República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

De Carlinhos para Carpegiani

Por | 6 de março de 2018
Carlinhos Violino foto globo esporte
23 Comments
  • author avatar
    Henrique 6 meses ago Responder

    Deixa eu fazer um pouco de inveja aos amantes da beleza da Claudinha.

    Teremos mes que vem aqui em Zurique um ciclo com todos ou quase todos filmes dela.

    https://www.filmpodium.ch/reihen-uebersicht/57575/claudia-cardinale-br1-april-15-mai

    Peço a dica para os chegados à ela quais TENHO que ir ver. Sejam seletivos, por favor.

    SRN

    • author avatar
      Carlos Moraes 6 meses ago Responder

      Se fosse possível, iria a todos.

      Há, quando nunca, três clássicos, todos rigorosamente imperdíveis – Belo Antonio, Oito e meio e Gattopardo.

      Muito provavelmente o festival é em homenagem aos OITENTINHA da Claudinha, a serem comemorados exatamente no mês que vem.

      SRN
      FLAMENGO SEMPRE

      • author avatar
        Carlos Moraes 6 meses ago Responder

        PQP !

        Sou saudosista, mesmo !

        Não é que indiquei ao nosso Suiço, com a maior convicção, diga-se de passagem, três filmes clássicos, todos da década de 60 (1960, 1963 e 1963) !

        Bolognini, o menos famoso, Felini e Luchino, dois mestres dos maiores.

        Não perca pelo menos estes três e, depois, dê-me a sua opinião.

        SRN e Claudianas
        FLAMENGO SEMPRE e Cinéfilo do passado

        • author avatar
          Henrique 6 meses ago Responder

          Obrigado, Carlos.
          Gatopardo jah estava na mira, os outros vou entao colocar na agenda.
          SRN

  • author avatar
    GILBERTO T. SANTOS 6 meses ago Responder

    Bom comentário do Marcelo, principalmente as dicas para uma possível mudança do esquema de jogo, onde hoje o atacante fica isolado lá na frente, na minha modesta opinião preferia o 4-3-3, com Diego Alves ou Cesar; Rodinei, Rever, Juan ou Leo Duarte e Éverton; Cuellar, Jean Luca ou Ronaldo e Paquetá; Lincoln, Dourado e Vinicius Jr.
    Barca para Pará, Renê, Trauco, Geuvânio, Aarão, Diego, Éverton Ribeiro, Rômulo e Guerrero e encabeçando Ridículo Caetano, Jayme, Mozer, Luz e Lomba
    Contratação de Zeca ou Mina ou Edílson e na esquerda Arana do Curica, na defesa Leonardo Silva e na criação o Jádson ou o Dudu.
    O elenco está capenga, mais uma vez Ridículo Caetano, mesmo com grana, não consegue fazer um elenco, agora temos bons goleiros e faltam laterais, bons volantes e faltam zagueiros…
    Carpegiani devia ser o gerente de futebol, cargo para o qual foi contratado e como treinador deviam tentar o Abelão mais uma vez ou o Cuca…
    SRN!!!

  • author avatar
    Henrique 6 meses ago Responder

    Falando de futebol e nao mais de batatas:
    Enquanto o imenso Flamengo jogou contra … quem mesmo … o BASEL jogou pela oitava de finais contra talvez o melhor clube do mundo: CITY.
    E nao é que quebraram o recorde desses, fora de casa?

    Eh o que digo: Sem um trabalho de conhecedores, e árduo – a gente fica so vendo o que vemos, tendo os adversários que temos …. e falando de batatas.

    • author avatar
      Carlos Moraes 6 meses ago Responder

      O Basel, jogando fora de casa, quebrou o récorde do City jogando em casa.

      Apenas esclareço e parabenizo, apesar … do time reserva dos ingleses.

      Não é que o estupendo Guardiola deu uma de técnico brazuca, escalando praticamente TODOS os reservas (mesmo que da qualidade de jogadores titulares de suas seleções como Bravo, Stones, Gabriel Jesus e por aí vai).
      Poupar é bom, mas com parcimônia, vale dizer, com inteligência.
      Oito reservas de uma só vez é dose .

      SRN
      FLAMENGO SEMPRE

      • author avatar
        Henrique 6 meses ago Responder

        Sim, Carlos teve reservas nisso.
        Mas ganhar DESSAS reservas é tarefa ardua, concorda?
        E sejamos claros – reserva em clubes assim quando tem uma oportunidade, se arrebenta em campo, nao passeia.
        E o Guardiola é um perfeicionista – ficou com muita raiva do que viu.

        Achei o Basel bom e tranchant !

        SRN

        • author avatar
          Carlos Moraes 6 meses ago Responder

          … e com um bom número de torcedores presentes, apesar da goleada do jogo de ida, que seria impossível reverter.

          Claro que os reservas eram de luxo, pois, como já disse, haviam titulares absolutos de várias seleções, inclusive da nossa, o Gabriel Jesus.

          Bravo na do Chile e Stones na da Inglaterra são absolutos e atuais.
          Yaya Touré na da Costa do Marfim é passado.
          Foden, na da Inglaterra, é futuro, além de ter sido campeão mundial sub 17 e astro desta jovem seleção.

          Todos os poucos titulares que atuaram, Bernardo Silva, Sané e Gundogan, certamente irão ao Mundial e provavelmente atuarão pelas suas seleções, as fortíssimas Portugal e Alemanha.

          Com exceção dos dois laterais, o nosso Danilo e o ucraíno Ginchenko, todos jogadores de seleção, a maioria das de hoje, um da do passado (Yaya) e outro da do futuro (Foden).

          Um timaço, sem o MENOR PARALELO com qualquer um do nosso continente.

          SRN
          FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Fernando Amadeo 6 meses ago Responder

    Parabéns pelo magnífico texto! E olha que uma das dicas do Carlinhos já está dando liga: Diego e Paquetá estão supimpas nas cobranças de falta! Ontem, foram perfeitos! Ricardo Lomba, por favor, ponha em prática a outra dica do Carlinhos: passe o filme “Copa União”, dos diretores Diogo Dahl e Raphael Vieira. Resgate nossa camisa! SRN!

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 7 meses ago Responder

    Agora vem cá: quem é ( ou foi) Tubira?

    • author avatar
      Marcelo Dunlop 6 meses ago Responder

      Tubira é uma espécie de batata.

      Mas, segundo a jornalista Joana Dale, a origem da antiga rua pode ser outra:

      “Reza a lenda que o nome Tubira”, escreveu a jornalista de “O Globo”, “surgiu por conta de recomendações geográficas passadas por um jornaleiro português, que trabalhava numa banca na esquina com a Bartolomeu Mitre, numa época em que as ruas do Leblon eram cortadas pelas linhas do bonde. O povo descia do bonde e perguntava: “Onde é que fica o campo da Gávea?”. E o português repetia o dia inteiro “Tu vira à direita”, que, com aquele sotaque, virou “Tubira à direita”.”

      • author avatar
        Carlos Moraes 6 meses ago Responder

        Gostei muito desta explicação, muito viável, por sinal.

        Rua das Batatas, não me parece lógico.

        Morei, pelas minhas atividades profissionais, algum tempo em Curitiba.
        Lá existe um bairro, onde mora, segundo as fofocas, o inefável ^judge^, meio de segunda, a bem da verdade, chamado Bacachery.
        A explicação para este nome tão inusitado e ilógico é no mesmíssimo sentido.
        Nos tempos em que tudo se assemelhava a uma grande fazenda, teria existido ali um português que idolatrava a sua vaquinha, chamada Cherie.
        Daí, Baca ,,, cherie, que passou a ser Bacachery.

        Por sinal, minha família mudou-se, em 1948, para o Leblon, à época um grande areial,
        Passava, indo para a Gávea, algumas vezes até mesmo de bonde, o 21, que era o Circular, ou o 11, o Jardim Leblon (deveria ser Jardim Botânico-Leblon, mas ficaria muito grande), pela rua Tubira, mas JAMAIS me preocupei em saber a origem do nome.
        Exatamente hoje, ao ler o ótimo artigo, foi a primeira vez que me indaguei – o que será Tubira, pois mortinho (não pode haver rua com nome de pessoas vivas) não é.

        Fraternas SRN
        FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Nicolas Souza 7 meses ago Responder

    Rua Tubira para Carlinhos Violino já!!

    • author avatar
      Marcelo Dunlop 6 meses ago Responder

      Onde assino? OSS

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 7 meses ago Responder

    Dunlop, jà que você falou,e muito bem, de coisas mortas,acho que o nosso Carlinhos violino poderia exercer seu poder junto ao todo poderoso pra ver se ressuscita a camisa rubro-negra, quer dizer, a antiga, com sua magia, com sua mística. A atual anda oca, vazia e correndo pelos gramadas carecas (bem condizentes com o seu esfarrapamento) como alma penada. Uma reincarnação do glorioso manto que morreu seria de bom alvitre (epa!).

    • author avatar
      Marcelo Dunlop 6 meses ago Responder

      Se o Carlinhos baixar de novo, falo com ele, grande Xisto. Concordo contigo.

  • author avatar
    Garrudo de Diamantina 7 meses ago Responder

    Muito bom.

  • author avatar
    bart9h 7 meses ago Responder

    genial

  • author avatar
    Roberto Fla 7 meses ago Responder

    Sensacional Marcelo!

    Abraços e SRN

  • author avatar
    JP Careca 7 meses ago Responder

    Salve mestre Carlinhos! Salve mestre Dunlop! Que o divino rubro negro ouça nossas súplicas, pq tá brabo.

  • author avatar

    Lindo e suave texto meu caro, ótimo para amansar a alma e sorrisar o coração antes de dormir. Boa noite e saudações rubro negras.

    • author avatar
      Marcelo Dunlop 6 meses ago Responder

      Valeu Esdras.

Deixe seu comentário