República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Flamengo Em Seu Estado Puro.

Por | 25 de setembro de 2016
19 Comments
  • author avatar

    Nivinha, esse é um vídeo perfeito. No seu canal tem alguns desses. Naturalidade, força, rubro-negrismo ao extremo e hino ao fundo terminando ao mesmo tempo que o vídeo. Não é coincidência. Tá tudo se encaixando. Tá tudo perfeito. Ah, e o número da perfeição é o 7. Não vou falar mais nada… SRN!

  • author avatar
    Red and Black Label 5 anos ago Responder

    Caiu em Cariacica, levou p…

    Com a devida vênia à opinião da maioria dos ilustres companheiros deste blog, apesar das cagadinhas contumazes, no meu modesto entendimento o Márcio Araujo é o Cara da cabeça de área, até que apareça um jogador com as mesmas características (poder de marcação com poucas faltas, velocidade e entrega) e com mais fundamentos e técnica. Para mim, prevalece a função no time que o jogador desempenha na equipe. No video game fica bem mais fácil adaptar jogadores…

    Saúde e Sorte

    • author avatar
      Carlos_SP 5 anos ago Responder

      Cuellar sempre foi cabeça de área. Onde há improviso com ele alí, como foi o jogo com o Figueirense, em que posição ele jogou???

      Acho que vou acertar meu video game, pq acho que tá qubrado.

      SRNs

      • author avatar
        Red and Black Label 5 anos ago Responder

        No meu videogame – na verdade, não jogo mais – o Cuellar seria 2º volante e ficaria exatamente onde o Zé o tem deixado: no banco, porque é lento e faz faltas em demasia perto da área, quando joga de cabeça de área.

        Saúde e Sorte

        • author avatar
          Raphael Veloso 5 anos ago Responder

          Fato que o Cuellar precisa de uma melhor condição técnica ou entendimento das coisas no Brasil. É um baita jogador mas sem muita inteligência tática e sem freio, se for lapidado com calma e parar de fazer faltas bobas, sobretudo próximas a área como o companheiro falou perfeitamente. Acredito também que o Flamengo hoje não tem condição de jogar sem um primeiro volante, nem que ele volte a ser o famigerado Vitor Cáceres…. A bola da vez é o Márcio Araújo, assim como foi Leandro Ávila, Aírton, e tantos outros nomes desde que me entendo por torcedor. Parabéns pelas postagens, o blog é simplesmente fantástico.

  • author avatar
    Vagner BSB - SSA 5 anos ago Responder

    Não vi o jogo…

    Infelizmente estava em deslocamento ontem na hora do jogo. Não tive nem mesmo como acompanhar os comentários da galera da Confraria pelo What´s app. E só fui descobrir o resultado do jogo em uma parada no meio do caminho.

    Entretanto, mesmo sem ter visto o jogo, é possível notar pelos comentários que o Flamengo foi macho, como sempre deveria ser.
    Tomou conta do jogo desde o início, mas não conseguiu abrir vantagem. E, mesmo depois de levar um gol na parte final do jogo, mostrou ainda mais força para conseguir tirar forças de onde não havia mais. E só isso, pra mim, é suficiente para dar parabéns para todos os envolvidos.

    Depois que eu vi a comemoração dos jogadores e da comissão técnica, ficou claro que o compromisso pelo título está ali. Cada um fazendo aquilo que lhes é pedido pelo Zé Ricardo. E todos muito satisfeitos em ajudar o Flamengo a chegar ao título. Ou melhor, aos títulos.

    O cansaço do time preocupa um pouco. Mas, como temos um jogo mais ou menos tranquilo no meio da semana, poderemos colocar a galera toda pra descansar e entrar em campo com um time misto (quase reserva) contra o Palestino.
    Pará, que não joga contra o São Paulo, deve ser aproveitado. Bem como outros jogadores que normalmente entram durante os jogos. É garantir a classificação e poupar o elenco da maratona de jogos que virá daqui pra frente.

    Espero que o Cruzeiro dê o mesmo trabalho ao Palmeiras. E, de preferência, que tire uns 2 ou 3 pontos de lá.
    A nossa tabela ainda é mais complicada nos próximos 2 jogos. Nós jogamos contra São Paulo (fora) e Santa Cruz (casa) enquanto os Porcos pegam Santa Cruz (fora) e América/MG (fora). E talvez isso seja legal pra gente.
    Eles entrarão com a obrigação total de vencer os dois jogos. Mas, com a dificuldade de jogar fora de casa, coisa que eles melhoraram bastante, mas são mais vulneráveis do que jogando em casa. Torçamos para que haja ao menos um empate nesses jogos, de preferência no primeiro.

    Mas, não adianta ficar fazendo projeções. O certo é focar no próximo jogo e ver o que acontece.
    E torcer para que o Maracanã, no dia 23/10, receba o líder do campeonato rumo a mais um título.

    SRN

  • author avatar
    Bruno Melo 5 anos ago Responder

    Nao podemos nos dar tanto no primeiro tempo, nos cansar tanto sem fazer o tento.
    Mandamos demais no final e acabamos dando aqueles moles quando o Abila se sagrou melhor em campo.
    Só tem sorte quem corre atrás.
    Jah raatafari.

    SRN
    Confraria RPA

  • author avatar
    chacal 5 anos ago Responder

    nivinha,

    esse foi o jogo que mais fiquei nervoso,que mais fiquei ansioso,que mais fiquei pilhado,que mais fiquei ansioso,que mais fiquei….tudo !!!
    no final deu tudo certo..ufa !

    zé ricardiola aprontou mais uma vez !!!

    messi araújo não brilhou desta vez…quem brilhou foram guerreiro e mancuello.

    o time continua com uma pegada de campeão…próxima partida poderemos ver se rodiney vai dar conta na direita.

    SRN !!!

  • author avatar
    Rodrigo Corbelari 5 anos ago Responder

    Hoje a vitória foi Flamengo demais, Nivinha! Tem que respeitar o MAIOR CLUBE DO MUNDO!

    SRN.

  • author avatar
    Rmj 5 anos ago Responder

    Na raça….Na vontade….No amor….Senpre Flamengo!!!! Nivinha o visual ta maneiro, final de show é assim mesmo, geral na pista e rindo a toa,vlw!!!!

  • author avatar
    carlos moraes 5 anos ago Responder

    Sem medo de errar.

    Ganhamos, de forma épica, o jogo desta tarde, APESAR DO ZÉ.

    Qualquer idiota sabe qual deve ser o nosso time – Alex Muralha, Pará (obrigatoriamente Rodinei contra o São Paulo), Rever, Rafael Vaz e Jorge – Cuellar, William Arão, Diego e Mancuello – na frente a escolher dois entre Alan Patrick, Leandro Damião e Guerrero.

    O ILUMINADO insiste porque insiste em Marcio Araujo, Gabriel e Everton, tendo como primeiro reserva o Fernandinho.

    Hoje, quando o Cruzeiro começou a ganhar confiança e não saia qualquer gol, tirou o inútil MA e foi obrigado a colocar o Mancuello, deixando a defesa aberta.
    Levamos o gol (bonito) e, já sem a bosta do Gabriel e, mais tarde, do Everton, partimos para cima.
    Ganhamos de virada com o time próximo do que DEVERIA começar jogando.

    Por outro lado, que o cara é ILUMINADO, lá isto é.
    Nasceu com o sentante virado pra lua.

    Seremos campeões, mas não facilitemos com o São Paulo, lá no Morumbi.
    O raio está caindo diversas vezes no mesmo lugar, mas sempre em CARIACICA

    VITORIOSAS SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    PS – Nivinha, você ficou linda, mesmo descabelada.

    • author avatar
      Danilo bruxolobo 5 anos ago Responder

      Grande Mestre Morais, acompanho o relator em 99% do comentário…permita-me discordar apenas no tocante ao “iluminado”…Muralha… Pará…Rever…Vaz…Jorge… Arão…Diego… Guerrero e principalmente Allan Patrick (a quem sempre critiquei) e o injustiçado Mancuello(sempre um gol bonito toda vez que entra), esses sim são é foram os ILUMINADOS hoje… quanto ao Zé?…cagado…… o resto é chapa branquismo… “SAUDO AQUELE QUE AMA O FLAMENGO MAIS DO QUE EU…SAUDO AQUELE QUE AINDA NÃO NASCEU”…

      • author avatar
        Jofre 5 anos ago Responder

        Flamengo está todo ele de parabéns, e não entendo como tem torcedor que tenta desmerecer o técnico. Se vencemos , é porque ele substituiu bem. Arriscou, correu riscos, mas se deu bem. E o Flamengo fez excelente primeiro tempo, e já merecia estar vencendo.

        Ficar creditando o sucesso dos outros apenas a “sorte”, é típico de gente despeitada. O Flamengo vem jogando um futebol bonito, competitivo, convincente e muitas vezes heroico, e com os mesmos jogadores que passaram por mãos de vários outros técnicos sem render o que estão rendendo agora. Tá na cara que tem o dedo do técnico no sucesso deste time. A sorte é casual, e não fica acontecendo toda hora. O trabalho competente sim, é sistemático e sintomático. Todos estão de parabéns. jogadores e técnico.

      • author avatar
        Carlos_SP 5 anos ago Responder

        Bruxo, concordo com você e o Zé até reconheceu que mexeu errado abrindo muito o time. No primeiro tempo tivemos domínio sim, mas o Cruzeiro chegou várias vezes com muito perigo. Ou então vi um jogo diferente.

        Só por esse motivo, imagino, o Zé tentou mexer no time. Pessoalmente eu não achei que mexeu bem, pq tirou poder de marcação. Acredito que isso não tem a ver com a pessoa do MA em si, que para mim não faz a diferença.

        Falam do time contra o palestino aqui e esquecem do time contra o Figueirense, nossa partida que reputo como a de maior domínio até o momento. O mesmo Figueirense horrível que ganhou nessa rodada.

        Enfim, são opiniões e devemos respeitar. Do meu ponto de vista, acredito que o Zé, pela postura que vem demonstrando de humildade e reconhecimento dos erros, prefere ouvir críticas sinceras do que ser adulado o tempo todo..

        Minha opinião, respeitem ou não.

        SRNs

        PS – Nivinha, terminei o jogo acho pior que vc. Psicologicamente e claro, por não possuir tanta beleza, fisicamente. Beijos Nivinha..

        • author avatar
          Jofre 5 anos ago Responder

          O Zé ricardo ouve criticas sinceras, mas ele também tem auto-critica. Ele prórpio, aliás, é o primeiro a reconhecer quando alguma coisa não vai ou não foi bem. agora toda vez que o técnico receber toda hora críticas infundadas, com a intenção de desmerecê-lo, diminuí-lo, creditando o resultado do seu trabalho a “sorte”, como fizeram nos 2 comentários iniciais, vc encontrará também o tempo todo aqueles que não concordam. E isso não é adular o tempo todo, apenas reflete ação e reação com que não se concorda. Até porque criticar toda hora deste jeito, sem reconhecer o trabalho que tem sido feito, para mim é despeito.

    • author avatar
      Pedro Aguiar 5 anos ago Responder

      Com todo respeito que prometi ao Arthur, discordo veementemente dos senhores. O Flamengo foi bem melhor no 1º tempo, controlamos e dominamos o jogo, com a formação com Everton e Gabriel. Não sou eu quem digo. É todo mundo. O Zé foi querer ser audacioso à partir dos 16 do 2º tempo e por pouco não perdemos a partida, ao retirar o volante Márcio Araújo para colocar o Mancuello, pois a partir daí o Cruzeiro começou a nos envolver e fez um gol, inclusive depois que o Alan Patrick entrou, levamos outros sufocos de quase gol, a postura tática tinha ido pro caralho, e o que nos salvou, não foi desta vez o jogo coletivo e equilibrado que se desenhou com a formação do 1º tempo, e sim as jogadas individuais dos nossos jogadores como Alan Patrick, Guerrero e Mancuello, que conseguiram fazer depois, o que o Cruzeiro não conseguiu quando perdeu seus gols. Ganhamos o jogo, na raça, mas tivemos a beira de perder. O Zé resolveu arriscar, se expôs, mas no final tudo acabou dando certo. O cara é um predestinado. Teve sorte de campeão, de quem se arrisca, se expõe, mas as mesmas alterações que colocaram o Flamengo em maus lençóis, foram as mesmas que acabaram conquistando a vitória. Vai ter sorte assim lá no Himalaia. No fim, todos se salvaram, inclusive o treinador merece seu reconhecimento. O resto é intriga da oposição.

      • author avatar
        Roberto Fla 5 anos ago Responder

        Concordo com você Pedro, o cruzeiro jogou na retranca e dominamos todo o primeiro tempo e parte do segundo. Depois da saída (por cansaço) do Márcio Araújo, o Horrível, perdemos o meio de campo e demos espaço para o contra-ataque deles. Foi bom termos vencido, mas já vimos que não dá para jogar sem um cabeça de área – primeiro volante – como muitos querem, porque não acho que Cuellar seja primeiro volante. O mais perto disso no elenco é o Vaz.

        SRN

        Roberto Fla

    • author avatar
      Sérgio Levy 5 anos ago Responder

      Formação ideal ? O time fez um jogo muito do insosso contra os palestinos com uma formação diferente, com Cuellar e dois meias, Mancuello e Alan Patrick. E isso não é de hoje. O Flamengo vem apresentando um futebol melhor quando jogam abertos Everton e Gabriel, recompondo e ajudando na marcação. Mancuello e Alan só vão bem quando entram no transcorrer da partida. Exatamente como fizeram ontem e em outros jogos.

      SRN

    • author avatar

      Carlos Moraes permita-me discordar de parte de seu comentário, no tocante ao “inútil” Márcio Araújo, lembro que o “inútil” é o único volante-volante do elenco, Cuellar que é tecnicamente superior não é volante-volante é SEGUNDO HOMEM, posição do Willian Arão, lembre-se que quando a dupla Cuellar-Arão jogaram juntos nosso sistema defensivo sempre ficava exposto, com todos os defeitos do Márcio Araújo, principalmente, no passe ele marca bem melhor que ambos, lembro, ainda que no 1o tempo quando o jogo estava ficando amarrado o “inútil” salvou uma bola quase sobre a linha apos o escanteio do time mineiro e vc mesmo no seu comentário deixa claro que a saída do “inútil” deixou nossa zaga exposta aos contra ataques do Cruzeiro, ou seja, o “inútil” não é tão “inútil” assim.
      Você critica as atuações de ontem do Gabriel e Éverton, realmente, ontem não foram tão bem, mas é por isso que é tão importante ter elenco, ninguém vai jogar bem ou mal todas as partidas, ontem esses dos não foram tão bem, mas e os gols de ambos contra o Figueirense, contra a Ponte Preta e contra a Chapecoense ?
      Acho que é por isso que o Flamengo trocou Brasilia por Cariacica, em Brasilia vocês assistem jogo de futebol como assistem uma peça de teatro, vão pro estádio sentam nas cadeiras e se limitam a assistir os jogos, em Cariacica a torcida se comporta como torcedor de futebol, cantam, vibram, xingam, empurram o time pras vitórias, em Cariacica o Flamengo encontrou um torcedor como o do Maracanã, OBRIGADO CARIACICA.
      E Nivinha, ontem, todos nós ficamos descabelados de tanta emoção, virada de campeão, na raça e na bola…

Deixe seu comentário