República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Fla-Flu e o Bom Combate.

Por | 5 de abril de 2015
republic
30 Comments
  • author avatar
    Reinaldo 4 anos ago Responder

    Arthur, me divirto demais com seus posts desde a epoca de urublog. Acho mto bacana os termos e as colocaçoes… copio seus trocadilhos e uso com amigos e os caras enloquecem kkkkkk… mto bom.. parabens,.. curto pra carai! Saudacoes rubro negras!!!

  • author avatar
    Bruno Melo 4 anos ago Responder

    Jonas e Mateus Savio!!
    Que excelente início de ano!!!!
    Concordam!??!?!

    E vcs do RPA, quando vão colocar as mãozinhas de positivo de negativo para os comentários?!?!?!??!!
    Passou da hora galera!

    • author avatar
      Gean Medeiros 4 anos ago Responder

      Saporraê de mãozinha é só viadage de quem é carente…
      mas o Savio novo é foda… agora o Jonas brother depois de flertar tanto com os gambás vai ter q suar mais um pouco pra ganhar meu respeito… SRN

  • author avatar
    Aureo Rocha 4 anos ago Responder

    Ao brilhante texto do Arthur, para fortalecer o seu correto entendimento sobre a corrosiva prática de política desportiva seguida pela FERJ para o futebol do estado, acrescento as palavras do vice-presidente de futebol do Fluminense, Mário Bittencourt, após o jogo de ontem, relativamente à expulsão do Fred:

    “Nós não vamos cair na pegadinha de quererem virar a gente contra o Flamengo. Não sou bobo. O Flamengo veio a campo, jogou dignamente, com lealdade, e é uma pena o Fred ter sido sacado daquela maneira do jogo.”

    Concordo integralmente com o Arthur. No campo esportivo, Flamengo e Fluminense sempre foram adversários ferrenhos. Mas, no atual momento, entretanto, são parceiros na luta contra a destrutiva política esportiva praticada pela FERJ.

    Creio que sozinhos não irão derrubar a estrutura viciada, corrupta, ditatorial e mil adjetivos mais que dizem o que é a FERJ. Porém, calaram-se seria bem pior.

    ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………

    Já li muitas críticas, quanto à entrega da liderança do time ao Wallace. Todavia, ontem, ele demonstrou aptidão para o cargo. Quase ao final do jogo, quando o time começou a tocar a bola e a torcida a gritar “olé”, ao receber a bola, Wallace deu um bicão para a frente e acabou com a sacanagem. Não valia a pena. O jogo já estava 3 X 0. Tripudiar o adversário naquele momento não era conveniente. Há ocasiões corretas para se dar “olé”. Estou com o Wallace.

    …………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

    E quanto ao Carlos Alberto, vulgo “Capita”, devo dizer que vomitar merda não é privilégio dele. Nos meios de comunicação, há um bom número de ex-jogadores se expressando da mesma forma que ele. Aliás, Carlos Alberto desde jovem sempre falou merda. A habilidade que ele tinha nos pés, jamais teve no cérebro para se comunicar. Ele não pensa o que fala. Creio que o “Capita”, jamais abriu para ler um livro, do qual só conhece a capa.

    …………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

    SRN

  • author avatar
    Bruno Melo 4 anos ago Responder

    Colé GALERA!
    A impressão que tenho disso tudo, da mordaça e do caralho a quatro, é que tudo está tomando maior vulto do que deveria.
    O Wanderley ñão deveria ter falado o que falou. Tinha sim que ser punido.
    Foi punido sem nenhuma advertência antes….acho escroto….e com dois jogos….demais, era como se ele tivesse matado alguém!!!
    O Fred reclama, finge, tenta ludibriar o árbitro…..escroto, mas todos fazem !!! O que o juiz deveria ter feito, com toda simplicidade do mundo era, na hora do lance, levantar os braços e deixar a jogada seguir….nada dessa discussão chata estaria acontecendo.

    Acho que estamos pagando muito pau. E acho escroto falar de liberdade de expressão, relacionar o fim da ditadura, para algo tão bossal quanto o que está acontecendo.

    Saúde e paz,

  • author avatar
    Romano 4 anos ago Responder

    Os “juristas desportivos” podem justificar como quiserem. Luxemburgo sob nenhuma ótica cometeu calúnia, injúria, difamação ou incitação à violência. Foi, sim, punido por criticar a FERJ. E isso é inaceitável sob qualquer ótica, não cabe qualquer tipo de relativização.

    Um completo absurdo. Estão corretas as palavras do Muhlemberg.

    E Carlos Alberto Torres nada mais fez que passar vergonha ao vivo.

    SRN

    • author avatar
      André 4 anos ago Responder

      CONCORDO !!!

      SRN

      CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS).

      • author avatar
        Aureo Rocha 4 anos ago Responder

        Romano, quando você colocou entre aspas JURISTAS DESPORTIVOS já disse tudo. Nenhum jurista honesto encontraria no Código de Justiça Desportiva qualquer dispositivo para enquadrar O Luxemburgo, nos “crimes” apontados.

        Também concordo com você.

        SRN

    • author avatar
      Bruno Melo 4 anos ago Responder

      Discordo!!!

  • author avatar
    Abrahão Pereira 4 anos ago Responder

    Olá Galera que Fecha com o Certo.

    Gostei do jogo de ontem. Mas acho que ainda não jogamos o que se espera. Pode ter sido em razão dos desfalques.

    Tivemos alguma sorte. Primeiro pela expulsão do Fred. Esse cara é chato e quando menos se espera decide um jogo. Então tivemos sorte porque saiu bem cedo.

    No segundo tempo andamos dando uns vacilos. Se sai um gol ali por volta dos vinte e cinco minutos a coisa podia ter ficado feia. Contamos com a competência do Paulo Vitor e com a incompetência do ataque tricolete.

    Quanto ao Carlos Alberto Torres, não se nega. Foi um grande jogador. Principalmente na copa de 70. Só isso, Agora só fala “m” e demonstra que não tem nada de comentarista. Lugar de torcedor é nas arquibancadas… Como dito, também troco de canal quando certas figuras começam a defecar.

    E para encerrar. Que coisa essa do vasquinho heim? Levou de cinco do(a) Friburguense e Nem a Taça Rio conseguiu ganhar do Madureira. (Hehehehehehehehehe).

    Abraços a todos e SRN

    CRN 232175

  • author avatar
    chacal 4 anos ago Responder

    foi muito mais facil do que imaginavamos…o flamengo mesmo com seis desfalques atropelou o fluzinho.
    poderia ser de mais ! bastava o flamengo querer…infelismente o flamengo deu uma de alemanha naquele 7×1 ,não quiz humilhar !

    ontem ficou provado que o flamengo está no caminho certo e tem um padrão de jogo defenido ,sim !
    para quem achava que luxemburgo estava morto..ai está a resposta,um treinador vibrante como há muito tempo não se via no flamengo…depois de manos,jorginhos,silas e jaime.finalmente encontramos um que tem o verdadeiro espirito rubro-negro.
    luxemburgo é na minha opinião o cara perfeito para tocar o projeto rubro-negro de voltar a vencer um brasileirão.
    tá na hora de passar os bambis…

    estou falando de campeonato brasileiro pq o carioca já tem um dono….mengão do meu coração !
    duvido que alguem tire esse titulo do flamengo.

    saudações rubro-negras

  • author avatar
    carlos moraes 4 anos ago Responder

    Todo mundo sabe que sou um fã de carteirinha do Grão Mestre, desde os velhos tempos do Urublog.
    Mas este artigo, pelo amor dos meus netinhos, é fraquíssimo e demagógico.
    A começar pela célebre foto da Grande Guerra, substituindo-se a bandeira norte-americana pela do Flamengo (desenho, evidentemente), como a comparar a luta contra o nazismo à suposta luta contra a Ferj.
    PQP, comparar Hitler a Don Rubio e a El Rico é DOSE PARA MAMUTE.
    A partir daí uma série de clichês, muitos ressuscitados, como ^entulho autoritário^, não se ^curvam contra o arbítrio^, além do risível impedir ~o nosso técnico de exercer o seu direito ao trabalho e a expressar a sua opinião^, conclui-se de forma demagógica, abordando a alegada ^luta contra a censura e a liberdade de expressão^.
    Sabidamente, El Rico e Don Rubio são flores que não se cheiram, mas daí se procurar a transformação do Luxa em um novo herói nacional, é, na minha opinião, inaceitávell
    Tão inaceitável como aquela Nota Oficial da Diretoria que fala em punição ^por suposto delito de opinião^, quando já se sabia que o técnico – mesmo que possivelmente de forma errada – fora enquadrado no art. 258 do CBJD.
    Em uma simples penada. aboliu-se do mundo dos vivos os crimes de injúria, calúnia ou difamação.
    Exemplo claríssimo e simplérrimo para diferenciar a crítica da ofensa, até mesmo dentro do futebol.
    Posso afirmar que o árbitro ao deixar de dar um gol evidente, eis que a bola ultrapassou por mais de 30 cm a linha fatal, errou clamorosamente, devendo, em consequência, ser punido pelas autoridades competentes, pois apenas estaria exercendo o meu direito de crítica, mas, se dissesse, diante do mesmo lance, que o árbitro agiu de forma deliberada, até porque estaria comprado pelo time beneficiado, cometeria um crime.
    Durante a semana afirmei que, se jogasse com seriedade, o Flamengo ganharia fácil das Flores, pois o nosso time é muito superior.
    O amigo Chacal chegou a se preocupar com o meu otimismo, escrevendo que 2 x 1 estaria de bom tamanho.
    Não se tratava de otimismo, mas de realidade.
    Os meus muitos amigos e os meus poucos inimigos (ou será o contrário) podem estar se indagando qual o motivo deste desvio no meio do caminho. Da crítica ao artigo do Arthur, aparentemente sem mais nem menos a um rápido comentário sobre previsões corretas para o jogo de ontem.
    Explicação imediata -VAMOS NOS PREOCUPAR COM O JOGO DA BOLA, deixando de lado uma briguinha estúpida e, pior ainda, muito mal explicada, já que NINGUÉM se interessa em abordar o papel de um outro personagem IMPORTANTÍSSIMO nesta trama de quinta categoria – o CONSÓRCIO MARACANÃ.
    Falei e disse, sabendo perfeitamente que, cega pela paixão clubística, a maioria vai se posicionar de modo contrário.
    Não me importo, pois, a menos que evidências surjam, não abro mão da minha opinião.
    Com todo o respeito ao excelente colega e amigo Carlos-SP, não aceito a explicação por ele admitida, que os Representantes dos Clubes aprovem, sem saber o que estão fazendo, o que lhes é submetido ao curso de uma Assembléia.
    Típico caso da ^emenda pior que o soneto^.
    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Carlos_SP 4 anos ago Responder

      Prezado Moraes,

      desculpe mas não foi isso que eu disse. O que eu disse, baseado na entrevista dos presidentes do Fla e Flu, é que nas reuniões na FERJ, nos arbitrais, etc, o que acontece é que ao chegarem, os representantes da instituições (e clubes) assinam uma lista de presença (antes da reunião iniciar). Na reunião, debatem vários temas e, atualmente, o Rubinho tem maioria absoluta de apoio, dado que o peso dos votos não diferencia a dupla Fla x Flu de instituições sem representatividade alguma no futebl profissional do RJ. Ao final deveria ser emitida uma ata onde apareceriam as vozes discordantes das decisões. Ainda segundo nosso presidente, o que acontece é que essas atas finais e mesmo as gravações que demonstrariam a contrariedade ao menos de Fla e Flu não aparecem, e com base na lista de presença o Sr Rubinho afirma que foi aprovado por uninimidade (o que segundo eles, não é verdade).

      Em momento algum mencionei que os clubes aprovaram sem saber, o que me parece é que eles são voto vencido, mas isso não aparece. Veja, isso vi na entrevista do Bandeira e do Peter.

      SRNs

      • author avatar
        carlos moraes 4 anos ago Responder

        De fato, posso ter interpretado mal.
        Não consegui achar a entrevista mencionada, pelo que agradeceria muito se você pudesse colocá-la nas ^célebres letrinhas azuis^ do André.
        Por outro lado – ISTO É MUITO IMPORTANTE – não é nada difícil encontrar na página da FERJ, especificamente no item TV FERJ, a cobertura da Assembléia Geral Ordinária realizada em 05.12.2014, quando foi votado e aprovado o RGC para o Cariocão deste ano.
        Pude identificar, salvo engano, antes da abertura dos trabalhos, a presença do Dr. Michel Assef, mais do que provavelmente como nosso Representante no evento.
        A votação foi RIGOROSAMENTE NORMAL, havendo silêncio total de todos os presentes (é de se supor que o Dr. Michel Assef permanecesse no recinto), pelo que a aprovação ocorreu por unanimidade de votos.
        Não houve qualquer lista ^ex ante^, pelo menos nesta oportunidade, como o vídeo deixa perfeitamente claro.
        Em assim sendo, o Flamengo aprovou a limitação em cinco dos jogadores ^amadores^, o que tenho, diga-se de passagem, como normalíssimo.
        Deixar em aberto o número de ^amadores^ não poderia ser tida como uma decisão correta, pois, afinal de contas, trata-se de um campeonato de PROFISSIONAIS, que não podem ser prejudicados.
        Consequência – o Flamengo votou (ao não se manifestar quando dada a oportunidade) de forma correta e o boquirroto do Luxa, querendo, como sempre quis em toda a sua vida, aparecer, falou mais do que deveria ter feito. Branca, brancaleone.
        SRN

  • author avatar
    André 4 anos ago Responder

    E VIVA aos GRANDES EMBATES DO CAMPEONATO CARIOCA DE FUTEBOL !!!!!!!

    As TRICOLETES estão DESESPERADAS !!!!!hehehehehehe e as bigodudas nem com 3 pênaltis a favor conseguiram ganhar do Frizão !!!!!kkkkkkkkkkkkk

    Vamos tratar de FODER esses que procuram ESCULHAMBAR com o MELHOR ESTADUAL DO BRASIL, mas NÃO vamos permitir que ele seja jogado no LIMBO por conta de uma LEGISLAÇÃO RETRÓGRADA E POPULISTA””””

    Vamos ver se o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, começa a INVESTIGAR pra onde vai essa “pequena fortuna” arrecadada com a EXORBITANTE TAXA de 10% cobrada pela FFERJ !!!!

    SRN

    CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS)

  • author avatar
    Fred K. Chagas 4 anos ago Responder

    saudações orgulhosas.
    Alguém aí viu o BATE BOLA no sportv após a vitória do mengão?
    pois o tal “CAPITA”, (CAPETA?) com um típico discurso do tipo “velho chato que acha que é o sabichão e caga regra todo o tempo” disse que é uma palhaçada essa coisa de mordaça, que tem que se preocupar com o jogo, que se fosse por ele suspenderia o luxa por 180 dias, e tudo num enfurecimento digno dos maiores defensores da FERJ e o EURICO. Mas deu pra ver que o lance dele é contra o luxa. O tal andré risek tentou argumentar sobre a liberdade mas o coroa , enfurecido, esbravejou mais ainda e o papo terminou com aquele “é, respeitamos a opinião de todos e estamos aqui para ouvir, blabalbalblalbaa”.
    Alguém poderia ter dito, “respeito a posição do capita e compreendo que tendo vivido & jogado durante a feérica ditadura militar, tenha se acostumado a não reclamar das regras impostas goela abaixo, de cima pra baixo”.
    mas o pessoal é político, respeitou os 200 anos do cara.
    Aliás, na boa, capita, gerson , pele, já poderiam HÁ MUITO ter deixado de comentar (que nem o “seu nonô”, já aposentado na globo e o vovô “voz marcante”. Cada um na sua, cada um em seu tempo. E obrigado pelos serviços. #fato)

    SRN
    (ALGUÉM AÍ não tá achando o tal artur maia um chinelinho do caralho não?!?! e o everton, “joga 1 para 3″ ? fala sério !!! e por sinal, qual foi o lance hoje com o paulinho? bando de primas-donas !!!)

    • author avatar
      André 4 anos ago Responder

      Esse “CAPITA” DE MERDA, está desempenhando no SPORTV, o mesmo papel do Milton Neves e do Neto na Bandeirantes, qual seja, falar MAL do Flamengo para ficar medindo, testando e tendo audiência.

      Eu procuro seguir a seguinte política: se o programa fala mal do Flamengo eu troco de estação, se for no rádio, e de canal ser for na televisão e se for na internet eu simplesmente não clico para saber da notícia.

      Eu tenho visto no GE.com, manchetes desse MERDA falando SEMPRE MAL do Flamengo e NUNCA clico nessas notícias pois NÃO vou dar page views para BABACAS !

      SRN

      CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS).

    • author avatar
      GILBERTO T. SANTOS 4 anos ago Responder

      Fred, o capita está é com chororô, pois, ele é tricolor, quanto aos chinelinhos, concordo com o Arthur Maia e com o Paulinho, o que houve com ele assim em cima da hora?
      Quanto ao Éverton, não, ele apanha mesmo prá valer em campo e hoje é um dos melhores jogadores do Flamengo!!!
      Quase acertei o placar do jogo, veja meu comentário abaixo, mas, foi melhor do que eu esperava, he, he, he!!!
      E o Jonas está se saindo um excelente reforço, boa contratação, enfim, depois de tantas lambanças essa diretoria parece que começou a acertar no futebol…
      E os tricolores não podem reclamar, nessa Páscoa tiveram fartura de chocolate, frangos e dançaram bonito…
      SRN!!!

    • author avatar

      Fred (o K é de Krueger?), esse Arthur Maia pode até não ser chinelinho, mas é um tremendo dum bichado precoce. Aqui em Natal passou mais tempo no DM do que em campo. Deu sorte que o “pofexô” o viu jogar numa das raras vezes em que não estava se recuperando de contusão e gostou do seu futebol. Mas é melhor a Nação não contar com ele. Também não entendo o que acontece com Éverton e Paulinho. Começo de temporada e já estão estourados?!

    • author avatar
      Carlos André Rosa Martins 4 anos ago Responder

      Fred K. (….seria Krueger? rsss), eu vi e também fiquei pasmado com aquele discurso. Aliás, fico pasmado mesmo é com o fato de o Sportv colocar na bancada de comentaristas um cara que está sempre com aquele humor atrabiliário e que demonstra uma desinformação sobre quase tudo o que é atual.

      Não entendo também a reverência que fazem à sua “figura extraordinária”. Dentro de campo, sim, mas fora, jamais foi. E quer uma palavra que o define? Anacronismo… pra ser camarada, hein?

      E há uma pinimba dele com o Luxa que não dá pra entender. Não que o Luxa seja aquela persona acima de críticas — não o é —, mas as referências depreciativas feitas a ele ontem apenas vieram a se somar àquelas com as quais o “ex-colega Carlão” lhe distingue, invariavelmente. Amor, estranho amor….rssss

  • […] Republica paz e amor – Bastou que os pais da Nação, José Agostinho Pereira da Cunha, Mário Spindola, Nestor de Barros, Augusto Lopes, José Félix da Cunha Meneses e Felisberto Laport dessem suas primeiras remada na velha baleeira Pheruza, em 1895, pelas águas da Baía da Guanabara, para que todos percebessem que para ser grande o Flamengo não ia precisar de ninguém. O protagonismo vocacional do vermelho e preto surgiu naturalmente, como parte indissociável de sua própria existência, encantando as gatinhas do pedaço e deixando os “sem-barco” da área boladões. Quase 120 anos se passaram desde então e a sua simples existência continua a bastar para que seus incontáveis seguidores façam do Flamengo, indiscutivelmente, o maior. Não é de hoje que a arco-íris pira. […]

  • author avatar
    Carlos André Rosa Martins 4 anos ago Responder

    Na entrevista à ESPN dos presidentes do FLA e FLU, o Presidente da FERJ interveio para jogar pérolas do tipo “sou legalista”, o que está aí tem a chancela dos clubes etc, etc, etc.

    Ser legalista, em verdade, não significa grande coisa, porque dizer que “acata” as leis não inova…. todos acatamos! O que subjaz no discurso legalista é o argumento espúrio, sub-reptício, de que “não me venham falar de coisa torta, porque o torto está protegido por lei”.

    Nas primeiras aulas de Direito, o mané aprende aquela máxima de que “no conflito entre o justo e o legal, devemos ficar sempre com o justo”. É o comando, a diretriz, mas que por si só não resolve nada; não leva a lugar nenhum.

    Daí eu pergunto se não é a hora de “dissecarmos” essa estrutura legalista da podridão do futebol, para torná-la do entendimento geral. Só assim poderemos juntar novamente o justo com o legal. Se o regulamento permite estultices como o Flamengo ter voto com “peso 6″, mas ladeado por 300 clubecos, vamos combinar que é uma esparrela risível.

    Não dá só pra ficar puto e fazer biquinho. Tem que ser propositivo, também, e aí neste ponto eu não vejo uma proposição clara, bem delineada. Só um dizer lançado ao vento de que “no ano que vem não vai ser assim não….”como? Por quê? O que será feito ano que vem que já não podemos saber agora?

    Receio que não saibamos, na verdade, o que fazer para o ano que vem. E se não dermos um jeito de saber rápido, vamos ficar igual aquele cara que toma um sopapo e diz: “isso não vai ficar assim!” E ouve: “vai não….vai inchar e ficar roxo”….

    Saudações rossoneras

    • author avatar
      Rasiko 4 anos ago Responder

      Carlos André, eles não sabem mesmo e já disseram. Estão estudando quais as alternativas, principalmente na área jurídica, que é onde o bicho pega. O que sei – se é que sei alguma coisa – é que como está não dá pra continuar e se não houver uma mudança profunda e radical vai ser uma grande frustração e o torcedor vai meter o pé. Mas tô confiante. Por enquanto.

      • author avatar
        Carlos André Rosa Martins 4 anos ago Responder

        Rasiko, se não sabem mesmo o que fazer, mais razão ainda para abrirem a conversa. O que não entendemos são coisas como a realização deste campeonato de 2015. Já não sabiam dos conchavos em 2014? 2013? Foram “surpreendidos”?

        Pressinto um certo “amadorismo” no trato jurídico desse assunto…..

  • author avatar
    Mauricio 4 anos ago Responder

    Perfeito

  • author avatar
    Carim 4 anos ago Responder

    Brilhante, como sempre! Só faltou uma palhinha a respeito do vilão-mór, o godfather da vasquinha…

  • author avatar
    GILBERTO T. SANTOS 4 anos ago Responder

    Muito bom o comentário do Muhlenberg, estamos do lado do bem e dessa vez o Flor também, apenas cuidado com eles, são muito safados e qualquer coisa para eles é motivo de mudar de lado…
    Quanto ao Luxemburro também concordo que ele está certo em suas críticas e tem todo o direito de dar suas opiniões, embora o considere um ex-treinador em atividade e que nessa de “esconder” o jogo e a escalação da equipe, acaba que nem escala os melhores, nem consegue um padrão de jogo e o time vira um amontoado em campo, tomara que hoje, sem a sua presença, os jogadores consigam deslanchar, apesar de algumas escalações esdrúxulas e eliminar os flores das finais!
    Já é decisão para o Flamengo e o time tem que entrar com seriedade e sem essa de fazer protesto em campo, tocando bola pro lado durante alguns minutos para protestar contra a FERJ, assim como o ôba-ôba das festividades não faz bem para o Flamengo, essas novidades de protestos também não, quer protestar que o faça fora de campo, dentro é prá valer e nisso o Flamengo é insuperável!!!
    Vamos ser profissionais acima de tudo, muito respeito á torcida Magnética e ao Manto Sagrado, sem palhaçadinhas e entrando com raça, amor e paixão para dar tudo contra esse clube sujo e desleal que é o FlominenC!!!
    Vamos que vamos!!!
    SRN!!!

  • author avatar
    André 4 anos ago Responder

    Perfeito e muito engraçado como SEMPRE!

    Uma das coisas que nós da NAÇÃO RUBRO-NEGRA poderíamos fazer seria uma CAMPANHA nas redes sociais, nos blogs e nos ESTÁDIOS contra a TAXA DE 10% e que atingiria a FFERJ no que ela tem de mais precioso que é a sua ARRECADAÇÃO ABSURDA !!!!

    Temos que brigar pela DIMINUIÇÃO desse percentual VERGONHOSO de 10% que essa VILÃ DO FUTEBOL CARIOCA cobra sobre a arrecadação dos CLUBES que são os verdadeiros PROTAGONISTAS do ESPETÁCULO !!!!

    Vamos procurar saber o percentual cobrado pelas federações dos GRANDES CENTROS, para termos uma ideia do que podemos exigir.

    Da minha parte acho que 5% já está de BOM TAMANHO ou até demais e me parece que é o que cobra a Federação Paulista de Futebol.

    Já deixo aqui o meu protesto inicial: ABAIXO ESSA TAXA VERGONHOSA DE 10% COBRADA PELA FFERJ !!!!

    SRN

    CRN 434356 SEMPRE (nas VITÓRIAS e nas DERROTAS)

Deixe seu comentário