que é mais óbvio.

    Obs: É hora de dar reais chances a Vinícius Jr. Deixa o moleque jogar.
    Obs²: Porque Berrío não é titular? O cara sempre corresponde quando é acionado.

    Saudações Rubro Negras

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 3 anos ago Responder

    BUUUUUUUURRRRO…!

    Treinador estupido. Na expulsão do Rondinei o que faria uma criancinha treinadora de um sub- 05 qualquer? Tiraria o péssimo, sem nenhum brilho, Renê, e colocaria o Éverton, que por ali, joga muito mais do que os dois laterais que temos. O que fez o imbecil? Tirou o Diego, considerando mais importante em campo a presença de um jogador limitado, o horroroso, Renê, do que, propriamente, um dos craques do time que poderia, a qualquer momento, decidir o jogo e, que bem ou mal das suas últimas atuações, pesa a importância do respeito que impõe um jogador, diferenciado, dentro de uma partida de futebol. .

    Tô cansado de tudo isso…Ver um Zé Boceta sendo treinador do FLAMENGO, nem ânimo para escrever tenho mais…e agora, divago de tanta estupidez a que me esmorece. e anula, o meu fervor rubro-negro… !

    Chega…!

    Edvan-Alagoinhas-Ba.
    PS – DESGRAÇADO…!

  • author avatar
    Marco Gama 3 anos ago Responder

    Nivinha em Campos do Jordão, charme e beleza encontrando o glamour.

    SRN.

  • author avatar
    Carlos Moraes 3 anos ago Responder

    Nivinha, linda Musa !

    Desta vez, você exagerou e muito !
    Quem sabe estaria em companhias não muito condizentes …

    Dominamos o primeiro tempo, indago.
    Eles só chutaram uma bola em gol e logo fizeram, volto a indagar.
    Positivamente, vou mandar consertar a minha TV !
    De cara, vi ser anulado um gol gambalino de forma absurda.
    Há gols anulados e gols anulados.
    Os que geram dúvidas e os evidentemente por falha da arbitragem, às vezes até venal, como já sugeriu N vezes o nosso Presidente Banannovich de Melo !
    O mencionado se enquadra no último rol. O maior absurdo do Séc. XXI.
    Da nossa parte, um chute por desencargo de consciência do Guerrero e uma ^notável^ conclusão do Burocrata. Nada mais.

    Tudo bem.
    Jogamos muito bem na etapa final.
    Aí sim, dominamos o jogo e chegamos ao empate que, no frigir dos ovos, foi um resultado justo.
    A ser lamentada mais uma falha do Diego, que, após um penalty, perde uma conclusão quase tão fácil.

    Pior de tudo, permanecem os malditos DOZE pontos, mais QUATRO do Grêmio e DOIS dos Santos, além da chegada do Palmeiras.

    Resumo da ópera – temos que ganhar amanhã no Pacaembu. Novamente é quase tudo ou definitivamente nada.
    … e dá-lhe Patético …

    Saudosas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Nivinha 3 anos ago Responder

      Seu xará ahhahahahahahaha

    • author avatar
      Carlos_SP 3 anos ago Responder

      Me ajuda aí Xará….. kkkk. Agora Nivinha de boné dos Ramones, não tem preço… He, he..

      Valeu Xará e beijos Nivinha.

Deixe seu comentário