República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Esse Flamengo Parece com Todo Mundo

Por | 15 de novembro de 2020
capa
68 Comments
  • author avatar

    Sempre um prazer ler os textos do Arthur após os jogos, muito embora seja mais amargo quando o resultado é de derrota. Não acho que devamos entrar em desespero e crucificar o treinador logo de cara. Confesso que até gostei do primeiro tempo contra o São Paulo. Vi um time aguerrido, com muito empenho na marcação, mas que pecou muito na hora de definir as jogadas e que continua a cometer erros individuais na saída de bola. Não que eu seja retrógrado e queira que nosso time saia dando chutão a esmo; apenas acho que esse expediente deve ser usado em determinadas situações. Espero que Rogério consiga chacoalhar a galera e faça nosso time entrar nos trilhos novamente e aviso aos mais saudosistas: sabe aquele time do Jorge Jesus de 2019? Ele não existe mais, pessoal! Vamos superar…

  • author avatar
    CARLOS MORAES 2 semanas ago Responder

    Passadas 36 horas, ganhei coragem para fazer poucas observações a respeito de um dos PIORES jogos do Flamengo que vi, desde meus seis anos de idade, em 1944.

    Fiquei irritadíssimo, confesso.
    Nem tanto com o Lincoln, um craque às avessas sabidamente.

    Perguntaria aos meus amigos e inimigos de plantão.
    Viram algum jogador se empenhar de verdade.
    Se viram, parabéns.
    Eu não.

    Irrita-me a falta de empenho, a certeza de uma vitória banal pela qualidade negativa do adversário.
    O técnico, por seu turno, como bem aqui avaliaram, um deslumbrado pelo seu novo clube.
    Inerte, além da escalação criminosa da dupla de zagueiros de área.

    Há ainda os crentes em título (s).
    Parecem se esquecer que estamos atrás do São Paulo, apenas no saldo de gols, mas … com três jogos a menos.
    Do Patético, apenas um, o que é bem pouco.

    Uma conclusão a que cheguei.
    A alma de 2019 foi-se embora.
    Tinha nome e sobrenome.
    Jorge Jesus.

    Emputecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Henrique 2 semanas ago Responder

      Nao sei nao. Nao acho que é a dupla (ruinzinha, nao horrorosa como se escreve tanto) de zagueiros que nos esta ferrando.
      Nem acho que é falta de empenho. Nao vi corpo mole.

      Fatos que PIORAM a situaçao.

      Mesmo tentando jogar – nao conseguem.
      Quem cobra uma boa saida de bola dos pés dos zagueiros centrais tem que me dizer quando viu eles darem UM passe pra frente, no meio, vertical, centreiro. Quando? Isso nunca existiu e com esses nao vai existir nunca.
      O chato é que com outros tb parece nao mais existir.
      Tinhamos o Gérson que era mestre nisso – nada mais. Thiago até que deu um, mas demorou, hein?

      Continuo achando que o elenco é suficientemente bom, mas o estilo de jogo é que nao é. Esta tudo muito devagar e sem a crença que de certo.
      Me lembro de jogadores terem falado, na época do JJ, ” ele pedia coisas esquisitas, a gente somente começou a acreditar nelas, porque ESTAVAM DANDO CERTO.”

      Eh isso – nao esta mais dando certo, desde meses, desde janeiro, alias. COM o JJ no comando.

      Tem alguma coisa irritantemente grudada no time que esta trazendo a incapacidade de se levantar de vez.

      Nao consigo acreditar que tenha gente que acha que “2019” nao se repete. Que falta de coragem, poha! Claro que o que passou nao vai se repetir, mas coisas BOAS NOVAS podem!

      E nem sei se, perdendo a copa, a gente nao estaria em posiçao melhor, com mais tempo pra treinar de verdade. Fora de que vai ser osso duro pra colocar um time disputando DE VERDADE um resultado averso.

      SRN

    • author avatar
      CARLOS MORAES 2 semanas ago Responder

      Nao discordo de todo.
      Apenas acrescento um nome.
      Pablo Mari.
      Esse sabia, como poucos, sair jogando.

      Não culpo ter sido vendido.
      Ele quis sair, voltar para a Europa, incrementar a sua carreira.
      Deu um azar da porra.
      Em um dos primeiros jogos no Arsenal, contundiu-se, ainda no primeiro tempo, saiu de campo e não mais voltou.

      SRN
      FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      chacal 2 semanas ago Responder

      com tantos problemas ,dificilmente ergueremos alguma taça esse ano.
      eu tô quase jogando a toalha!
      mas , não creio em corpo mole.

      SRN !

  • author avatar
    Urubu-rei 2 semanas ago Responder

    No ecossistema futebolístico mundial, o Flamengo exerce a nobre função de verdadeiro revelador de técnicos. Revelador no sentido de DESNUDADOR, uma função profilática, quase de limpeza, talvez por emular seu símbolo, o urubu.
    Sim, pois nenhum técnico consegue passar pelo Flamengo e continuar escondendo sua verdadeira matéria-prima, seu EU, sua real competência.
    Quem é bom se consagra, quem é fraco, charlatão, se mostra de corpo inteiro.
    O Flamengo devia cobrar da FIFA, um fee por esta benemerência.

    • author avatar
      Henrique 2 semanas ago Responder

      Kkkkk, muito boa, essa observaçao!

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 semanas ago Responder

    A história poderia se outra. Um retrospecto que poderia ser trágico se a realidade não fosse a realidade. No memorável jogo contra o River Plate ano passado, o Lincoln quase entrou em campo, já imaginaram se o primeiro gol do Flamengo marcado pelo Gabigol, a bola caísse nos pés do Lincoln.O lance foi idêntico ao de ontem só trocaram-se os lados…

    • author avatar
      Urubu-rei 2 semanas ago Responder

      DEIVID fez escola…

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 semanas ago Responder

    A impressão que o Rogério Ceni passa é que ele está deslumbrado em ser técnico do Flamengo, qualquer hora vai pegar a caneta e caderninho em punho vai pedir autógrafos aos jogadores. Enquanto ele não assumir o quem manda nessa porra sou eu, a coisa não anda e os caras vão ficar fazendo corpo mole. Rogério, fecha os olhos e finge que você ainda está no Fortaleza…

  • author avatar
    Urubu-rei 2 semanas ago Responder

    É preciso que Rogério Ceni incorpore seu próprio avatar….
    Aquela imagem meticulosamente lapidada por toques de marketing e turbinada pela imprensa bairrista paulista. Aquela imagem de técnico revelação, exímio estruturador de sistemas defensivos, estudioso, workaholic e outras bajulações.
    Ou ele assume de vez o comando do time, praticando a meritocracia, barrando os perebas e aqueles eventualmente fora de forma – física e emocional; ou então vai naufragar e depois será expulso pelo vestiário traidor, como foi no Cruzeiro.
    Outrora vários técnicos morreram abraçados com um pereba chamado “Massaraújo”.
    Ceni corre o mesmo risco com Golem e Léo Peneira.
    Já disse e repetirei, periga ser conhecido como…
    CENI, O BREVE…

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 semanas ago Responder

    Queri a paciência de vocês para falar sobre certas coisas, uma delas é esse mito que se cria em torno dos “garotos da base”. Quando se fala deles, dá a impressão que todos são futuros pelés, zizinhos e castilhos (goleiro) redivivos, e não é bem assim. Não sou muito de consultar o google e muito menos estatísticas, já não tenho saco nem tempo, mas me parece que a maioria vai se transformar em “velhos da base” não jogando porríssima nenhuma. É o caso desse tal de Lincoln, porra, esse cara é um tremendo embusteiro, por que entra técnico, sai técnico e ele ainda faz parte do elenco?O Hugo, Neneca ou lá o que ele goste de ser chamado, andou fazendo umas presepadas para chamar a atenção da noiva nas redes sociais e ainda saiu “aplaudido de pé como no velho Theatro Municipal” (créditos para o Carlos Moraes). O Ceni acha que o time lutou bravamente, só ele que viu essa bravura, deve estar lendo muito gibi e vendo super-herói em cada jogador do time. Será que o Ceni não sente o que a gente sente? O óbvio? O time quando começa o jogo e logo, logo,se inicia aquela dança de rebolados e gentilezas pra se cobrar um lateral, e tudo em câmera lenta, já se vê que não há muita vontade de imprimir rapidez no jogo. E por aí os minutos se escoando. Uma corridnha ali, uma cambalhotinha acolá, tudo pra enganar e dizer que estão imbuídos no tal “espírito de luta”, esta babaquice que já é velha, criada por algum gênio da crônica especializada(epa!). Por esses gestos de preguiça total, todo mundo sente desde o primeiro minuto que o time quer mesmo é que o jogo acabe e que eles lavem as mãos como um João Cabral de Melo Neto quando deixa o poema, agora com direito a álcool gel. Todo mundo vê, menos o “chato pra caralho” (royalties para o Milton Leite) do Rogério Ceni.

    • author avatar
      Henrique 2 semanas ago Responder

      Concordo de certas coisas … Quando eu falei da “base” – me referi concretamente ao Ramon, e uns 3-4 garotos de meio-campo e ataque … ah de defesa tb … o que jogou com o Natan.
      Nem de longe acho que tenham a classe para sair arrebentando, mesmo tendo ganho muita coisa ja, na vida de nenem que tem, mas o goleiro nao é de todo ruim, o Natan tb nao, convenhamos.

      O importante é que os marmanjos estao esgotados, e acho que é algo psicologico. Talvez, digo, talvez, os jovens tenham mais gas, quem sabe.

      So sei que Michael e os outros esquisitos que tem chances sobre chances e nao convencem (quase) nunca, nao vao virar o resultado.

      Nao sei porque estamos tao perdidos … ta na hora de descobrir a razao, porque a partir de quarta-feira ou se salvam os proximos dias ou entramos numa crise. E, na minha idade, eu prefiro NAO entrar em crise alguma. Pssimo pra saude.

  • author avatar
    Henrique 2 semanas ago Responder

    Uma outra coisa repugnante e retadada é o fato do campeonato continuar com jogadores – os mehores dos times – na seleçao. Esse assunto, essa insanidade, tem quer terminar de vez.

    Se se copia qq porcaria, basta que venha da europa, que se copie isso tb de la.

  • author avatar
    Bill Duba 2 semanas ago Responder

    Incrível que pareça, tive essa sensação na quarta-feira contra o Diniz. A percepção era de que os comentaristas e a torcida pelo Ceni mais pareciam a torcida pela volta do status qquo de boshtta que assola o. Rádio com tentativas e mais tentativas de abaixar o patamar! Interessa aos treneros gaúchos de merdda a volta ao patamar de futebolzinho tupiniquim, aquela Dunguisse medonha e canalha, cretina que diz que aquele futebol de merdda é um futebol de resultados e de competição, quando tanto o timeco da CBF quanto o Mengão provavam que resultado é o cacete, porque a gente, em todas as esferas, só tomávamos cascudo atrás de cascudo.
    Ontem foi uma aula de anti Flamengo, de anti futebol Brasileño até a entrada do Arrascaeta, quando por 20 minutos esse merdda desse Ceni foi técnico ao invés de trenero, tirando um beque inerte pra entrada dele.
    Não está tudo destruído,mas a mesma impaciência com o Domecq tem que cornetar o Ceni, o que se viu por 65 minutos em campo ontem é simplesmente REDÉCULO!

    Saudações Rubro Nigérrimas

    • author avatar
      Bill Duba 2 semanas ago Responder

      Mas esse sem vergonha escroto do Ceni tem que se decidir: ou ele é técnico de verdade ou é só mais uma mentirinha de boshtta (o que parece ser o mais provável) com pequenos lampejos quando a vaca está indo pro brejo.

      • author avatar
        Henrique 2 semanas ago Responder

        Eh, tb nao sei o que ele é, mas convenhamos, esta ha 2 jogos aqui. Mas o que ontem me deu um grande desanimo foi ver o time retroceder. Nao esperava por isso de jeito nenhum.
        O jogo contra o sp foi razoavel e montou esperança que agora iriamos construir de novo um futebol vistoso e vencedor.
        Infelizmente estamos caco sobre caco.
        E repito, nao consigo entender como chegamos a esse ponto.
        SRN

    • author avatar
      The Trooper 2 semanas ago Responder

      O que é mais engraçado é que pediram a demissão do Dome insistentemente, desde o seu primeiro jogo.

      O Rogério Ceni é, de forma unânime, um dos únicos treinadores caseiros com algum potencial para fazer algo diferente da baixaria reinante.

      Abrimos mão de alguém que bebeu na fonte de ninguém menos que Guardiola por mais de uma década, por alguém que fez alguns meses de bom trabalho no… Fortaleza.

      Decisão estranha, curiosamente aplaudida pela massa, dopada pelo efeito de manada das redes sociais.

      Enquanto isso, a dupla de zaga continua entregando todo o ouro possível.

      • author avatar
        Ogrão 2 semanas ago Responder

        Esse papo de que o Dome conviveu com o Guardiola por dez anos… ora, façam-me o favor! Minha gata dormiu durante dez anos em um forno abandonado e nem por isso aprendeu a ser bolo ou biscoito…

        • author avatar
          The Trooper 2 semanas ago Responder

          Então deixa de ser cuzão e compra uma cama decente pra sua gata, arrombado.

        • author avatar
          arthur maciel 2 semanas ago Responder

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • author avatar
    Henrique 2 semanas ago Responder

    Bem, depois do desabafo triste é de se tratar de levantar a cabeça e olhar pra frente , decidido, com coragem e vontade de ganhar de 100%.

    Nao vamos ter um monte de gente na quarta (Pedro parece ser o proximo) – entao é melhor fazer o corte loho e colocar pra treinar os da base que estao esperando.
    Claro que nao terao o nivel dos craques, mas quem sabe mais força de vontade e um corpo que esteje saudavel.

    Nao ha escolha possivel. Nao serah com Vitinho e Michael e mais uns 50% ok que vamos virar o placar.
    Que coloque os que estao com saude em campo e os treine até quarta.

    Nao entendo como é possivel que um sistema defensivo seja tao ruim como o apresentado ontem. Todo mundo sabe o que é defender de verdade, seja o Ceni ou os jogadores. Entao, o que estao fazendo em campo? Como nao conseguem impactar, marcar e sair RAPIDAMENTE jogando?
    E porque nao fazem pressao na frente? Ja que sao incapazes de furar bloqueios, a pressao na frente é a chave para chegar ao gol facilmente. Porque nao fazem, como contra o SP?

    Tem algo muito perebeiro acontecendo.
    Essa lentidao e imprecisao vem de onde? Eles vivenciaram todos como era em 19, como é que se faz a coisa de maneira simples e mortal. Porque nao conseguem mais? Eu nao entendo onde reside o problema.

    E esse monte de jogadores machucados?
    Isso tb nao é normal. Os outros times tem tb um calendario recheado, nao somente o Flamengo. O que esta sendo feito errado?

    Nao vejo o que a diretoria poderia ter feito diferente – falando de futebol.
    Seguraram (raridade !!!) um elenco caro e super bom (raridade !!!) e foram confrontados com a saida inesperada do magico.
    Contrataram um tecnico no qual poderia se ter SIM esperanças.
    Nao deu certo. Contusoes, fora de forma durante meses meses de certos jogadores, calendario compactado.
    Mas nao vamos esquecer – tivemos SORTE com os resultados do Brao. Nossos E dos outros. Se tivesse existido um time mais ou menos vencedor de quase todas, estariamos ja ha meses sem chances, um mundo de pontos atras. Nao foi azar, quero dizer com isso.

    Mas o que foi, o que é, e que NAO ACABA, isso eu nao sei. Ta tudo caindo em pedaços, mesmo com muitos se esforçando pra segurar as pontas.

    Uma coisa me passa sempre pela cabeça, mas nao sei se é valido, esse pensar:
    Acho que varios jogadores (Gabriel, BH, Gérson e talvez outros) estavam esperando sair com o JJ. Nao aconteceu.
    Serah que isso cortou o barato de alguns? Até hoje?
    Nao consigo entender como o BH esta tao fora de forma desde o inicio do ano. Por exemplo.
    Sera que no time temos rachas importantes?

    So sei que independentemente de tudo isso e de mais – eu quero ver em campo 11 jogadores de futebol que formam um TIME e que suem a camisa até o apito final.

    TEMOS que ganhar na quarta, senao a crise se instala.

    SRN

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 semanas ago Responder

    Olha, vocês querem saber de uma coisa? Podem tirar o cavalinho da chuva: esse flamengo que aí está não vai ganhar mais porra nenhuma esse ano, vamos ficar com aquele carioqueta e olhe lá. Como bem frisou o Arthur, esse time está igualzinho aos outros, sem tirar nem por, eu diria até que está igual aos piores flamengos que já vimos, talvez até pior do que aquele que tinha bons números, estava ganhando, mas não jogava porra nenhuma, do abelão, aliás, igual a esse. O Rogério Ceni parece que está se cagando de medo do elenco, está honrando aquela subserviência extemporânea em que só faltou esgarçar as albugíneas do Zico e, pior, continua assim, não se vê ele dar esporro em ninguém, na entrevista final (eu li o resumo) não tenho mais saco nem me resta tempo de vida pra ouvir babaquices, ele cansou de enaltecer os jogadores, o tal chamado espírito de luta, ele deve ser medium, pois só ele viu esse espírito. Um bando de jogadores que parecem mortos vivos, cambaleantes, dignos de filmes de zumbis (devem ter saídos de uma dessas séries que pululam nesses streams (epa!) hodiernos. Se essa apatia patológica não mudar, sei não, é outra goleada para os bâmbis. O resumo disso tudo que vociferei aí em cima aparece em dois lances emblemáticos (epa!), primeiro: a falha grotesca do Hugo Neneca ou lá que diabo ele gosta de ser chamado e que o transformou em herói como soe acontece nesse país de presidente genocida. A segundo o gol perdido pelo Lincoln que veio desbancar o famoso gol do Dêivide, esses dois episódios representam o que vai na alma desses atuais jogadores, um vazio de fazer inveja ao vácuo absoluto. Espero sinceramente que eu esteja cometendo um daqueles inúmeros erros que já cometi na minha vida.

    • author avatar
      Bill Duba 2 semanas ago Responder

      Com o relator

    • author avatar
      Márcio Costa 2 semanas ago Responder

      Concordo.
      Sendo objetivo.
      Era jogo pra ganhar.
      Se não ganhou e fez esse esforço sinistro pra tentar ganhar contra o Atlético Paranaense, é porque estamos fora da briga pelo título.
      G4 vai ser lucro pro Fla nesse ano.
      Grêmio e Palmeiras vão chegar.
      Até porque G6 pra a gente tá a perigo, pq Palmeiras e Grêmio têm um jogo a menos e estão voando.
      E a sorte tb virou. No 1º turno fomos salvos em vários jogos (Grêmio, Botafogo e Vasco com o VAR, e uns com gols no último lance – Goiás e Inter). Agora estamos do outro lado da moeda.
      Esse time tá me lembrando aquele do Ronaldinho Gaúcho de 2011, que foi pegar uma vaga no G4 no sufoco.
      SRN

    • author avatar
      The Trooper 2 semanas ago Responder

      Uma coisa vc acertou: esse ano não vamos mesmo mais ganhar nenhum título além dos 4 que já ganhamos.

      Todos os campeonatos que estamos disputando só terminam em 2021.

      Sobre esses, ganharemos ao menos o Brasileirão (anota essa para o próximo livro, Murtinho)

  • author avatar
    Helmann 2 semanas ago Responder

    Boa Arthur

  • author avatar
    Jader 2 semanas ago Responder

    Pai tá On. Metralhadora giratória

  • author avatar
    CARLOS MORAES 2 semanas ago Responder

    Um pequeno comentário, mesmo que repetido a não mais poder.

    PALMAS, PALMAS DE PÉ, GRITANDO BRAVOS E PEDINDO BIS, COMO NOS VELHOS TEMPOS DO THEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO ! ! ! ! !

    Retornarei, mais tarde, com minhas próprias observações.

    Mais do que entristecidas SRN !
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Maurício Luz 2 semanas ago Responder

    Valeu a chamada, Arthur. Mas essa massa azedou, esse bolo solou e depois queimou. Desde os 80 que Flamengo não tem fase boa. Tem um ano incrível (o termo polissêmico é intencional) intercalado a vários inacreditáveis. O espetacular 2019 não terá sido diferente. Por isso nosso Sebatianismo (de sua lavra) recorrente. Agora é hibernar à espera do próximo lampejo e chorar os mortos reais e futebolísticos desse 2020 digno de esquecimento. Quem sabe o certo é mesmo não manchar a memória com um título no ano em que os desprezíveis desprezaram tudo que temos de bom – como espécie? SRN.

  • author avatar
    Urubu-rei 2 semanas ago Responder

    Algumas coisas, inclusive no futebol, vão se tornando tão frequentes que viram quase uma Lei. Um Direito consuetodinário…
    Uma delas é o jogador claramente sem condições físicas, se “negar” a ser substituído, sinalizando inclusive para o “banco” que está tudo bem.
    Talvez seja motivado pelo desejo de mostrar prá torcida que é um abnegado, que dá o sangue pelo time, que veste a camisa…
    Mas no fundo, é um comportamento altamente temerário. Sim, pois pode aprofundar uma lesão, além de fortalecer o adversário, pois se torna um zumbi em campo, pronto prá entregar a rapadura.
    Foi o que fez ontem Thiago Maia.
    Só depois que errou o segundo passe fácil e armou o contra-ataque, que redundou no gol do opositor; foi que botou a mão no joelho, caiu em campo e pediu a tardia substituição.
    Só uma coisa foi mais criticável que este comportamento, sua escalação na ponta direita (!)

  • author avatar
    walkírio silva 2 semanas ago Responder

    Opinião equilibrada de um Rubro Negro que está sentindo-se magoada com a situação em que estão conduzindo o time do Clube de Regatas do Flamengo. Suas palavras, Arthur, refletem o sentimento de todos os Torcedores do Mais Querido, e a pergunta é uma só: ” o quê está acontecendo? Hoje, o Clube de Regatas do Flamengo completa 125 anos… fundado 4 anos antes do primeiro golpe político/militar, sobreviveu às intempéries do tempo, entre glórias ( muitas) tristezas ( algumas)…mas…estamos no século XXI, tecnologia super avançada…e…ainda vemos atleta ” sentindo câimbras ou cãibra ( antes que “algum” sabichão queira corrigir-podemos usar as duas definições no feminino, quando se tratar de contrações musculares-), profissionais super competentes na preparação física dos atletas ( e o atleta ” corre prá não chegar”,), é inadmissível um Clube da envergadura do Clube de Regatas do Flamengo, manter em seu quadro atletas de nível tão inferior à média nacional ( já estavam no Clube em 2019 e quando participavam apresentaram as mesmas deficiência de hoje- ou melhor- eram ineficientes- e agora mais ainda- e continuam no time).Clube de Regatas do Flamengo- 125 anos… eu , torcedor a 71 anos, vi, ouvi, assisti o MengãoMaravilhoso, vencer, perder, empatar… formou grupos maravilhosos, medianos e às vezes abaixo do nível… mas… lutavam, se esforçavam, honravam o Manto Sagrado… Meu Flamengo onde está a sua garra, a vontade vencer, vencer, para onde foi o espírito de lutar, lutar, lutar até o fim? Ainda nos resta o Hino: Flamengo, Flamengo, tua glória é lutar… O bolo dos 125 anos está sem fermento, adoçante e ” encroou “…

  • author avatar
    Rasiko 2 semanas ago Responder

    Coisas do espírito. Esta pequena e contundente frase define com perfeição o que se passa no Flamengo. E no mundo. Além da própria pandemia ser consequência dessa baixa vibração em corrida acelerada prum buraco que parece que não ter fim, o fundamental fator da ausência da torcida – e que torcida! -tem se mostrado decisivo. O universo é uma rede onde todos os pontos estão conectados e são interdependentes. Um pensamento ou ação aqui, tem reflexos imediatos ali, tenha-se consciência disso ou não. As recorrentes atitudes desprezíveis dessa diretoria, pródiga na matéria, intoxicam e contaminam o ambiente mais do que qualquer vírus, por serem… coisas do espírito. O talento sem a força do espírito, a confiança na sua sabedoria e a consciência de que é ele que está no comando, simplesmente não funciona: as pernas fraquejam, a atenção se dispersa, a noção de responsabilidade se perde e o nível de atuação, antes de excelência, cai, no barato, pra metade (medíocre). E é o que temos visto. De que adianta ter um Arrascaeta se a finalização depende de um Lincoln? Que “fabuloso” elenco é esse se temos que recorrer a um patético Michael?Qual o sentido de se ter à disposição jovens zagueiros talentosos (Natan, Thuler, Noga e Otávio, todos elogiados pelo craque Téo Benjamim), se, entra treinador, sai treinador, a insistência é na mediocridade da dupla Gustavo Henrique/Léo Pereira, visivelmente sem autoconfiança? O mesmo vale pra escalação do Renê em detrimento do Ramon. Há que se reconhecer os fatos e não brigar com eles. Seria uma perda inútil de energia. Aqui, deste canto inexpressivo, não há o que eu possa fazer, além de escrever estas linhas que não passam de um desabafo de alguém que não frequenta mídias sociais, mas a torcida pode e osdiversos Conselhos da instituição C:R.Flamengo também. Com eles a palavra e a ação.

    srn p&a

  • author avatar
    Henrique 2 semanas ago Responder

    Fuderoso texto que vai do centro ao miolo da coisa. Perfeito.

    Ontem, pela primeira vez nesse ano, tive a impressao bastante nitida que nao vamos ganhar absolutamente mais nada.

    Decepçao imensa de ver o time regredir de novo, perder tudo, e em todos campos, que poderia existir, ser até pior em tatica e seguimento da tatica do que o outro. O minusculo.
    Esforçados sao, mas sem linha, sem cabeça e todo mundo num patamar abaixo do que poderiam, e principalmente deveriam, ser.

    Perdi a esperança do Brao. Da liberta nem falo. Pode ser que a Copa seja a unica real possibilidade. Em 2 jogos contra adversarios bons, mas jogaveis.
    Nao sei.

    Deprimente ao extremo o que vi ontem.

    E que nao se procure perebas no time e coloquem os erros neles. O time esta cheio desses, mas a “liberdade” que tem de SER perebas MESMO, é essa que espanta.

    Temo que o ano acabou. E infelizmente, a diretoria perdeu uma oportunidade imensa de fazer um trabalho de continuaçao em nivel altissimo. Despencamos.

    SRN

    • author avatar
      Bill Duba 2 semanas ago Responder

      Tive essa sensação na quarta feira! Me surpreendeu a entrada extremamente tardia do Arrascaeta no lugar do beque de roça! Mas pelo menos surpreendeu pra melhor.

      • author avatar
        Henrique 2 semanas ago Responder

        Me diga, Bill, quais sao as razoes para tudo isso? Chuta!
        SRN

  • author avatar
    Ogrão 2 semanas ago Responder

    Pra mim, o que faz falta ver é a vontade que aquele time do ano passado tinha, aquela disposição de não perder nenhuma dividida, não acreditar em bola perdida.
    Já dizia o filósofo Neném Prancha, “Jogador de futebol, tem que ir na bola com a mesma disposição com que vai num prato de comida. Com fome, para estraçalhar.” Os jogadores são os mesmos, se eles quisessem, mandavam o esquema tático às favas e jogavam o que sabiam ano passado. Falta vontade a todos eles, sem exceção. Agora o cara perde a bola e fica olhando o adversário jogar… Um time pacato, tranquilo, sem vibração. E, sem vontade de quem chuta a redonda, não há nada que o treinador possa fazer. Cadê a RAÇA ???? Será que o Jesus levou na mala?

    E, aproveitando, mandar aquele “Vai se foder” do fundo do coração pro Agenor e seus patrões. Se vai levar o jogador, pelo menos devolva do mesmo modo que pegou, né? Devolver estragado toda vez não dá…

Deixe seu comentário