República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

12 Comments
  • author avatar
    Henrique 2 anos ago Responder

    Porque essa merda de blog não funciona?

  • author avatar
    Henrique 2 anos ago Responder

    Caiu de maneira covarde. Nao havia razao para dizer que ficariam com ele.

    Um pouco de retidao ajuda na vida, safado de presidente.

    Agora aguardo o magico que vai mudar tudo.

    Soh lembro que nos ultimos 4 anos nao tivemos UM que prestasse.

    Aguardando.

    srn

  • author avatar
    EDVAN SANTOS 2 anos ago Responder

    Acabam-se, aqui, todos os argumentos civilizados: É inadiável: O Bandeira e o Zé Ricardo têm que entrar na porrada…!

    Bandidos…!

    Edvan-Alagoinhas-Ba.
    PS – Filhos da Putaaaa…!

  • author avatar
    Henrique 2 anos ago Responder

    Bem, o desgosto é enorme.
    Acabou hoje qq chance, minima, mínima, de campeonato.

    Culpar o Zé?
    Ele escalou como eu queria. O único que não teria colocado é o Geovanio, um zero.
    Mas o resto? Como eu quiz.

    Erro do Arao? Claro. Mas o que esse goleirinho de merda segura? NENHUM chute. Para que veio? Não sinto falta do Muralha, mas de um goleiro.
    E o Rever – outro que não tem qualidade? Qual é a dele?

    Nao foi um jogo que perdemos chances sobre chances. Não tivemos. De novo.

    Ta insurportável.

    E é claro que o Zé caiu hoje.
    O que é nesse time a parte DELE, vamos ver logo, logo.
    Com o novo tecnico.

    Vamos ver então o que vai acontecer.

    O ano acabou. O positivo disso é que vai sobrar tempo aos domingos.

    srn

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 anos ago Responder

    Fico muito apreensivo quando esse blog aqui consegue ficar mais bissexto do que já é rotineiramente, pra mim são séculos de espera, mais para me deliciar e dar um trabalhinho extra aos meus exauridos neurônios, em analisar as inteligentes opiniões aqui emitida, claro, junta-se a isso, minha vontade irresistível de tagarelar, de dizer coisas inúteis e revesti-las de verdades absolutas; estas também contam; os entendidos chamam esses desabafos de catarse. Terapia melhor, impossível. Lá vai mais uma. Minha relação com o Flamengo, quer dizer, com o time atual, está irremediavelmente abalada, não acredito patavinas(epa!, alguém aí me socorra e me explique o que é “patavinas”, me soa como uma ave meio frankensteiniana, pato com gaivota, por exemplo) nesse time, melhor dizendo, tudo que eu vejo, ele, o time, realizar em campo, me parece inacreditável, não no sentido elogioso da palavra, mas no sentido efêmero de um sonho, melhor dizendo, pesadelo. Acredito (quase) no que estou vendo, mas por outro lado, me vem a ansiedade de que dali a alguns minutos, se tanto, tudo vai se esfumaçar. Igualzinho as palavras da mulher amada (que a gente julga, mas desconfia, que nos ama) nos olha nos olhos, nos atravessa com olhares e beijos apaixonados, a gente, quer acreditar, mas sabe que mal virou as costas e tudo se acaba, e ainda se tem sorte se pelas proas não ganharmos duas reluzentes protuberâncias córneas na testa. Portanto, acho que esse ano já está perdido, digo isso porque pra eu voltar a acreditar nesse time tem que levar tempo, até se sedimentar uma nova confiança que ao correr dos vários jogos do campeonato foi se corroendo. A bem da verdade, confirmei a desconfiança a partir da eliminação tosca da Libertadores, aquela covardia inominável, diante de um adversário que já havíamos batido por quatro a zero. Não me lembro se foi na primeira rodada do Brasileiro, que perdemos por 2 a 1, se eu não me engano, para o tal xiport, ou porra que o valha, o único time que não podemos perder em qualquer circunstância, talvez se fosse outro time eu aceitaria, pois Luxemburgo estava estreando ou seria o segundo jogo dele, e eu, apesar de suas basófias característica (ou até por causa) simpatizo com o cara. Depois um empate dicutibilíssimo pra outro pra lá de pequeno que também tenho ojeriza Avaí ( aliás, é bom explicar aqui que tenho horror a pequenos no futebol, acho que é porque o Flamengo dá muita colher de chá a essa corja, note-se que ideológica e politicamente não sou assim, pelo contrário sou um herói de capa e espada, ou vestido de super-homem com visão raio x e tudo, defensor dos fracos e oprimidos). Bem, a partir dali, senti que já vira esse filme, que ia começar ( ou recomeçar) mais uma reprise e, infelizmente, meus trágicos prognósticos se confirmaram. É isso, daqui pra frente, nada será diferente, acho eu, o que como já disse em postagem perdida por aí, já me faz sofrer menos, aquela história que corre que os reis e poderosos da época, tomavam doses minúsculas de veneno para se imunizar, sabiam das coisas os cretinos, estavam descobrindo as vacinas. Estou aos poucos me imunizando com os frequentes fracassos do Flamengo e, portanto, me imunizando. Quando tempo me restará (ou o Flamengo me dará) para a minha perfeita imunidade ?

  • author avatar
    Henrique 2 anos ago Responder

    G-ERRO fora !
    Melhor noticia da semana. Lah vem …. estava querendo dizer VIZEU, massss …. temos algumas perebas que ELE poderia escalar.
    E o segundo melhor atacante, depois do Vizeu, mandamos embora.
    Entao, se esse se machucar – tabu fu.
    Mas isso é uma situação considerada NORMAL, nesse clube sem rumo.
    San

    • author avatar
      Henrique 2 anos ago Responder

      * tamu fu

      • author avatar
        Sampaio 2 anos ago Responder

        A que ponto chegamos, comemorar lesão de um profissional.

  • author avatar
    Mauricio Coelho 2 anos ago Responder

    O time ta ruim de aguentar, é como o Xisto falou, cara, é um sentimento constante de que alguma merda vai acontecer, jogo tenso em qualquer cenário, não existe nenhum sinal que esta porra vai mudar, isso nao é Flamengo, e melhor fazer a trilha de santiago completa, ta duro ver esse time entrar em campo, acho, que até o Neymar, o Messi e Cristiano Ronaldo entrariam nesta calmaria intelectual e insana do nosso treinador, e do nosso presidente, o time nao tem personalidade de Flamengo, não me representa, tenho 05 pontes de safena, e não quero outras, ZR VTC. SRN.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 anos ago Responder

    Interessante como o ser humano se adapta rapidamente a qualquer situação por mais adversa que seja. Por exemplo, quando eu assisto jogo do Flamengo, mesmo que o time esteja ganhando de 10 a 0, eu não fico tranquilo, sei que alguma coisa desagradável está por acontecer, um possível ( ou impossível) empate de 10a 10, ou meso uma derrota de 11 a 10, mas estou me observando que a situação já está tão familiar pra mim, que aquela angústia, ansiedade, depressão e todos aqueles sentimentos desagradáveis já meus conhecidos, cada dia que passa me incomodam menos, tamanha a repetição do fato desagradável. Conclusão: meu inconsciente já está cagando e andando pra essa porra desse time. Aquele velho esquema, pior não pode ficar, o que vier é lucro e meu lucro imediato é que estou gastando cada vez menos meu Teacher fajuto, envelhecido em 12 minutos em barril de plástico (carvalho é o cacete, não vou dizer aquela palavre que rimaria, tão desanimado eu ando) e minha cartela de Rivotril está intacta, ou intata. Ah, esse tal de ser humano a tudo se adapta.

  • author avatar

    Nivinha, não entendi!

    Você diz que o Flamengo é arame liso, mas viramos para 2 x 1.
    Não acho que seja por aí. Estávamos bem até o Rodinei fazer aquela faltinha no ataque. Coisas do futebol.

    Também fiquei bastante irritado ontem como nos últimos jogos, mas pensando friamente:

    1 – Temos dominado quase todos os jogos e por bastante tempo o que mostra que o Zé Ricardo arma bem o time. Faz tempo que não se dá um chutão, o que era praxe até pouco tempo. Quase sempre sai tocando a bola como um time grande deve fazer. Mas quase sempre acontece algo fora de suas atribuições como o penalti perdido pelo Diego, a expulsão do Rodinei ou uma falha da zaga como no gol que nos tirou da Liberta. Técnico não faz nem perde gol e nem faz falta!

    Os caras estão lá dominando, mas não criam nada. Quem deveria criar as jogadas fica cruzando as bolas pra lá e pra cá, sem efetividade. Por jogo, são 273 bolas cruzadas e meia dúzia de jogadas construídas com a bola rolando rente o relvado. Está errado!

    O técnico escala e escolhe como jogar, mas não joga.

    Considero que o M Araujo tem seu grau de eficiência. Pode não ser a melhor opção, mas o Araão caiu de produção, o Rômulo não corresponde, sobrou o Cuellar que é bom jogador e tem cumprido seu papel, mas não joga sozinho. Há ainda os meninos da base de onde ha anos não vinga ninguém. Destes nem o Vinicius Jr deslancha. Tá certo que joga pouco tempo, mas outros menos badalados de outros times já fizeram mais. nessa temporada.

    O Zé faz as substituições, o cara entra bem e no jogo seguinte não faz nada e volta tudo a estaca zero. Ele tenta, até revive uns mortos como o Gabriel e nada acontece. É complicado;

    2 – Temos feito gols, perdido alguns, é verdade, mas quem não os perde? Alguns são perdidos por detalhes como o do Diego contra a gambanzada, ou o do Guerreiro e o do Viseu ontem.

    3 – O Flamengo mudou, antes da década de 80, éramos um time de poucas ambições. Depois dela nos tornamos sonhadores, que fora a enxurrada de carioquetas, obtivemos apenas conquistas esperádicas. Crescemos somos uma instituição séria com grana, infra, compromissos escalonados e em dia portanto, não acho que os jogadores estejam fazendo corpo mole. Qual seria o motivo?

    Ou você quer a volta da Patrícia Amorim ou do Kleber Leite?

    4 – Algo que não sabemos pode estar interferindo ou então nosso grande problema é realmente o peso do Manto. Veja o Muralha, o R Vaz e o Rômulo. São bons jogadores que poderiam render mais, mas sempre rola um absurdo inacreditável.

    Não se pode dar uma de torcedor apaixonado, colocar os antolhos e sair culpando todo mundo. Agredir mesmo que só verbalmente, como fizeram com o Guerreiro hoje. Isso é uma idiotice de quem não tem cérebro, por que não vai fazer ninguém jogar mais, muito menos fazer a bola entrar.

    É duro, mas é preciso paciência, pois é sabido que todos jogam mais contra o Flamengo e é por isso que se diz que aqui tudo é mais difícil. Além disso, por mais grana que se tenha, não se pode sair comprando todo mundo até achar um que aguente o Manto.

    Lembre-se que, fora o Doval, todos os argentinos que compramos são paraguaios!

    Veja o Palmeiras, depois que voltou da 2ª divisão, comprou excelentes jogadores, mas saiu um, apenas um, o Gabriel Jesus, e virou um time normal. Não existem Gabrieis Jesus nas prateleiras dos supermercados e com certeza no da Gávea está em falta.

    Temos que apoiar que é nosso papel, vaiar após o apito final é perfeitamente normal, mas durante os 90 minutos temos que fazer a diferença.

    Saudações

  • author avatar
    Cláudio Condurú 2 anos ago Responder

    A defesa do Flamengo parece filme do Dario Argento: A Mãe das Lágrimas…

Deixe seu comentário