República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Conforme queríamos demonstrar.

Por | 1 de novembro de 2018
Boca e River (1) - Formato
69 Comments
  • author avatar
    Carlos Moraes 4 semanas ago Responder

    Muito que bem.

    Fala-se, em quase todos os comentários, da necessidade de mudanças, de contratações.
    Tenho para mim que não é este o problema mais importante do Flamengo.

    Puxa vida ! Nunca vi, nos tantos e tantos anos que acompanho o Flamengo, tantas contratações serem feitas como nestes últimos seis anos, a era do Banana.

    Houve quem fizesse um levantamento, chegando, salvo engano, ao estapafúrdio número de SETENTA.

    Pois bem, em razão exatamente disso, já coloquei aqui a escalação do Real Madrid campeão do mundo nestes três últimos anos.
    Os MESMOS JOGADORES.

    Vou dar outro exemplo.
    Não há times mais endinheirados do que o PSG e o Manchester City.
    Tanto dinheiro que está dando problema com a UEFA.
    Eis que o Manchester CIty (o PSG acho fraquinho em relação às demais equipes grandes da Europa), para esta temporada 2018/2019 contratou apenas e tão somente UM jogador, o argelino Mahrez, que era do Leicester.
    É isto aí. Monta-se um bom time e ponto final.
    Foi exatamente o que o Banana NÃO SOUBE FAZER, contratando, via de regra, pessimamente.

    Portanto, se surgir a tal BARCA, vamos às compras novamente, pelo SÉTIMO ANO consecutivo, provavelmente em grande escala, coisa típica de ^nouveau riche^, como se fôssemos da família Saud.

    Para trazer jogadores como Berrio, Marlos Moreno, Geuvânio, Uribe, Henrique Dourado, entre muitos outros, nada será resolvido.

    Lembro-me do Chico Anísio, de muitos e muitos anos atrás –
    ^O uqe devo de fazer, Dona Malena^.

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Henrique 4 semanas ago Responder

      Pleno acordo, Carlos. Sem estrutura, nao acontece nada. Virar a mesa serah um erro fatal.

      Mas espera ai, se nao me engano, vc tb xingou, e nao poucas vezes, de varios jogadores. Os que, alias, fazem ao meu ver parte dessa estrutura que ENFIM conseguimos esboçar.

      Agora resta a duvida – sao mandados embora ou nao? Quantos? Quem?
      E se nao sao suficientemente bons – como NAO contratar novos?

      A coisa nao é tao dificil como apareçe, veja o que escrivi em baixo, citando nomes de quem acho que deve ficar ou sair. Acho que necessitamos “somente” de 3-4 jogadores BONS para começar o ano de 19 com esperança.
      E quando falo de esperança (de titulos), nao falo do Carioca. Temos 3 titulos possiveis, Brao, Copa e Liberta. Para a ultima nao teremos time ainda, mas uma das outras 2 devem ser miradas. Garantia nao vamos ter, porque mata-mata pode ser sorte ou azar e o Brao é decidido com constancia, mas tb com sorte (2 chutes nossos pra fora, em jogos cruciais, fizeram desabar o trabalho do ano inteiro. Nao ha como se prevenir disso. Nem o Real, nem o City.).

      SRN

      • author avatar
        Henrique 4 semanas ago Responder

        Leio que o Corinthians estah jah na Inglaterra atras de reforços.
        Absolutamente correto o momento.
        E nos?
        De novo contrataçoes em cima da hora e por isso exorbitantemente caras?
        ISSO é tambem uma coisa que faltou nos ultimos 30 anos. Planejamento.
        Enquanto isso continuar, ficaremos um timeco.
        SRN

        • author avatar
          Carlos Moraes 4 semanas ago Responder

          Bravo ^suiço^,

          da sua tríplice lista, ou seja, dos que não podem, dos que não deveriam e dos que deveriam sair só tenho, por incrível que pareça, UMA discordância – René.

          Esse, pode sair, que não fará falta.

          Concordo com o restante.

          Há, no entanto, um grave problema – quem contratar.

          Entendo que no máximo uns TRÊS jogadores, mas que –
          a) sejam capacitados
          b) joguem em posições em que temos precariedade.
          c) por preços adequados.

          Dizem que o lateral esquerdo DODÕ está na alça de mira. De pleno acordo. Trata-se de um bom jogador e em posição deficitária.
          Já o Gabigol tenho as minhas dúvidas, até pelo exemplo do Geuvânio.

          Sinceramente, não entendi esta do Corinthians estar na Inglaterra. Mais do que provavelmente seria para repatriar algum jogador brasileiro, como o Richarlison. Não tem bala na agulha para tanto.

          SRN sinceras.
          FLAMENGO SEMPRE

          • author avatar
            Henrique 4 semanas ago

            Alo Carlos – KKKKK, efetivamente, é um milagre soh termos UMA unica discordancia.

            Concordancia total com o problema principal:
            Se sair alguem de peso, vao ter que contratar alguem MUITO MELHOR.
            E é nisso que falhamos durante anos e anos.
            A unica saida para isso é ter pessoas profissionais que sabem procurar e encontrar. O Basel, até pouco tempo atras, soube fazer isso durante mais de 10 anos. Agora capengou.
            Ou seja- nos capemgamos por muito mais de 10 anos – seria a nossa vez de fazer negocios bons, nao?
            Hoje em dia tem clubes que tem um imenso banco de dados sobre jogadores do mundo inteiro. Nao é possivel que seja tao dificil de contratar alguns que prometam.

            Gabigol nao, isso é soh mascara, sem conteudo.

            Mas enfim, quem soy yo para me meter nesses assuntos.

            SRN

          • author avatar
            Carlos Moraes 3 semanas ago

            De acordo.

            Gabigol é máscara pura.
            Na cobrança do penalti ficou claríssimo, ainda bem.

            Seria trocar seis por meia dúzia.

            SRN
            FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Carlos Moraes 4 semanas ago Responder

    VALEU !

    A inacreditável derrota para o Botafogo VALEU !

    Valeu a volta importantíssima do sábio EDVAN, o bom baiano de Alagoinhas, terra também daquele que cuspiu em cheio, valeu a volta da palmeirense de sete costados Bia Rago, que nem esnobou com o título já antecipadamente conquistado, valeu mais um comentário do fabuloso Rasiko, valeu o entusiasmo do Murtinho, nas suas respostas a cada um de nós, só ficam faltando mesmo as geniais cartas do Bill Duba, como aquela que, ontem mesmo, por mero acaso, rememorávamos no nosso CDN, um grupo de rubro-negros que jamais se deixou enganar pelas presepadas do Eduardo Banana de Merda.

    Como sou um admirador confesso e insuperável da RPA, fico extremamente feliz.

    Obrigado, Botafogo, que também poderia trazer de volta o botafoguense Fernando 3.

    Alegres SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

      Grande amigo Moraes receba aí um forte abraço….Rapazz, o cara parece um Príncipe… rsrsr

      Sério!

      Estendo os amplexos para toda a galera do República. e breve estarei mais amiúde por aqui…Só estou no aguardo de ver esse BANDEIRA pelas costas…TRAÍRA, JUDAS, …Que venha uma diretoria vencedora…

      E que desgraçado de azarado…XOU, DIABO…!!!

      Edvan-Alagoinhas-Ba,.

      • author avatar
        Carlos Moraes 4 semanas ago Responder

        Como é, serão neste domingo ou mesmo no feriado de amanhã as comemorações da rubro-negrada de Alagonhas (INT).
        Mande notícias.

  • author avatar
    Aureo Rocha 4 semanas ago Responder

    Após assumir o comando técnico do Flamengo, o time do Dorival Júnior andava jogando razoavelmente bem, até a derrota frente ao Botafogo.

    Foram 6 jogos, com 3 vitórias e 3 imerecidos empates – pois teve muitas chances de vencer esses jogos – com um aproveitamento de 66.66% (olha o número da besta aí), 13 gols a favor e apenas 3 contra.

    Então, qual a explicação para a péssima atuação de sábado passado?

    Se o time não é nenhuma oitava maravilha, também está muito longe de ser, por exemplo, um Vasco da Gama qualquer.

    Não sei não. Mas acredito piamente que alguns jogadores não se empenharam para vencer a partida, principalmente aqueles que criaram uma relação de carinho e admiração pelo Zé Ricardo.

    Por isso, eu creio que o time entregou o jogo para o Zé Ricardo não ser rebaixado. Não encontro outra explicação para tamanha transformação para pior, de um time que vinha jogando bem e que teve uma semana inteira para treinar.

    Se não foi isto, tem algo de podre no Reino do Urubu.

    SRN!

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      Fala, Aureo.

      Então, rapaz, eu não sei não. Essa história de sair definitivamente da disputa do título para evitar que Zé Ricardo seja rebaixado me parece fantasiosa demais. A não ser – e isso é o mais provável – que você tenha apenas sido irônico, e aí quem boiou na parada fui eu.

      Nosso time continua com o mesmo problema de 2016 e 2017: a instabilidade. Em 2017, fizemos um segundo tempo espetacular contra o Corinthians, calando a Arena Itaquera, e só não ganhamos o jogo porque Diego perdeu um gol cara a cara com Cássio já no final. E uma semana depois perdemos de dois a zero pro Vitória, que estava na zona do rebaixamento e tinha Wallace na zaga, na Ilha do Urubu. Aliás, foi o jogo que custou o emprego a Zé Ricardo.

      Outros exemplos: não perdemos (dois empates, em casa e fora) para o River Plate, finalista da Libertadores; não perdemos (dois empates, em casa e fora, com boas chances de ganhar as duas partidas) para o virtual campeão brasileiro; no entanto, tivemos, tanto na Libertadores quanto no Brasileiro, atuações de timeco da terceira divisão.

      Sabe quantos jogos viramos na temporada inteira? Um. Vou repetir: um, contra o Emelec, lá em Quito, e mesmo assim graças ao talento de Vinicius Júnior, que já não está entre nós.

      Instabilidade. Falta de equilíbrio. Ausência de atitude. Aquela coisa de deixar claro para qualquer adversário que, mesmo se estivermos num dia ruim, vai ser duro ganhar da gente. Acho que é mais por aí.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

      • author avatar
        Aureo Rocha 4 semanas ago Responder

        Jorge Murtinho,

        O Flamengo já havia saído da disputa do título, desde o empate com o Palmeiras. Basta uma vista de olhos na tabela para se constar tal assertiva.

        Então, pode ser mesmo uma fantasiosa viagem minha. Mas, eu falo sério. Foram seis ótimas partidas, com inúmeras oportunidades de gol perdidas, e uma péssima, onde o goleiro do Botafogo apenas assistiu ao jogo.

        Esse negócio de ir abraçar e “beijar” o Zé Ricardo antes do início da partida, me cheirou muito mal.

        SRN!

  • author avatar
    Henrique 4 semanas ago Responder

    Pronto. Agora os esquentadinhos querem mudança DRASTICA do elenco.
    Naturalmente – nao porque gostam do futebol, mas para fazer nome e prometer a nos o que jamais serao capazes de cumprir: titulos.
    Titulos se ganha com trabalho sério, elenco bom e … sorte.

    SE tivesse entrado uma ou outra, poucas, em momentos cruciais, estariamos ainda na luta pelo titulo.
    O trabalho e o elenco seriam considerados bom? Provavelmente, pelo menos ninguem ousaria dizer que estava ruim.
    Se ganhassemos o titulo diriam que foi por causa de uma excelente diretoria.

    Nao existe jeito de se criar um clube que seja COM CERTEZA campeao.

    E é exatamente isso que estaou aprontando e nos querendo tapear de novo. Inaceitavel.

    Se soubessem mesmo de futebol, saberiam que fizemos uma excelente apresentaçao no Brao, perdemos o titulo por detalhes e que temos SIM, um elenco qualificado.
    Claro que temos jogadores que podem e devem sair. Mas cuidado, muito cuidado: Essa coisa de virar a mesa NUNCA deu certo com a gente. Vamos levar de novo meses e mais meses para ter um time que se conhece e mais meses ainda para trazer esse ou aquele para a posiçao que, infelizmente, infelizmente, nao deu lucro, para a qual o recem-trazido nao presta.

    Pessoalmente, eu nao quero ver isso.

    Temos uma estrutura no time BOA, contratando uns 3-4 jogadores bons, para diversas posiçoes, teremos um time de arrebentar.

    E ai soh faltara a sorte esportiva nas competiçoes.

    Mas se mexerem de novo em TUDO, como sempre fazem, vao acabar com esse trabalho BEM FEITO desse ano e nos fazer voltar a estaca ZERO.

    Vade retro !!!

    SRN

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      Pois é, Henrique.

      Essa “cultura da barca” é um negócio meio complicado.

      Acho que nossos elencos têm sido mal montados, temos jogadores abaixo da nossa atual capacidade de contratar, mas qual time brasileiro – e latino-americano, já que Libertadores virou obsessão – não tem seus pontos fracos?

      Não sei se chegaremos a montar um time de arrebentar, mas também acho que, com três ou quatro contratações precisas, na mosca, podemos brigar em qualquer competição.

      Agora, eu concordo com a crítica dos “esquentadinhos” em relação à gestão do futebol sob Bandeira de Mello. Alguma coisa ali acontece, rapaz, que faz com que, na hora H, a maionese desande. Não sei se é a tal falta de cobrança de que tanto reclamam, se é falta de liderança dentro e fora de campo, se é falta de ambição, se é acomodação. É incompreensível que um time jogue o que o Flamengo jogou no segundo tempo das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio em Porto Alegre, e não jogue o que não jogou contra o combalido time do Botafogo na derrota do último sábado. Parece coisa de caráter, personalidade, fibra – algo que, falta de técnica à parte, vimos de sobra no primeiro jogo da final entre Boca e River.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

      • author avatar
        Henrique 4 semanas ago Responder

        Alo, Murtinho, pleno acordo as reflexoes suas.
        Eu nunca fui um fa do Bandeira, muito pelo contrario, acho um tremendo … desde o inicio.
        Mas sejamos um pouco ponderados.

        Primeiro, como jah coloquei, entrando essa e aquela estariamos lutando pelo titulo. Algo que nem me passava pela cabeça como possibilidade no inicio da temporada. Voce?
        Como diz o Carlos, o nivel das esquipes é baixa. Mas e dai? Nao temos que ganhar o campeonato espanhol e sim o Brao. E estavamos com uma equipe que poderia SIM te-lo ganho. Por proprias vantagens e pela desvantagens dos outros.

        Claro, mais do que obvio, que a nossa equipe pode melhorar muito, em varias posiçoes. Inquestionavel.
        Massss …. isso jah foi assim nos ultimos, digamos, 30 anos. E SEMPRE quando se mexia “de verdade” – soh saia muita porcaria.

        Todos nos sabemos que uma equipe precisa de entrosamento. ESSA equipe tem, pela primeira vez em anos e anos, esse entrosamento, pelo menos na maior parte do tempo.

        O que ela nao tem sempre, alias, tem somente poucas vezes, é a vontade sem fim de QUERER GANHAR. Isso jah nos falta tb ha 30 anos. Nao adianta querer agora jogar essa culpa nesses jogadores, porque nao acho que essa moleza toda vem deles. Vem de lah de cima. E isso ha 30 anos, tb.

        Nao é possivel que uma equipe faça com seus resultados que uma diretoria mal colocada e em guerra civil constante tenha sossego.
        Eh o inverso: diretoria sem paz leva inquietude a todo canto do clube.

        Talvez seja isso que voce pensa quando diz que pode ser “falta de cobrança, de liderança”. Acho sim que é. Mas nao vem de hoje, nem ontem, nem mesmo da era Bandeira. De novo, sao 30 anos que nao acontece alguma coisa verdadeira, com CARA de Flamengo.

        Por mim é somente inutil e pior, perigossissimo, se fizermos uma faxina geral para que nenhuma pedra fique no lugar dela.
        Vamos de novo nos causar problemas que nao resolveremos, como sempre, durante UM ANO inteiro.
        Sou adepto de manter o maximo possivel de nossa estrutura de equipe e reformar, pouco a pouco, umas posiçoes.

        Quais seriam as principais?
        Goleiro. Nenhum dos 2 é goleiro bom. O Diego se comportou como um safado. Inadmissivel.
        Zagueiro central. Com idade média, rapido e bom de bola.
        Atacante goleador. (Quasimente impossivel uma contrataçao de um verdadeiramente bom). Na impossibilidade, um atacante que seja do jeito do VJ, que penetre com rapidez e seja tecnicamente otimo.

        O resto dos titulares dao pra ser levados e substituidos ao longo do ano, se necessario, sem pressa.

        Quem NAO PODE sair, ao meu ver:
        Diego Ribas
        ER
        Uribe
        Cuellar
        Leo Duarte

        Quem NAO DEVERIA sair logo, ao meu ver:
        René
        Rodinei
        Rever
        Vitinho
        Arao

        Quem DEVERIA sair:
        Marlos Moreno
        Dourado
        Berrio
        Romulo
        Rhodolfo
        Geovanio

        Começei ontem a ler o livro do Ancelotti. Acho que vai me dar umas iluminaçoes. Se for o caso, compartilharei aqui quais foram.

        Bem, desejo para o CRF uma mudança na diretoria, mas somente uma que SAIBA e conheça o FUTEBOL.
        Nao quero mais ver guerra na diretoria. Agora tem que ser uma pra valer e uma que saiba tb trabalhar a economia.
        Desejo tb um TECNICO de ponta (mas qual ???).

        Ta chegando o Natal, entao desejar presentes é comum.

        Abraço RN !

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

    MUDANÇAS , JÁ..!

    NÃO PODEMOS TER JOGADORES CONFORMADOS COM “SUPREMACIAS” ADVERSÁRIAS, ACATADAS, RESPEITADAS. ….OS GOLS QUE TOMAMOS NESSE DOMINGO FORAM TAPAS NA CARA DE QUALQUER FLAMENGUISTA…O RETRATO FIEL DE UM TIME, ABSOLUTAMENTE, DESEQUILIBRADO E QUE TREME EM MOMENTOS DECISIVOS, CONTUMAZ EM PERDER GOLS FEITOS, INACREDITÁVEIS. IMPROVÁVEIS DA SUA NÃO EXECUÇÃO. . O VERDADEIRO, FLAMENGO É FACA NOS DENTES E OLHOS CHISPADOS DE DESEJOS DESTROÇADORES DE ADVERSÁRIOS, É O QUE CHEGOU…”FUDEU”, O ANIQUILADOR, O TERROR DOS GRAMADOS, O CONQUISTADOR, O VENCEDOR, O ARREBATADOR, O PRÓPRIO FOGO A QUEIMAR ESPERANÇAS ACALENTADORAS DE VITÓRIAS QUE NÃO SEJAM NOSSAS, SOMOS SOBERBOS, PRATICAMOS O BULLINGS ESPORTIVO, E É PARA ESTARMOS, SEMPRE, NO TOPO DA CADEIA ALIMENTAR DO FUTEBOL BRASILEIRO. É O FENOMENAL DE MAIOR TORCIDA DO MUNDO SE NADA BASTASSE CONTAR DA SUA GRANDEZA…. .

    O FLAMENGO É UM MOSTRO, UM GIGANTE, IRADO, NERVOSO, E A SUA DIETA CONSISTE A BASE DE GLÓRIAS, E ESSES JOGADORES, FICA MUITO CLARO, E COM RARÍSSIMAS EXCEÇÕES, NÃO PODEM LHE OFERECER O QUE PRECISA DA SUA SUSTENTAÇÃO CAMPEÃ….! SÃO UNS FROUXOS, INCOMPATÍVEIS, COM A CHAMA ARDENTE DA ALMA RUBRO-NEGRA. ‘PUTINHAS’, VERDADEIRAMENTE, NÃO COMBINAM COM O ‘MANTO SAGRADO’.

    LIMPEZA NO ELENCO…COM RENATO GAÚCHO, TREINADOR…, .E DEIXA O RESTO COM ELE…

    E SE ALGUÉM QUER SER CAMPEÃO POR AQUI, JÁ SABE: …FORA, BANDEIRA. CHAME O MEIRELES QUE ELE RESOLVE, ,QUIS DIZER; MÁRCIO BRAGA, É QUE VIVO A SONHAR COM AQUELES LINDOS TÍTULOS E CONQUISTAS. NÉ POR NADA NÃO, É ´QUE A ÚNICA ALEGRIA QUE TENHO AGORA É VER O MURO DO CT E QUE TEM ALGO ALÍ POR TRÁS…O QUE, TAMBÉM, NÃO É LÁ ESSAS COISAS, TODO CLUBE GRANDE TEM UM….

    QUERIA TANTO VER UMA TAÇA….PARA O FLAMENGO UM OBJETO DE DESEJO EM EXTINÇÃO…

    FUI…

    Edvan-alagoinhas-Ba.,

    PS -Um beijo no coração de todos….Essa turma aqui é muito foda…! rsrs

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

    Olha que eu enaltecia o Gabriel. , exageradamente, mas qual nada, fui foi muito injusto com ele e não gradei suficientemente a sua importancia para o FLAMENGO… Taí…quanta saudade do seu rápido e lindo futebol….Nunca o vi parado em campo…O Deus por que ele se foi…?

    kkkkkkkkk rsrsrsr hahahah hehehehe…

    Edvan-Alagoinhas-Ba

    ps – Abraços para os meus queridos amigos do “República”….Acalmem-se to vivo…

    RSRSRSRSR

    .

    • author avatar
      EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

      Ó Deus por que ele se foi? Repito…Não aguento de tanta saudade…

      FUI…

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      É com enorme satisfação que o RP&A saúda a volta dos inspirados e lisérgicos comentários do grande Edvan. (Agora só faltam as cartas do Bill Duba.)

      Mas, vem cá, meu rei Edvan: não há baianidade que explique essas saudades do Gabriel. Eita!

      De todo modo, acalmamo-nos todos por aqui.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    João Neto 4 semanas ago Responder

    Números à parte, essa foi com certeza, a pior Gestão de Futebol de que o Clube possuiu. O maior Estelionato perpretado contra a torcida. Tudo ilusão. Nunca havia me distanciado dos jogos como agora. Já algum tempo venho tentando me afastar de torcer por várias razões, dentre elas, a racionalidade pela maturidade e as visões de vida.

    Essa Gestão teve a proeza de me distanciar de tudo que envolva o clube. Puro cansaço mental. Não me aborreço em confirmar que padrão financeiro não é certeza de título. Ao contrário. Confirma a incompetência e o deslumbre passageiro de vaidades.

    Inúmeros erros foram cometidos e insistentementes reiterados. Não se administra futebol com amadores. Futebol masculino é para Homens! Não há respeito quando administrado por pederastas. Vira puteiro. Como atualmente se encontra o clube. Uma zona.

    Que venha 2019. E, que a barca saia levando esse monte de porcarias contratadas é que leve o seu mentor ao quinto dos infernos!

    SRN

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      Então, João.

      Todos nós ficamos revoltados com a falta de resultados e, sobretudo, com a maneira pela qual temos sido eliminados das competições. Mas, como escrevi na resposta ao comentário do Henrique, acho essa história de barca meio complicada. Porque uma barca daquelas bonitas, plenas, recheadas, significa começar do zero. E tenho dúvida se é disso que precisamos.

      O Palmeiras – a essa altura do campeonato, mais do que provável campeão brasileiro de 2018 – tem sido bem mais competente nas contratações e, além disso, manteve a base do ano passado e trouxe reforços pontuais. Cruzeiro, idem. Posso estar enganado, mas tenho a sensação de que não precisamos mandar todo mundo embora, e sim ser mais eficientes na hora de escolher quem chega.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

      • author avatar
        João Neto 4 semanas ago Responder

        Caro Murtinho, o Palmeiras havia sido Campeão Brasileiro em 2016 e da Copa do Brasil em 2015. Nada mais compreensível que mantivesse parte do elenco. Já do lado de cá, não ganhamos nada. Só cheirinho de vergonha.

        Acredito que já estamos cansados de tanta mesmice. Mudanças são necessárias. Tanto de postura, quanto de elenco.

        Não aguentamos tanta parcimônia e cinismo.

        SRN

        • author avatar
          Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

          Sim, João, sem dúvida é um bom argumento.

          O que eu acho é que, se pegarmos Diego Alves (pela falta de postura), César (pela confiança que não inspira), Pará, Rodinei, Réver, Renê, Trauco, Rômulo, Arão, Diego (que parece já ter dado o que tinha de dar), Henrique Dourado e mais um ou outro, e pusermos todos numa bela barca, teremos que recomeçar do zero. E aí fica difícil brigar com Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio, que vêm mantendo suas bases e fazendo mudanças pontuais. Com isso, teremos uma vez mais a desculpa de que “2019 é o ano da remontagem, mas esperem só o que vai acontecer a partir de 2020″.

          O problema talvez esteja mesmo numa necessária mudança de comando e de atitude. O comando parece que vai mudar; a atitude pode vir com três ou quatro boas contratações e três ou quatro corretas dispensas.

          Valeu. Esse debate é bastante interessante.

          Abração. SRN. Paz e Amor.

          • author avatar
            João Neto 4 semanas ago

            Acho que virei um precoce ancião. Ranzinza e mal humorado. Tenho ojeriza a simples menção aos nomes de Diego ( os dois), Everton Ribeiro, Ruindinei, Pará…Na minha humilde avaliação, só escapam o promissor zagueiro, Cuellar e Vitinho. O restante…passagem só de ida.

            Cansadas e desiludidas SEM.

  • author avatar
    Rasiko 4 semanas ago Responder

    A vergonhosa e vexatória postura desse time do Flamengo tem um responsável com nome, sobrenome e cpf: EDUARDO BANANA DE MERDA.

    E lamento muito, muitíssimo, que durante esse tempo todo – no meu calendário faz mais de 2 anos que venho avisando – poucos, pouquíssimos tenham apontado o dedo na direção daquela cara escrota. Só consigo me lembrar do Carlos Moraes. E de mais ninguém. No RP&A não lembro de nenhum dos colunistas ter se indignado o bastante pra dedicar-lhe a espinafração necessária e merecida. Não foi por falta de aviso da minha parte e muito menos pelo embasamento psicológico e da leitura corporal que apresentei aqui inúmeras vezes. Por isso mesmo abandonei essa canoa furada faz tempo. No máximo, depois dos jogos, tomo conhecimento dos resultados e vejo Os Piores Momentos. Mesmo quando éramos líderes, chegando a abrir 7 pontos de vantagem pro 2º colocado, em momento nenhum me entusiasmei. Era fácil perceber que a situação se devia mais à fragilidade dos adversários do que aos nossos méritos. Insistir com o Barbieri, gêmeo do Zé Ricardo, era risível já que dramas não me atraem.

    A venda do Paquetá foi um absurdo tão grande e tão fora de propósito sob o ponto de vista profissional, e não mereceu uma simples linha de ninguém, que fiquei me perguntando qual o objetivo do RP&A no sentido de contribuir pro Flamengo. Não encontrei resposta.

    Já faz anos também que previ: essa montanha de dinheiro – lavagem pura – vai acabar com o futebol. Dito e feito. Mesmo na Europa. Aqui então, nesse país ridículo e patético, em queda livre no buraco existencial, não poderia ser diferente.

    Lamentável tudo isso, mas bastante previsível.

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      Uai, meu amigo Rasiko: sobrou pra gente?

      E olha, na boa, acho que houve uma certa injustiça aí. Cansei de ver, por exemplo, a Vivi esbravejar contra a gestão passiva e conformada do futebol nas duas presidências do Bandeira de Mello. Aqui e ali, todos nós demos as nossas cutucadas de vez em quando. O que não dá é pra falar só disso.

      Quanto à contribuição que o RP&A pode dar ao Flamengo, não temos grandes pretensões. (O slogan do blog enaltece, justamente, a humildade.) Mas acredito que só o fato de abrir espaço para comentários como o seu – sem dúvida, imprescindível – já faz a existência valer a pena.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

      • author avatar
        Rasiko 4 semanas ago Responder

        Meu irmão, como eu disse, acho, não me lembro, e não quero ser injusto com ninguém, embora já tenha sido, de acordo com você. Mas na indignação, fruto de emoções negativas que fazem com que me afaste desse futebol que tanto amei e hoje não passa de uma caricatura mal acabada, a merda vai pro ventilador e se espalha sem escolher alvo específico, além do escroto-mór da república rubro-negra, o pior presidente da história do Flamengo, aquele que, mais, muito mais do que o corpo, jogou a alma do clube no lixo.

        Peço sinceras e humildes desculpas a todos do staff. Você sabe que meu carinho e admiração pelo RP&A é imenso.

        Grande abraço

        • author avatar
          Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

          Ora, Rasiko, para com isso.

          Tem nada que pedir desculpa porra nenhuma.

          Críticas são sempre bem-vindas. Se um de nós as considerar exageradas, a gente vai lá, rebate, debate e isso é o que vale.

          Abração. SRN. Paz e Amor.

    • author avatar
      Gilberto Teixeira Santos 4 semanas ago Responder

      Concordo imteiramente com o Rasiko e refresco sua memória ao lembrar-lhe que uma das pouquíssimas pessoas a não ser enganadas por essa gestão de merda no futebol, desde o seu início, fui eu, essas promessas de títulos, essas contratações de ex-jogadores de futebol, essa proteção e blindagem de pernas-de-pau, esse desprezo pela Torcida Magnética, essa falta de vergonha das derrotas, esses festejos de simples classificação para a Libertadores, esses absurdos todos e em sequência, fazendo sempre as mesmas coisas e esperando um resultado diferente, pensamento tacanho, tudo isso nos levou a esses micos e desconstruiu a imagem do Flamengo como Grande clube de futebol durante todos os anos dessa gestão medíocre, arrogante e incompetente no futebol, carro-chefe do clube!
      Que venha 2019, com nova diretoria que entenda de futebol, que venha a BARCAÇA, que se aproveite mais a base, sempre desvalorizada por essa diretoria que não entende de futebol e que venha o Abelão ou o Renato Gayucho e alguns reforços de verdade!
      É mais fácil enumerar quem pode ficar do que os ocupantes da indispensável BARCAÇA:
      César, Kleber, Hugo Souza, Thuler, Rhodolfo, Wesley, Pablo, Michael, Cuellar, Pires, Ronaldo, Jean Lucas, Yuri, Brayan, Reinier, Vítor Gabriel, Lucas Silva, Wendel, Yuri, Lincoln e Vitinho!
      Tentativas de contratações: Gatito Fernandes, dois laterais, Dedé, Thiago Neves, Dudu e Wlillian dos porcos, Renato Augusto, Tardelli, Pratto, etc…
      Jogadores da BARCAÇA poderiam ser moeda de troca para negociações…
      BARCAÇA JÁ!!!
      SRN!!!

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 4 semanas ago Responder

    Carlos Drummond de Andrade: no meu caminho tem uma pedra, a pedra no meu caminho. Cada um tem a pedro no caminho que merece. No Flamengo tem o Zé Ricardo, em passado recente com aquelas escalações estapafúrdias de mácios caramujos, gabriéis et caterva, levou o time a buracos profundíssimos; agora nos vence.

  • author avatar
    Bia Rago 4 semanas ago Responder

    Caro Murtinho, quanto tempo que eu não comento aqui! Mas também, quanto tempo que você não escreve… E também, convenhamos, o time do Flamengo é um time de bananas. O que eu posso oferecer é a visão de alguém que não torce para o Flamengo, e, como torcedora “de fora”, não dá pra imaginar esse elenco bananóide do Flamengo sendo campeão de alguma coisa. Não mete medo em ninguém. Alguma coisa de muito errado tem com esses últimos grupos de jogadores que o Flamengo tem montado. Eu acho que a falta de ambição do presidente contamina. E o Bandeira tem também uma puta falta de noção. O Flamengo melhorou muito em matéria de bananices e atitudes oficiais esdrúxulas, mas tem coisa que ainda lembra a época em que o Wallace adentrou o gramado em Manaus pra jogar contra o Vasco segurando um bandeirão e ainda foi lá e fincou no meio do campo. Quando eu vi a festa que o Flamengo fez pra receber “Vitinho, A MAIOR CONTRATAÇÃO DA HISTÓRIA DO FLAMENGO”, vindo da Rússia, a sensação que eu tive foi que eu tava vendo o Wallace entrando em campo de novo com o bandeirão. Nada contra comemorar uma contratação, é que tem coisa que vira piada. O Bandeira de Melo inegavelmente é um presidente que com suas “marcas de gestão” fez o Flamengo ser motivo de riso alheio muitas vezes mais que o normal, mesmo para o atual futebol brasileiro. Quando a gente lembra dos últimos anos, com o Flamengo caindo para Fortaleza, Palestino, nem passando da fase de grupos da Libertadores, eu sempre achei que não era possível, que uma hora a coisa tinha que melhorar. Melhorou mesmo, agora as eliminações são menos vexaminosas, só que não melhorou a ponto do Flamengo ser campeão de alguma coisa. São seis anos só com uma Copa do Brasil e muito campeonato jogado no lixo. Acho que já dá pra colocar na conta do Bandeira, né?

    Grande abraço!

    • author avatar
      Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

      Minha amiga Bia!

      Pensei que você tivesse desistido da gente.

      Antes de qualquer coisa, parabéns: é uma honra receber aqui a visita de uma provável campeã brasileira de 2018. Nada a contestar, sobretudo pela irrepreensível campanha no segundo turno. Só o que pode tirar o título agora é salto alto, e – sejamos justos – com Felipão isso não rola.

      Mas, francamente, precisava humilhar, lembrando a famigerada história do Wallace com a bandeira lá em Manaus? Pelo menos você teve a gentileza de omitir que – claro! – perdemos aquele jogo.

      Você tem razão: seis anos com apenas uma Copa do Brasil, para quem atingiu a atual capacidade de investimento que o Flamengo tem, é pífio. Ter dinheiro e não saber como gastar pode ser tão ou mais ineficiente do que não ter ou ter pouco.

      Mas olha, minha amiga, algo me diz que as coisas vão melhorar. A conferir.

      Vê se não some. De minha parte, prometo não sumir também.

      Beijo grande. Paz e Amor.

    • author avatar
      Rasiko 4 semanas ago Responder

      Gratíssimo Bia. Mentes lúcidas são sempre benvindas.

      • author avatar
        Jorge Murtinho 4 semanas ago Responder

        Pois é, Rasiko.

        A palmeirense Bia – a quem não conheço pessoalmente – acompanha as bobagens que escrevo desde os tempos do blog “Questões do Futebol”, lá na Piauí.

        Ela é o máximo.

        Abração. SRN. Paz e Amor.

        • author avatar
          Bia Rago 4 semanas ago Responder

          Obrigada pela moral, galera! Sinceramente, Murtinho, eu parei de entrar aqui porque eu dei uma parada no futebol como um todo pelo motivo de eu não suportar o cidadão que voltou a ser técnico do meu time, tanto é que não estou nem muito animada com o título iminente. Achei que nunca mais teria que engolir o gaúcho de bigodes no meu time, achei errado. Mas isso não é motivo para deixar de ver se você continua “escrevendo suas bobagens” por aqui, porque, como sempre, você falando de Flamengo fala mais de futebol do que muito entendido por aí. Sempre um prazer.

          Abração e já deixo parabéns pelo aniversário do time de vocês que eu não sei bem quando é que comemora mas sei que é por esses dias

          • author avatar
            Jorge Murtinho 4 semanas ago

            Pôxa, Bia, falar o quê?

            Vontade de produzir um tratado sobre Felipão (será que você lembra o post que publiquei lá na Piauí, no dia seguinte aos sete a um?) ou um ensaio sobre momentos em que também tive vontade de desistir do futibinha, mas só o que consigo fazer é repetir o que mandei numa das respostas ao comentário do Rasiko:

            Você é demais!

            Beijo grande. Paz e Amor.

  • author avatar
    Carlos Moraes 1 mês ago Responder

    Tudo efetivamente demonstrado.

    Sem qualquer dúvida que possa permanecer.

    Não consigo entender como um time tão medíocre ocupa, pelo menos ainda, a terceira colocação em um campeonato supostamente díficil, com os vinte melhores times de um país que, já há alguns anos atrás, foi o do futebol, no dizer popular.

    Claro, hoje não é mais, muito pelo contrário.

    Não vou me afastar do tema, qual seja, ^Como ficou perfeitamente demonstrado que o time do Flamengo de 2018 é uma refinada PORCARIA^.
    Ontem, em pleno Nilton Santos, a comprovação definitiva.

    Vejamos.
    César, um goleiro promissor, mas INFINITAMENTE INFERIOR ao Diego Alves.
    Há, no entanto, um técnico fraquíssimo, como o passado demonstra, o tal de Dorival Narigudo Júnior, que, prepotente e incompetente como sempre, resolve barrar o titular adquirido a peso de ouro, simplesmente para impor a sua vontade de ^magister^ (professor é pouco).
    Para/Ruindinei, impossível saber o PIOR. Fraquérrimos
    Léo Duarte – uma esperança, mas não pode demonstrar o que sabe ou não tendo ao seu lado
    Rever – bananeira que já deu cacho (poucos, cabe acentuar). Totalmente acabado para o futebol de primeira classe.
    René – estão querendo inventar este PÉSSIMO jogador como se fosse bom, Nem regular é. Inacreditável que o peruano Trauco tenha sido barrado por este tremendo fiasco.
    Cuellar – exceção à regra. Bom jogador, que, positivamente, não caiu nas graças de Sua Excelência Dorival.
    William Arão – sempre foi um jogador de medíocre para regular. Até que atravessa um momento regular.
    Lucas Paquetá – uma grande promessa, mas está mais MASCARADO do que qualquer outro jogador destas paragens. Vem jogando, por tal motivo, muito mal, amedrontado perante o Felipe Melo (até depois que este deixou o campo) e doido para ser expulso no jogo de ontem. Não quer mais jogar no Flamengo, Em assim sendo, que NÃO JOGUE.
    Diego/Everton Ribeiro – no passado, foram bons jogadores, Não desaprenderam, oobviamente, mas são exemplos claríssimos de que, também no futebol, a BUROCRACIA existe … e como existe.
    Uribe – não tem culpa de ter sido contratado, Muito limitado.
    Vitinho – atualmente o melhor – ou, por outra, o menos pior – do elenco, sem justificar, de forma alguma, o altíssimo preço de sua contratação.

    Dito isso, só resta completar.
    Botafogo 2 x 1 Flamengo.
    Vitória justíssima de um time mais do que medíocre sobre outro que, além do mais, não tem a menor vibração.

    O Grêmio vai nos passar.
    A briga será contra o horroroso time do São Paulo pelo quarto lugar.
    Será muito difícil ganhar de times mais organizados como o Santos, o citado Grêmio e o Atlético Paranaense.
    Ainda bem que, pelo caminho, há um Ixpó.
    Mesmo assim, todo cuidado é pouco lá na Ilha.

    Mais do que pessimistas, mas dentro da realidade, SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 1 mês ago Responder

    O Flamengo perdeu mais uma decisiva, mas a bem da verdade não foi ali que perdemos o título, um time que se preza, continuo a afirmar, não pode perder para times pequenos, perdemos o título em pleno Maracanã para o Ceará com aquele frangaço do que agora se acha imbarrável, o Diego Alves. Se resta um consolo, já há algum tempo não estamos fugindo do rebaixamento. Mais um repeteco, fico rouco de tanto me ouvir.Depois de décadas de roubalheiras, contratações mirabolantes em que os jogadores “fingiam que jogavam, e os canalhas diretores fingiam que pagavam”, dívidas trabalhistas imensas com esses mesmos embusteiros, uma dívida de quase 800 milhões, não há mística que aguente, agora tem que se aguardar outra década para desenterrá-la.

  • author avatar
    Carlos Moraes 1 mês ago Responder

    Aproveitei o feriadão e fui até Curitiba, onde moram um filho (o mais velho) e dois netos.

    De lá, assisti a catastre.
    Vitinho, com inveja do Paquetá (notória), perdeu um gol ainda mais feito.
    Lá se foram as possibilidades de um título, que, muito cá entre nós, não seria merecido por uma só razão.

    Dudu Banana de Mello.

    Vade retro !
    Pé gelado, lazarento (curitibês autêntico).

    Sem brincadeira, posso afirmar que fizemos um bom campeonato, embora em péssima companhia.
    Eta ferro, que futebolzinho vagabundo estamos jogando – TODOS, SEM EXCEÇÃO – em terras tupiniquins.

    Claro que, apesar da meia bola dos argentinos também, não temos condição de enfrentar os famosos hermanos.
    Na fase de grupos da Libertadores – onde o segundo vale tanto quanto o primeiro – ainda dá para fazer frente.
    No mata-mata quem morre somos nós, como os fatos comprovaram, a não ser que, por total aberração, surja um Lanus da vida como adversário.

    Na verdade, em tudo e por tudo, muito desânimo.

    De qualquer forma, 2019 está logo ali e … seja o que Deus quiser.

    Anencéfalas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Meu querido Carlos Moraes.

      Não há dúvida de que visitar filho e netos é incomparavelmente mais agradável do que ver Paquetá e Vitinho – que compõem, ao lado do Everton Ribeiro, nossa trinca de ases – chutarem aos céus as rubro-negras chances de títulos.

      O que eu não concordo é com esse papo de atribuir ao pé-frio de Bandeira de Mello os títulos que poderiam ter sido e não foram, durante suas duas gestões. (Mais ou menos na linha do que respondi ao grande Xisto em relação à sorte dentro de campo.)

      Quando você mantém Márcio Araújo como titular, por quatro intermináveis temporadas, não se trata de ser pé-frio. Quando você começa competições importantes sem no mínimo dois goleiros confiáveis, não se trata de ser pé-frio. Quando você deixa um treinador – nem que fosse o Guardiola ou o Jurgen Klopp – fazer gato e sapato do clube, como Rueda fez, não se trata de ser pé-frio. Quando você acredita que os gols de que o time precisa serão feitos pelas canelas de Henrique Dourado, não se trata de ser pé-frio. Quando você sabe que vai perder Vinicius Júnior e não repõe a tempo, como aconteceu com a chegada de Vitinho somente depois da Copa, não se trata de ser pé-frio. Etc., etc., etc. Temos a sensação de que os erros no que se refere ao futebol foram inversamente proporcionais aos acertos na área administrativa.

      Concordo com todos – e são muitos – os que alardeiam a importância das duas últimas gestões para o equilíbrio financeiro e o futuro vitorioso do clube. O problema é que crescemos ouvindo falar de um tal país do futuro, e cadê?

      Será que, com o clube para o qual torcemos tanto, também vai ser assim?

      Abração. SRN. Paz e Amor.

      • author avatar
        Carlos Moraes 1 mês ago Responder

        Perfeitas as observações.

        Na verdade. DETESTO o Banana de Mello pela mediocridade de sua administração no tocante ao futebol.
        Pé frio serve como mais uma crítica, somando-se à notória incompetência.

        Maldita hora em que o Stefan Zweig inventou a tal história do ^Brasil, País do Futuro^.
        Pior para ele, que, sem alternativa, depois de tamanha burrada, só teve a opção de acabar com a própria vida.

        … e nós ficamos a sofrer, e como !

        SRN, felizes, eis que dirigidas a um GRANDE FLAMENGUISTA.

        • author avatar
          Henrique 1 mês ago Responder

          Carlos, foi mesmo o Zweig de ter inventado isso? Tem certeza? O titulo do livro é esse, mas ele nao pegou do que ouvia pelo Rio afora?
          E segundo, pq o brasileiro pegaria qq coisa que um refugiado teria dito? Ele disse um monte de coisas mais, como o nao-existente racismo e outras barbaridades, nesse livro.

          Mas falando do que mais importa – agora ACABOU. Mesmo que daria ainda pra ser campeao ganhando tudo e os outros perdendo todas. Mas nao vai acontecer.

          Ta na hora de fazer um balanço e colocar gente simpaticamente para fora. E contratar outros.
          Mudar a diretoria.

          Sejamos claros – o Mengao me espantou e foi MUITO melhor do que eu esperava.
          Mas nao basta, obvio. Se ja estamos perto do titulo TEMOS a obrigaçao de ganhar.

          O positivo é que temos sim uma estrutura com bons jogadores. Alguns novos, escolhidos a dedo, e teremos um time competitivo em 19.

          SRN

          • author avatar
            Carlos Moraes 4 semanas ago

            Pelo segundo comentário que fiz, já publicado lá em cima, fica estabeleida a discordância entre nossas avaliações do atual elenco rubro-negro.

            Não vejo, apesar da excelente colocação (terceiro, até aqui, sendo que, na pior das hipóteses, seríamos quinto colocado), uma ^estrutura com bom jogadores^.

            Há que se lembrar que Paquetá, com péssimas atuações nos últimos jogos mas um mais do que promissor jogador, já está vendido, representando um sério desfalque para o próximo ano.

            Dizem que há bons valores entre os jovens. É bem possível. Interessa-nos, no entanto, o momento atual.

            Tínhamos um bom goleiro, que o prepotente de sempre – o Dorival Júnior – deu cabo.
            Os demais são todos novos e precisam de muita bola para se constatar a eficiêwncia ou não.

            A zaga, como um todo, é simplsmente HORROROSA.
            Talvez Léo Duarte possa, com um companheiro mais novo e mais eficiente, vir a ser um bom jogador.
            Todos os laterais são inimagináveis, enquanto Rever, atualmente, está mais acabado que o Juan, com seus 40 anos.
            Ha promessas entre os laterais – Kleber, Wesley, Michael. Darão certo, indago.

            No meio campo, já não se considerando o Lucas Paquetá, deveria ser um ponto de destaque, não fosse a incrível ^nonchalance^ da dupla Everton Ribeiro e Diego.
            Mais burocratas que a burocracia imperante no País.
            Sabem jogar – E BEM – quando querem ou estão dispostos.
            Ultimamente, passeam pelo relvado, à lusitana.

            No ataque, tudo faz crer que Vitinho seja efetivamente um belo jogador, mesmo que contratado por um preço exorbitante.
            Todos os demais – sem avaliar a garotada, os que já jogaram em cima e os que por enquanto brilham na base – são jogadores meia-boca, bem chegados ao inexpressivo.

            Quanto ao técnico, há que se esperar as eleições.
            O atual é horrível, bem pior até que o Zé Ricardo, o que poderia parecer impossível.

            Em assim sendo, não tenho a menor convicção que ^teremos um time competitivo em 19^.
            Prefiro acreditar na possibilidade de títulos importantes por três motivos, a saber –

            1o) a incrível fragilidade atual do futebol brasileiro, a ponto do aceitável time do Palmeiras, quando pegou um técnico ultrapassado mas que entende de futebol, ter dado o vareio que estamos a constatar.

            2o) um novo Presidente, esperando-se que entenda e valorize o futebol.

            3o) afinal de contas, somos FLAMENGO SEMPRE

            SRN

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 1 mês ago Responder

    Falam em perder gol, pelo menos agora se perde gol, no tempo do Barbieri que não é Gato e não entende de futebol e ao que tudo indica também de tango, o time nem ousava chegar na linha da grande área, era uma zona proíbida, o cara, o arrogante Barbieri, parece que nos “treinos exaustivos” introjetava (epa!) na rapaziada a velha vaca amarela, “quem passar dessa linha aqui come toda a porcaria do mundo”. O Flamengo deu muito mole aos outros timecos, seguidamente dois amadores para “técnico”, mas, claro, a culpa não é dos caras, eles estão ali pra pegar a oportunidade, leia-se, boca, mesmo que o narcisismo não deixe assumir uma autocrítica. A aberrante contradição é que essa diretoria prega o profissionalismo à exausetão, pois é, justamente no cargo mais importante do futebol, o de técnico, eles menosprezaram. Quem entender o paradoxo (epa!, hoje eu estou demais), cartas para redação.

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Meu querido Xisto.

      Sim, é fato.

      O narrador Luiz Carlos Júnior, que costuma repetir certas informações à exaustão, tem dito a toda hora que o Flamengo é o time que mais finaliza no Campeonato Brasileiro – o que também não quer dizer muita coisa, já que o segundo maior finalizador é o Atlético Mineiro, que está em 6º lugar na tabela e vinte pontos atrás do líder. Além disso, o Flamengo tem, junto com o Palmeiras, o ataque mais positivo do campeonato, com 51 gols.

      A questão em que o Henrique bate – e eu concordo com ele – é que, finalizando muito ou pouco, não dá para perder gols feitos nos minutos finais de jogos decisivos. Futebol não é basquete, não são todas que entram, mas algumas, definitivamente, têm que entrar.

      Com ingenuidade e lógica antifutebolística: era melhor ter feito só dois no Paraná e mais aqueles dois unzinhos lá, do Paquetá e do Vitinho. Estaríamos a um ponto do Palmeiras.

      Quanto aos técnicos e à diretoria, assino embaixo.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    João Neto 1 mês ago Responder

    O Flamengo só vai mudar quando a Direção de Futebol tiver vergonha na cara. Nunca se viu tanta falta de profissionalismo. O Futebol é comandado por amadores que tratam os empregados como afilhados. Por consequência, não tem moral e disciplina. A babanice impera.

    Esse time é tão previsível que nem é necessário assistir as partidas. Já se sabe de antemão o resultado

    Que venha 2019. Que a barca saia urgentemente levando consigo o mandatário e seus cupinchas.

    SRN

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, João.

      Creio que as duas primeiras linhas do seu comentário se referem à situação de Diego Alves, sem dúvida alguma pessimamente conduzida.

      Quanto à previsibilidade do time, tenho a impressão que não é nem técnica, e sim comportamental. É o que escrevi lá no final do post: não dá para entrar na brincadeira certos de que vamos perder.

      Isso não combina com o time e o elenco que, hoje, temos condições de montar.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    Henrique 1 mês ago Responder

    Foram 2 chutes pra fora que nos custaram o campeonato. Paquetah e Vitinho perderam assim 4 pontos.
    Esse tipo de chance em esse tipo de jogo nao se pode perder sem perder tudo.
    srn

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, Henrique.

      Sim, sem dúvida. Esse é o ponto. Time que quer ser campeão não pode perder chances como aquelas, em jogos como aqueles.

      O pior é essa sensação de que “dava”, “era possível”. Isso é de matar.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    Aureo Rocha 1 mês ago Responder

    Nelson Rodrigues já dizia que “sem sorte não se come nem um chicabom. Você pode engasgar-se com o palito ou ser atropelado pela carrocinha.”

    Pois está faltando sorte, também, ao Flamengo.

    Somente para relembrar: Paquetá perde um gol no jogo contra o Palmeiras que nem Stevie Wonder perderia, e hoje frente ao São Paulo, foi um festival de gols perdidos. E tantas foram as oportunidades desperdiçadas que tal acontecimento poderia ir para o Guinnes Book. Enquanto do outro lado, o cara acerta um chute, desses que só acontecem em virada de século.

    Assim, em um simples cálculo matemático, o Palmeiras estaria hoje com 65 pontos (isto por conta da grande colaboração do Vanderlei, reconhecidamente um torcedor do porco) e o Flamengo com 64 pontos.

    Meu caro Murtinho, obrigado por sua volta. Um dos poucos bons acontecimento neste final de ano, para mim, é claro.

    E qando você se refere “a irritante insistência da mídia, em sua volúpia por venda de jornais”, e “o fortalecimento de audiência e aumento do número de visualizações”, mais um vez eu me recordo de outra frase do Nelson:

    “Eu invejo a burrice, porque é eterna.”

    SRN!

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, Áureo.

      Eu não sei, rapaz. Tudo bem que a sorte às vezes entra em campo, mas tenho a impressão que os gols perdidos por Paquetá e Vitinho – gols que certamente garantiriam as nossas vitórias, já que os lances aconteceram nos minutos finais dos dois jogos – aconteceram por algo além disso. Como ambos são bons jogadores, creio que há aí uma mistura de ansiedade, displicência, talvez salto alto, sei lá.

      Obrigado pelo elogio.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    CHACAL 1 mês ago Responder

    boa murtinho….
    campeonato pro flamengo so mesmo ano que vem(empatou em 2×2 com o sao paulo)euparticularmente prefiro ser campeao brasileiro.

    SRN !!!

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, Chacal.

      Pois é, rapaz, eu também acho o Campeonato Brasileiro mais bacana. E, cá entre nós, nosso time parece não ter cojones para encarar uma Liberta na hora em que o pau come pra valer. Brasileiro, dá, mas não perdendo os gols que perdemos nos dois últimos fins de semana.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    Roberto Fla 1 mês ago Responder

    Boa Murtinho. O Flamengo perde muito sem este blog. Continuem escrevendo por aqui, por favor. Verifico todos os dias se não novas potagens.

    Abraços à todos e SRN

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, Roberto.

      Opa, tamos aí, firmes e fortes.

      Sempre que os compromissos profissionais dão um refresco, a rapaziada aparece.

      Continue conferindo e comentando.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    Esdras Rodrigues Chavante 1 mês ago Responder

    Saudades dos textos daqui do blog… Abaixo a escravidão!!! rs..

    • author avatar
      Jorge Murtinho 1 mês ago Responder

      Fala, Esdras.

      O pessoal anda trabalhando bagarai. Mas tem sempre alguém postando, não deixe de conferir.

      Abração. SRN. Paz e Amor.

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 4 semanas ago Responder

    BEBO E FUMO ‘ PAKARALHO.. SÓ NÃO FAÇO FUDER…..

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1658232900924726&set=a.674070112674348&type=3&theater

    Edvan-alagoinhas-Ba.

    PS – …EM PÉ…É QUE DÓI AS BATATAS DAS PERNAS…

    MENGÃO, APRENDA A SER MACHO, PORRRA…! TIME FROUXO… MAS AMO!

Deixe seu comentário