República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

A Última Tentação de Jesus

Por | 18 de julho de 2020
capajesus
52 Comments
  • author avatar
    Marcelo Dunlop 3 semanas ago Responder

    Jorge Jesus, fica cada vez mais claro, é o português mais importante da história do Brasil. Em seguida, vem o luso que abriu o Adonis, grande estabelecimento (em Benfica, tem a ver?). Só depois vêm o Cabral e outros patifes.

  • author avatar
    BRUNO MACIEL SANTANA 3 semanas ago Responder

    Tudo foi lindo com Jesus aqui, houve milagres de todos os tipos, moribundos renasceram, pecadores se arrependeram e tínhamos a sensação de que um líder nos unia e levava à Glória Eterna , sempre. Muitos ouvem o chamado, mas pouco são os escolhidos. O nosso cordeiro imaculado volta à casa do pai, isso é bíblico, poético e romântico. Quem abrir a boca para praguejar contra Jesus é porque não conseguiu entender suas palavras, há pessoas de coração raso, e isso também é bíblico. Nem o outro Cristo, que era realmente santo, agradou a todos. O nosso Jesus cumpriu a profecia, nos elevou, nos uniu e apesar dos nossos imensos defeitos, fez-nos mais fortes. Que suas palavras não sejam esquecidas, que seu exemplo seja seguido pelos séculos rubro-negros , amém!

  • author avatar

    Como sempre, cirurgico, Arthur, com um toque poético.

  • author avatar
    Eric Schwambach 3 semanas ago Responder

    “Onde não há um mínimo de igualdade ninguém é rico de verdade”. Não só por isso mas já passou da hora do Mulehmberg ir pra TV elevar o patamar das “mesas redondas”. Sobre o novo técnico, não devem decepcionar, o que tava excelente pode melhorar. Jardim, Gallardo, Sampaolli (ganhou meu respeito por deixar tão explícito seu desejo de nos capitanear). Jesus cumpriu sua missão beirando a perfeição. Eterna gratidão e vamos em frente. SRN

  • author avatar
    Henrique 3 semanas ago Responder

    Bem, Arthur, suas analises e seus textos são sempre fuderosissimos.
    Mas ESSE …. amigo, foi ESTUPENDO!
    Botou o dedo em todas as feridas sem que elas doessem (de dor, nao sei a palavra correta em português ), uma façanha magica, digna do querido JJ.

    Me arrepiei lendo e te agradeço, pois suas palavras e reflexões sao, nesse tempo esquisito de merda, de um consolo e de uma motivação impar.

    Agradeço ao JJ por UM ANO INTEIRO de alegrias e a voce por 2 minutos de conversa séria sobre o ano passado.

    Valeu JJ, que tenhas um ótimo caminho com muito sucesso!

    E obrigado, Arthur.

    SRN

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 3 semanas ago Responder

    Arthur, para variar, você tem toda razão. Para o nosso Míster reviver aqui em terras patropis o que ainda está nas entranhas do povo português foi demais. Seus neurônios ancestrais falaram mais alto, quarenta e um anos de uma terrível ditadura e revivê-la na ex-colônia é demais para qualquer ser humano. O Míster não aguentou o pesadelo e se mandou no velho estilo fi-lo por que qui-lo de outro maluco. Ninguém pode censurá-lo por isso.

  • author avatar
    MARCIO FERRETTI 3 semanas ago Responder

    Um agradecimento ao Mister

    No dia 10 de Julho de 2019, Jorge Jesus estreava pelo Flamengo, cercado de dúvidas, preconceitos e questionamentos .No dia 14 de julho deste mesmo ano, muitos dos questionamentos e dúvidas se dissipavam quando, num domingo pela manhã, o Maracanã lotadao via um show do seu time ser o espelho do show das arquibancadas, 6x 1 no Goiás.
    É fato, tivemos uma semana neste ano inteiro que muita coisa poderia ter ido “para o brejo”, quando fomos eliminados pelo Atlético – PR, nos pênaltis e uma semana depois , uma das 4 derrotas neste 1 ano de trabalho, contra o Emelec.
    Mas naquele dia 14 de julho de 2019, aconteceu um fenômeno com os rubro negros, acima dos 45 anos, que frequentam aquele Gigante de Concreto.Naquele dia, “Jesus trouxe a luz para o Povo”…
    Esta metáfora é bem aplicável porque , para nós, acima dos 4.5, não tínhamos a esperança de ver novamente um time do Flamengo jogando um futebol vistoso, envolvente, apaixonante, um time com o DNA rubro negro de futebol.
    É claro que a experiência de vida, os anos passados, os cabelos brancos, a barriga aumentada, tudo isso nos faz entender que as grandes receitas da venda de garotos, as cotas de televisão e outras negociações, nos permitiam ter um elenco qualificado, acima da média do futebol brasileiro.
    Mas aquele sentimento de sonho infantil, de magia com a bola, adaptado ao futebol moderno e as condições descritas acima, traziam uma nova esperança. A esperança de ver algo que víamos com olhares de criança, de adolescente , de jovens senhores.
    Jesus e seus discípulos rubro-negros, arrebanharam uma legião de seguidores, de volta ao seu lar.O Maraca voltou a ficar lotado, todo jogo. Era espetáculo no campo e espetáculo fora. Uma sensação única para quem ama o futebol e o Flamengo.
    É claro que os títulos coroaram este ano. Mas a grande referência de que estávamos vivendo um momento diferente foi no dia 14 de setembro de 2019, quando estava com meu pai no Maracanã, vendo Flamengo 1 x 0 Santos, no dia do aniversário dele. Meu pai viu Pelé… só isso já bastaria mas ele viu grandes times e times horrorosos do Flamengo, jogou futebol , de fato, não de brincadeira… E naquele dia, em determinado momento, ele virou para mim e disse : “Esse time está jogando muita bola”.É claro que esta declaração tem um lado tendencioso por ter uma paixão envolvida , de pai para filho. É claro que , do meu lado, tem paixão, também.Mas escutar esta frase, daquele que sempre foi a minha referência no assunto “bola”, foi demais. Sim , não era um sonho, era a realidade, 38 anos depois.Todos aqueles com mais de 45, tinham , de fato, virado crianças e adolescentes nas tardes de domingo e nas noites de meios de semanas, por mãos e pés de “Jesus e seus discípulos”.
    Pessoalmente, vivi um ano complexo… O Flamengo foi uma grande válvula de escape.Deve ter servido da mesma forma, para muitas pessoas. Minha gratidão se representou pela possibilidade de estar ao lado de amigos em Lima e Doha, na alegria e na tristeza, como é no eterno casamento com o rubro – negro…
    Jesus, o Senhor de Todos, não foi perfeito.Mesmo sendo o filho de Deus. Não poderíamos imaginar o mesmo deste senhor “Portuga” de 65 anos. Ele tem suas quedas de marra, arrogância, se acha bom, e é!!! Mesmo com “Deus”, o João, ao seu lado, ele não foi infalível, afinal , todos somos humanos . Tomara que aprendemos a ter menor arrogância, como dizem que é só uma prerrogativa dele.O Futebol brasileiro, dentro de campo, precisa ter humildade .Fora de campo, e não é só o futebol, são os dirigentes , os políticos, a esquerda, a direita…mas isso é uma outra história…
    Tudo indica que hoje se encerra um ciclo, como tudo na vida. Escrevi estas linhas, independentemente do resultado .Minha torcida é que saia invicto, incólume aos problemas dos últimos dias. Nenhum resultado vai mudar o que sinto. Longe de ser um herói ou Messias, agradeço ao que você e seus “discípulos” fizeram por mim, por nós e pelo futebol brasileiro.
    Para finalizar e parodiar o grande Neguinho da Beija Flor , só podemos falar uma coisa :”Obrigado Jesus”.

  • author avatar
    CARLOS MORAES 3 semanas ago Responder

    PALMAS, PALMAS DE PÉ , GRITANDO BRAVOS E PEDINDO BIS COMO NOS VELHOS TEMPOS DO THEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO !!!!!

    Perfeito, como que atendendo o pedido do Renato, em um comentário ao artigo anterior.

    De Fernando Pessoa à patafísica comprovado ficou que Jorge Jesus transformou o Flamengo e o próprio futebol brasileiro.
    Voltamos a ser exigentes !!!

    Parabéns, Arthur !!!

    Entristecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    #somos70porcento

  • author avatar
    Vinicius 3 semanas ago Responder

    Análise precisa!!!
    Concordo com cada palavra – algumas já vinha dizendo no círculo de amigos….

  • author avatar
    ALEX LAGE 3 semanas ago Responder

    Eu, como um medíocre flamenguista, me vejo representado por este medíocre texto.
    Fantástico!
    Porque, para os flamenguistas fodásticos, os edmundos, os limas e sormanis da fodástica “emprença” futebolística brasileira, estes, sim, estão milionários de razão. E irão xingar o JJ.
    Você, que tem nome de Rei, está mediocremente serto… sertíçimo…
    [aplausos]

  • author avatar
    Denilson 3 semanas ago Responder

    Obrigado por tudo mister. 2019 nunca será esquecido. Um dos meus melhores ano como torcedor do Flamengo. Que a sua jornada no Benfica, seja repleta de insucessos e se arrependa amargamente de nos deixar. Abraços mister. Te amo.

  • author avatar
    Mauricio Carrilho 3 semanas ago Responder

    Análise impecável! Parabéns, Arthur!
    Ainda bem que vc, mesmo submetido ao mesmo coquetel venenoso, nunca abandona o Flamengo e sua gente.

  • author avatar
    Ronaldo BAtista 3 semanas ago Responder

    Você foi muito preciso na análise. Também não acho correto torcedores e alguns grupos de imprensa estarem “crucificando” o comportamento de Jesus. Como também, embora muitos não sejam capazes disso, temos que entender que o problema não foi o Flamengo, que pagava melhor e tinha um projeto esportivo muito mais ambicioso. Com certeza, a realidade atual do nosso país, e o distanciamento de casa, influíram, e muito na decisão dele. Que seja feliz e muito obrigado por todo o trabalho feito no Mengão. Recolocou o clube no patamar onde ele sempre deve estar.

  • author avatar
    Vania 3 semanas ago Responder

    Pois é…não existe nada mais terceiro mundo que a nossa imprensa titista… Jesus mudou o futebol brasileiro mas aí ele volta do ninho do urubu pra Barra e pro restaurante favorito dele e vê a zona que é este país. É a família longe…ele colocou no contrato que se tivesse proposta de Portugal Espanha ou Inglaterra não haveria multa. O pior é perder a equipe dele que via todos os jogos dos adversários do Flamengo, o preparador físico sensacional e o João de Deus com o seu tablete com as jogadas…

    • author avatar
      CARLOS MORAES 3 semanas ago Responder

      Excelente comentário, destacando os pontos positivos de toda a equipe do Mister.

      Não entendi a classificação de nossa imprensa, mal das pernas sem dúvidas, como titista.
      90% nem sabem quem foi Josip Broz.

      SRN
      FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Marcos 3 semanas ago Responder

    Sempre preciso e cirúrgico com as palavras. Salve, Mulão.

    SRN

  • author avatar
    Rafael Siqueira 3 semanas ago Responder

    Apesar de respeitosamente discordar das razões, concordo integralmente com o desfecho.

  • author avatar
    Janio Kimura 3 semanas ago Responder

    Arthur, rei do texto.
    Torcedor fechado com o certo.
    Jesus foi muito digno. Chegou, viu e venceu.
    Gratidão!

  • author avatar
    Bruno Palvarini 3 semanas ago Responder

    Insuperável!!!! – passei o dia falando mais ou menos as mesmas coisas mas cadê o seu estilo. “Onde não há um mínimo de igualdade ninguém é rico de verdade”. “Pior que não saber é saber errado”. Nenhum analista dos programas do dia abordou essas questões fundamentais (e enquanto continuarmos a ignorá-las, vai mal o futebol, muito pior o Brasil). Abração!!!

    • author avatar
      CARLOS MORAES 3 semanas ago Responder

      Brilhantes observações, dando destaque merecido à sapiência do nosso Grão Mestre.

  • author avatar
    Belinha 3 semanas ago Responder

    Arrasou.

  • author avatar
    Alvaro Eduardo Jorge Macedo 3 semanas ago Responder

    Isso mesmo! Obrigado, Mister! No mais, sem mimimi.
    Que venha outro técnico vencedor e que jogue sempre para vencer, vencer, vencer.
    SRN

Deixe seu comentário