República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

De Kanela@Ceu para Jesus@CRF

Por | 17 de janeiro de 2020
Togo Soares Kanela em 1971 Foto Arquivo Nacional
27 Comments
  • author avatar
    Giselle Crespo 3 meses ago Responder

    ESPETÁCULAR!!!! Esta carta precisa ser entregue ao Mister…

  • author avatar
    Pedro Henrique Trajano 3 meses ago Responder

    Fodaaaaaa !!! SRN

  • author avatar
    chacal 3 meses ago Responder

    sensacional !!!

    SRN !

  • author avatar
    Carlos Moraes 3 meses ago Responder

    Prometi, vou cumprir.

    Comentar um texto perfeito, impossível.

    Vou fazer uns adendos, eis que vivi intensamente a era Kanela.

    Em primeiro lugar, uma omissão, que, de forma alguma, atinge a beleza do texto.
    Kanela, técnico de futebol.
    Foi, nem sei o motivo, apenas no ano de 1949.
    Não foi feliz, não ganhou o título, que, para variar, à época, acabou com o Vasco.
    Um detalhe que me parece importante.
    Rasiko e eu já escrevemos aqui mais de uma vez.
    A histórica vitória do Flamengo sobre o Arsenal, em São Januário, por 3 x 1, na estréia do nosso melhor goleiro de todos os tempos, o paraguaio Sinforiano Garcia.
    Kanela o nosso técnico, na oportunidade.

    Vermelho (a pele, não na politica) como poucos, brigão como poucos, imaginem a cor que ficava no meio das confusões.
    Uma figuraça.
    No basquete, uma partida muito mais do que curiosa.
    Em 1950, salvo engano.
    O Fluminense, no Cariocão, estava se metendo a besta.
    Reforçou o seu time e badalou que ia ser o campeão.
    Jogo à noite, lá longe (para mim), no Ginásio do Municipal.
    As regras eram totalmente diferentes.
    Não havia limite de tempo de bola, muito menos cesta de três pontos e por aí vai.
    O resultado final, a minha memória está falhando,
    Posso garantir que ganhamos fazendo apenas DEZOITO pontos.
    Prendemos a bola o tempo todo e os tricolores, de bico aberto, a correr atrás.
    Coisas do Kanela.

    Como escreví, apenas umas recordações.
    Pessoais, sem dúvida, mas sobre momentos marcantes na vida flamenga e ^kaneliana^.

    Agradecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    PS – Nunca ouvira falar no livro, também na autora. Maria Célia Kanela. Com a mais absoluta certeza, Kanela morreu (já com bem mais de oitenta) solteirão e sem deixar filhos. Quem é ela, indago.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Não faço ideia, desconfio que uma irmã ou sobrinha. Jô Soares pode nos esclarecer. Ótimas lembranças! Kanela também foi o louco genial que mandou o Jair Rosa Pinto embora da Gávea. Além desta vitória contra o Arsenal, ele também meteu um 2 a 1 no Chelsea, há quase cem anos, num torneio em que ele dirigia a Seleção do Rio. Graaande Kanela!

      • author avatar
        Carlos Moraes 3 meses ago Responder

        Domingo de chuva, campo da Gávea.

        Lá estava eu.

        Em 10 minutos, fizemos 2 x 0.

        No final, V asco 5 x 2.

        Consequência – Jair da Rosa Pinto, o famoso Jajá de Barra Mansa, foi defenestrado, acusado de ter amolecido o jogo. Teve a sua camisa queimada.
        … acabou por inspirar o nome de um certo alguém. Não podia dar certo, mesmo.

        SRN
        FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Tiba 3 meses ago Responder

    Eu amo basquete e o Flamengo.

  • author avatar
    The Trooper 3 meses ago Responder

    Que espetáculo.

    Isso sim é um textaço flamengo.

    Obrigado, Dunlop.

    Em sua homenagem, já tirei uma The Trooper na guitarra, com uma paleta com seu nome escrito.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Tenho uma dessas, com uma tartaruga desenhada? Ou é outra? Kkkkk

  • author avatar
    Ricardo 3 meses ago Responder

    O Mister Jorge Jesus precisa ler essa carta com urgência…
    Você é f…, Dunlop!

  • author avatar

    Esse e o verdadeiro espirito que move o Flamengo!!!! Força viva da natureza!!!!

  • author avatar
    Alessandro Matos 3 meses ago Responder

    Ter esse local e desfrutar todos os dia é impagável, indescritível o que vcs fazem por amor , cada um trás a emoção , a paixão ao seu modo de vista, cada jóia que temos o deleite de ler quantas vezes possível, eu como um amante da leitura só tenho a agradecer de coração aberto e cheio de energia flamenga ao universo por conseguir juntar e misturar essa constelação de estrelas nesse magnífico e autêntico blog de puro amor ao Flamengo, obrigado, obrigado e muito obrigado de uma alma flamenguista .

    Como é ótimo ser flamenguista e saber que temos uma nação que ama e segue religiosamente o Flamengo assim como o quinteto rubro-negro e eu.

    Muito obrigado Dunlop.

    Muito obrigado Murtinho.

    Muito obrigado Nvinha.

    Muito obrigado Bela Vivi.

    Muito obrigado Arthur.

    Vocês são jóias raras de incalculável valor que temos um enorme prazer de ler e se deliciar com as crônicas flamengas de todo dia.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Quero um “Belo Dunlop” na próxima!

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 3 meses ago Responder

    Depois de ler esse belo texto, acabo de saber: Marilene Dabus morreu, tristeza absoluta. O Flamengo de luto.

  • author avatar
    Carlos Moraes 3 meses ago Responder

    Lindo de morrer !

    Quando passar a emoçção, escrevo mais !

    Mais do que emocionadas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar

    *Acabei de ler o texto do Dunlop… simplesmente SENSACIONAL!!!…com certeza minha velha avó paraibana e flamenguista de sete costados, prima de outro paraibano flamenguista, José Lins do Rego, diria do alto da sua sabedoria quase se secular que “esse menino escreve como se estivesse com a mulestia da gota serena !!!”*
    *E com a licença do mestre Moraes… palmas de pé e pedindo Bis como nos espetaculos do antigo Theatro Municipal”*
    SRN

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Depois de publicar percebi que Zé Lins, Suassuna e Edilberto Coutinho, conterrâneos de Kanela, ficaram fora da carta. Mas certamente ajudaram a escrever e revisar.

      Bruxo, já tive gota, um dia que bebi muito e comi bastante carne, mas não sei se serena. Obrigado pelos cumprimentos, sempre. SRN!

      • author avatar

        Pra satisfazer sua curiosidade liguei para algumas velhas tias lá da Paraíba perguntando o significado de “gota serena”….vamos lá…
        Gota serena (ou gota-serena) é uma expressão popular da região Nordeste do Brasil, principalmente pras bandas de Ingá do Bacamarte…Itatuba e Serra Velha na Paraíba, onde se criou minha velha avó, cujo significado se refere a um, impaciência, nervosismo ou exaltação.
        Quando se diz que alguém está “com a gota serena” ou a “dar a gota serena”, significa o mesmo que estar furioso, bravo, irritado e danado com algo ou alguém.
        Em alguns casos, seria o seu, a expressão também é usada para indicar surpresa ou admiração, se referindo a algo muito bom, ou ainda, quando um determinado acontecimento é incrível, grandioso e memorável. E é aonde se encaixa esse seu texto…
        SRN

  • author avatar
    Chediek 3 meses ago Responder

    Sensacional! Suas crônicas merecem estar no site do nosso mengão! SRN

  • author avatar
    Fernando Amadeo 3 meses ago Responder

    HEPTACULAR!
    SRN!
    Como é bom ser Flamengo!

  • author avatar
    Ogrão 3 meses ago Responder

    Essas referências aos que tornaram o Flamengo o que ele é hoje são fundamentais para que as gerações mais novas tenham esse sentimento de pertencimento, de que essa história também é a deles, embora não tenham visto e vivido os fatos narrados.
    É como eu sempre digo à minha sobrinha, rubro-negra trazida para o lado claro da força apesar dos protestos do pai: um dia será sua responsabilidade fazer com que essa história e esses heróis não sejam esquecidos. E passar adiante o que você aprendeu.
    Graças aos céus e a essas inspirações que nos vêm dos que habitam aquelas paragens, ela tem se mostrado à altura da responsabilidade.
    E, verdade seja dita, o Mengão em fase rolo compressor tem ajudado muito…

    SRN, Dunlop. Mais do que parabéns, seu texto merece um agradecimento. Obrigado por ele.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Só mesmo aqui para ler um Ogrão sensível. Caro Ogrão, é exatamente isso. Oitenta por cento das informações desta carta do grande mestre Togo Renan estão em “A Era Kanela”, de Maria Célia Kanela e Pedro Zamora, livro inestimável para quem trabalha com basquete e torce para o Flamengo. Comprei na Estante Virtual, há uns anos, na certeza de que um dia renderia crônica. Obrigado, Jesus, e viva Kanela!

  • author avatar
    Aureo Rocha 3 meses ago Responder

    Caramba! Que texto! Sensacional!

  • author avatar

    Dunlop, meu camarada, tu é o Arrascaeta do teclado.

    Lendo sasporra aí que tu publica no RP&A, a gente fica achando que escrever é a coisa mais fácil do mundo.

    Abração. SRN. Paz & Amor.

    • author avatar
      Dunlop 3 meses ago Responder

      Você digita isso para todos. SRN!

      • author avatar
        Jorge Murtinho Neto 3 meses ago Responder

        Um homão desse tamanho, e ciumento.

        Próxima vez que for ao Rio, terei uma conversa séria com a Flavinha.

        Abração. SRN. Paz & Amor.

  • author avatar
    Muhlenberg 3 meses ago Responder

    Clap, clap.clap!!!

Deixe seu comentário