República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

A Montanha Mágica

Por | 22 de fevereiro de 2018
18 Comments
  • author avatar
    Henrique 4 anos ago Responder

    Bem,
    enquanto os perebas ainda andam pelo campo afora, e levam gols até dizer chega, eu penso no que estah acontecendo por baixo dos panos.
    Ou por cima, vai saber.

    O fodao de Flamengo, maior do mundo, tem jogadores de sobra.
    Dah pra deixar varios de reserva, para quarta feira, porque a nossa meninada, a nossa meninada – é phoda !!!
    Craques a gente faz …. etc.

    Ai vem um joguinho „de nada“ e bimba, bimba, bimba (até onde consegui ver, porque o computador parou) e nos somente focados (poe „focado“ nisso) na liberta.

    Mas, diga uma coisa: Esse pessoal que joga, nao sao de terceiros times, dos juvenis, sao sim alguns titulares com algums reservistas.
    O tecnico é o dos titulares.
    E nao vai ser a distancia do Rio que vai fazer eles piorarem tanto, nao é?
    Porque a falta de futebol estah …

    Eu fico com umas perguntas martelando …

    E se o tiro sair pela culatra, se na quarta nao funcione do jeito que gostariamos, o que vamos fazer em seguida?
    Hein?
    Porque o time nao foi reforçado, muito pelo contrario.
    E poe mais „contrario“ nisso quando alguns jogadores sairem, lah pra julho.
    O tecnico bom que tinhamos saiu correndo da bagunça reinante e investimos em um simpatico.
    Poe simpatico nisso, e até com historia de Flamengo.
    Claro que nao traz absolutamente nada de novo, muito pelo contrario, e poe aqui tambem „contrario“ nisso …. massss, tem gente que gosta.
    Até nao gostar mais. Infelizmente presinto que esse momento vai chegar logo, logo.

    Nao estou vendo, enfim, ALGUM trabalho sério nisso tudo. Soh chutes com a bunda e empurroes com a barriga.

    Isso nao pode dar certo.

    Nao no mundo de hoje.

    SRN

  • author avatar
    Henrique 4 anos ago Responder

    Nova era (?)

    Entramos entao numa nova era.
    Todo mundo fala isso.

    Tem Fla x Flu mas nao conta nada.
    Nao conta pq é Cariocao.
    E logo mais vai ter Liberta, que dizem contar MUITO mais.

    E se fosse Brao, contaria?
    Acho que sim.
    Deve ser pelos pontos.

    Mas tem Fla x Flu – estamos perdendo de 2×0 – mas isso nao conta.
    Foi por isso que colocamos uns perebas a jogar.
    Ah, mas sao perebas jovens, dizem.
    Perebas que nunca jogam, dizem tb.
    Verdade.

    Essa nova era é phoda.

    Temos que nos acostumar que as coisas velhas, a rivalidade velha, por exemplo, nao contam mais.

    Sinto muito dizer, mas estah dificil me acostumar, vendo esse futebolzinho ai e perdendo de 2 x 0, ainda por cima.
    Estou vendo que ficaria bem mais facil eu me acostumar, se estivessemos ganhando por 2 x 0.

    Ai fica a duvida, que faço AGORA:
    Me acomodo – talvez até desligo o computador? – ou fico fazendo como se nao visse, quando passo pela frente?
    Ou – pela ULTIMA vez, juro que serah a ultima, nao quero ser somente velho, quero participar dessa corrente moderna, essa de nao ligar – ou … vou levar a sério e me enervar e torcer?

    Mesmo sendo o ultimo?

    Hmmm.

    SRN inseguras

    Xiiiii, ta é 3 x 0 … bastou me virar pra escrever algo …

  • author avatar
    Aureo Rocha 4 anos ago Responder

    O QUE ACONTECE DEPOIS?
    Por Ernesto Xavier

    Digamos que no aspecto bélico, a intervenção federal dê certo. Assim, imaginemos que os caras retomem os territórios comandados pelo tráfico, que apreendam armas e drogas, que bandidos sejam presos em massa, que os índices de violência realmente caiam. Tipo, imagina a Noruega, Papai Noel, renas, crianças cantando jingle bells em norueguês, essas paradas de filme da sessão da tarde na década de 90.

    Os militares podem voltar para suas tarefas diárias, a intervenção acaba, a segurança volta para as mãos do governo estadual.

    Visualizou o cenário?

    Então…o que acontece depois?

    Imaginem uma árvore bem frondosa, com vários galhos e folhas. Vem um funcionário da Comlurb e faz a poda. Diminuem os galhos que estavam atingindo a fiação, somem as folhas por um tempo, a árvore fica “pelada”. O que acontece depois?

    Véi…

    Volta a crescer, parece até que ganha mais força, se espalha, as folhas voltam com tudo, galho pra todo lado. Eita árvore bonita! Aí tu liga no 1746 pra pedir pra alguém vir podar de novo e a telefonista (ela não vai te atender, mas…) vai te dizer que o serviço já foi feito, só lamento, perdeu menor, não vai rolar, contrata um particular. Sacou?

    Eu tô tentando falar em metáfora pra ver se o conceito fixa melhor na mente.
    Um helicóptero tinha 400 KILOS DE COCAÍNA EM PASTA, que virariam mais de 4000 kilinhos do pó branco. Uma carga que vale uns 10 milhões de dólares apreendido na fazenda do senador, que poderia ter a Holanda como destino final. Uau! O que aconteceu depois disso? NADA. Nadica de nada. O baile seguiu. Ninguém sabe, ninguém viu.

    Esse foi apenas um helicóptero. Tem muito mais. Tem muito mais mesmo. Tem aviões. Caminhões. É muito pó. É muita erva. Quem ganha com essa parada está é rindo da nossa cara discutindo sobre intervenção federal, intervenção militar, general, Temer, Pezão. Os caras não sentem nem cócegas. O preço do bagulho tá é aumentando. Estão fazendo propaganda do negócio deles.

    Traficante de favela é fichinha no negócio. É só a pontinha da parada. Tipo Silvio Santos e revendedor Jequiti. Você acaba com o revendedor, o Silvio Santos ainda tá lá, cara. Ele vai contratar outros.

    Entrar na casa do Jurandir com mandado de busca e apreensão coletivo é moleza. Quero ver bater na cobertura da Vieira Souto. Aí o bicho pega. Vai vir ministro, general, juiz do STF, o escambau pra impedir. Se quisessem acabar com o problema da violência na favela, era só prender os bandidos em Ipanema. Igual acupuntura. Coloca a agulha na orelha pra curar o fígado. Funciona.

    O tráfico de drogas movimenta 1,5% do PIB mundial, o que dá uns 320 bilhões de dólares por ano. Esse dinheiro tá com o pretinho na favela? Aquele cara sem camisa, cordão de ouro, bermuda da Redley, Havaianas e um fuzil? Sério que você acredita nisso?

    Se, por acaso, uma grana dessa estivesse concentrada nas mãos de gente pobre e preta das periferias, a elite imediatamente daria um jeito de legalizar a parada, cobrar imposto e levar o seu por fora.

    A parada funciona exatamente porque assim como no resto da sociedade, dentro do universo do crime, é na favela que fica a pior parte, o resto, o lixo, o indesejável. O aterro sanitário nunca fica no bairro nobre, meu caro.

    Então, voltando ao suposto sucesso da intervenção, o que aconteceria depois?

    A periferia continua com gente pobre, sem emprego, com baixa qualificação, sem posto de saúde, com escola precária, índices sociais baixíssimos, etc e tal. O moleque vai continuar sem comida em casa. A televisão vai mostrar o granfino com carro do ano e tênis Nike. Ele vai querer. A equação não vai fechar. A maioria não vai recorrer ao crime, mas…vai ter gente disponível pro recrutamento.
    Desigualdade, cara.

    Tu com esse papo de “ensinar a pescar”, tu é um hipócrita. Vai lá com teu anzol ensinar alguém a pegar lambari, vai. Tu não quer ver ninguém aprendendo nada. Tu quer só andar com teu Galaxy sem ser importunado. Se o moleque tomar um tiro na favela você vai é rir.

    O Rio de Janeiro vai ser o mesmo quando a intervenção for embora, porque a intenção da intervenção é manter tudo como está. Ela não mexe na estrutura. Ela só pinta a parede da fachada e te vende a casa cheia de cupim na madeira.

    • author avatar
      Xisto Beldroegas 4 anos ago Responder

      Aureo, concordo plenamente como o comentário que você transcreveu. Já que você tocou no ponto, sei perfeitamente que o espaço aqui é para falar de futebol, mas para não dizer que não falei de flores, vou falar mesmo que sejam cravos murchos de enterro. Essa solução é tipo aspirina, cura qualquer dor de cabeça, mas se for provocada por um tumor cerebral , a dor vai embora, e o tumor fica lá. E como fubebol anda muito chato mesmo…Lá vai minha opinião, como sempre óbvia.
      E claro que essa intervenção é um balão de ensaio para nova ditadura militar. A solução para acabar com a violência não só no Brasil, mas no mundo é acabar com a miséria, é tão óbvio, mas os poucos milhardários que dominam o mundo não querem ouvir falar nessa solução tão simples, eles, no máximo dão migalhas para os pobres voltarem a consumir e abarrotar seus bolsos mais ainda. Vivem de dinheiro acumuladas por heranças antepassadas, são os rentistas, empresários de fachada, etc.(vide Pikety). O dinheiro gasto com essa intervenção deveria ser desviado em criação de mais escolas e mais professores qualificados pagando, pelo menos, o que eles merecem. Desviem parte dessa segurança para proteger as escolas que ainda sobrevivem e os alunos poderem estudar, só isso. A gente vê todos os dias os pais aflitos na televisão lamentando que os filhos não podem estudar. Sem escolas ( instrução) não há solução. Dizia Darcy Ribeiro: ” se não criarmos escolas, vamos criar presídios”. Os que estão no poder sabem disso.Desculpem o desabafo é não vale me chamar de comunista.

      • author avatar
        Aureo Rocha 4 anos ago Responder

        Xisto, eu já nem me importo mais quando me chamam de comunista, porque compreendi que isso não passa de um ato de intimidação.

        Na realidade, o comunismo morreu e foi sepultado com o fim da Guerra Fria, no ano de 1991.

        Hoje, somente três consideráveis países ainda vivem sob este regime: China, Coreia do Norte e Cuba. Sendo que a China já caminha a passos largos em direção ao capitalismo. Aliás, a China está comprando o Brasil aos pedaços. O Comperj, situado aqui ao lado, já é dela. Estamos trocando o imperialismo americano pelo imperialismo chinês.

        A guerra que a China “comunista” trava hoje com os Estados Unidos não passa de uma guerra comercial.

        Mas, ainda há pessoas que acreditam na ameaça do comunismo, como crianças do século no bicho papão.

        Quanto ao futebol, para valer mesmo, somente a partir da partida contra o River Plate.

        SRN!

        • author avatar
          Aureo Rocha 4 anos ago Responder

          * século passado

  • author avatar
    duda 4 anos ago Responder

    1) Preparado para o desmonte de 2018 assim como 2014 ? Pare de iludir os otários da torcida , provavelmente mais um ano sem Libertadores , anota aí puxa saco da diretoria , julho de saída : Vinicius Junior , Vizeu , Cuellar , Berrio, Trauco ,Guerrero lixo chorinthiano 50 milhoes indo se juntar a Sheik para rir da cara do EBM que pagou a mafia chorinthians e obviamente aquela proposta já armada por Rodrigo CAItano para o Paquetá ir embora … e aí lider motivacional da torcida Fla iludida sensacionalista e superficial ?
    2) Taça Rio , TRIrebaixado 10×08 Flamengo , obrigação sim passar nos proximos 5 anos assim como é obrigação que o sub 20 jogue a Taça Guanabara e a Copinha nos próximos 5 anos , Flamengo 21 x 12 TRIrebaixado
    3) Com desmonte pronto peloperdedor de tudo Rodrigo CAItano mas uma derrota na Libertadores e pasme o Gremio foi campeão da Libertadores com Paulo Vitor Leo Moura e Fernandinho em 2017 e o presidente apoiando o tricolete gaucho
    4) Continuamos a merce dos demandos da FERJ , com estádio em clube lusitano quando poderia ser a mesmissima estrutura na Gavea e sem planejameno de estádio proprio modular acima de 100 mil mas 25 milhoes jáforam gastos com até agora péssimo Everton Ribeiro
    5) No estadual em busca do inédito PENTA e não mais um penta TRI …
    6) Brasileiro , Parmeira 9 , Santos 8 , Chorinthians Guerrero Sheik 7 rindo da cara dos otários da torcida
    7) Libertadores do século passado e atrás de 12 clubes … do 7 Independiente , 6 Boca , 5Penarol, 4 estudiantes , 3 São Paulo , Santos Gremio Nacional URU River Plate Olimpia 2 Cruzeiro e Inter
    8) Mundial do século passado atras de 15 clubes … Real Madrid 6 , Milan 4 , 3 Penarol, Boca , Barcelona Inter de milao Nacional e Bayern 2 Juventus , Santos Independiente Manchester United Ajax e Porto …

    • author avatar
      duda 4 anos ago Responder

      2008 desmonte vexatório de Klefer corrupto leite , mas pra quem troca Imperador promessa por Vampeta decadente é o futebol revelaçõe$$$$$ e retiro dos artistas …
      2014 desmonte vexatório de EBM Ximenes com direito a demissão do Jayme , desde então Leo Moura já ganhou Copa do Nordeste , Pernambucano, Libertadores , Recopa …
      2018 desmonte vexatório pós Copa do Mundo

      Mas os líders da torcida ISSD , iludidos sensacionalistas superficias desmemoriados continuam puxando o saco de diretoria$$$$$$

      Guerrero 50 milhoes chorinthiano perdedor de tudo , Sheik tricoete chorinthiano 10 milhoes e abandono de clube 2009 , Renato Augsuto recusado , Love recusado , Elias demitido , seguem rindo da cara da torcida ISSD do Flamengo , estes que estão bem longe de serem Mengão …

      25 milhoes do Vinicius Junior para Everton Ribeiro ….e estádio em clube lusitano podendo esta estrutura estar em definitivo na Gávea …

      • author avatar
        duda 4 anos ago Responder

        Pra voltar a figurar e nem mesmo liderar e apenas no Brasil o Flamengo precisa nos próximos 3 anos , de 2 Mundiais , 2 Libertadores , 2 Brasileiros e 2 Copas do Brasil

        • author avatar
          duda 4 anos ago Responder

          Ontem foi disputada a Recopa o líder Boca tem 4 , são 17 clubes a frente do Flamengo que nunca a conquistou … São Paulo, Inter e Gremio lideram com 2 cada …

  • […] Reprodução: Arthur Muhlenberg […]

  • author avatar
    Tatiana Ribeiro Coutinho 4 anos ago Responder

    Você continua escrevendo maravilhosamente bem. Grande beijo, saudades.

    • author avatar
      Muhlenberg 4 anos ago Responder

      Beijo, Tati.

  • author avatar

    “Só o cume interessa.”

    Ninguém comentou? Enfim! rs..

    Emblemático bloco de carnaval formado por alpinistas espirituosos. Vacilo meu nunca ter ido prestigiar.

    Vamo q vamo. Só o cume interessa… hahahaha

  • author avatar
    Carlos Moraes 4 anos ago Responder

    Excelente artigo.
    Concordo em gênero, número e …

    Vou dar o braço a torcer.
    Em homenagem ao meu próprio passado no futebol (como espectador, é claro), nãoo queria aceitar o fim do nosso ^campeonato^ estadual.
    Vivi anos a fio vibrando com os nossos clássicos, que eram autênticos, equilibrados e imprevisíveis.
    Até o Madureira, que revelou ÓTIMOS jogadores, entre eles o fabuloso Didi, craque maior da Copa de 1958, tinha um time que, se não ameaçava a conquista de um título, dificultava os jogos que realizava e não só aqueles realizados em Conselheiro Galvão.

    ACABOU.
    Ponto final, aliás em boa parte do futebol brasileiro. a partir do momento em que começou o êxodo para a Europa.

    Não quizemos e não queremos aceitar o óbvio.
    Afirmou muito bem o meu amigo Danilo Bruxolobo.
    Não, não foram os 7 x 1 que serviram de marco inicial da grande decadência sulamericana.
    Antes disso, o outrora poderoso Santos, o Santos de Pelé que passara a ser o Santos de Neymar (diferença abissal), tomara duas inacreditáveis lavadas do Barcelona, por 4 x 0 e, acreditem os que procuram esquecer, por OITO A ZERO.

    Algo precisa ser feito.
    Não sei o quê, nem tenho mais tempo por estas bandas para me preocupar com isso.
    Só sei que, simplesmente, NÃO DÁ para ver os jogos disputados em terras tupiniquins. Nem mesmo pela TV.

    Os 3 mil e poucos heróis que ontem pagaram ingressos correspondem a um público exageradamente ENORME, mormente pelas condições do dia, da cidade, de tudo, enfim.

    Da minha parte, PAREI.
    Como cachaceiro que não quer frequentar os AA, entre um e outro jogo da Champions, ainda vou ligar a máquina de fazer doidos, no dizer inesquecível do grande Stanislaw Ponte Preta, precursor, no estilo, do nosso Grão Mestre.
    Sem SOM.
    Para me poupar de ouvir elogios ao tal de Jonas, que, sem saber o que fazer, recolocou, totalmente a esmo, uma bola na área, que sobrou limpa para o Paquetá fazer o segundo gol.
    Grande ^assistência^, disse o comentarista de araque, levando-me, abalado pelo absurdo, a chamar a assistência para impedir um enfarte.

    Tenho dito e PONTO FINAL.

    Emputecidas SRN e tuiutiescas.
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Carlos Moraes 4 anos ago Responder

      PS 1 – Viva a Claudinha. Volta triunfal !

      PS 2 – Caro Arthur. Não foi dito, pois talvez não fosse politicamente correto. Se a camisa do Madureira era uma homenagem à Portela, a nossa (põe horrorosa nisto) só poderia ser, como de direito, à PARAÍSO DO TUIUTI.

  • author avatar
    VAGNER BSB - SSA 4 anos ago Responder

    Tempo de maturidade…

    Parece que o Flamengo (clube e time) finalmente despertou para as coisas óbvias da vida. E a mais óbvia de todas é a de que o Ruralzão doméstico (vulgo Carioqueta) só serve como preparação para as competições que realmente têm alguma importância.
    Se estivéssemos em um local com pessoas um pouquinho mais inteligentes, essa romaria de jogos-treino sequer existiria. Estaríamos disputando o campeonato Brasileiro, provavelmente com início neste final de semana, e começando a disputa da Libertadores no meio da semana. Enfim, essa bagaça quase inútil já teria sido eliminada do calendário.

    Então, se é quase inútil, vamos fazer algo de útil com a competição. Vamos treinar o time contra equipes que farão quase sempre a mesma coisa: RECUAR OS 11 ATLETAS PARA TENTAR SAIR NO CONTRA-ATAQUE.
    Isso poderia ser simulado nos treinos?? Claro que sim, mas fica meio enfadonho e menos realista que em um jogo normal. Jogos em que os caras vão dar a vida pra ganhar do Flamengo. Ou seja, fazem os exercícios quase em condições normais de temperatura e pressão (1 ATM).

    E assim chegamos à semana pré-Libertadores. Com o time já definido, com o esquema já definido e, quase certo, com as substituições quase definidas, desde que ninguém se machuque no jogo.
    O time do River Plate tem muita camisa na Libertadores e no campeonato doméstico, disso ninguém duvida. Mas, as notícias do lado de lá mostram um time muito desorganizado, com jogadores atuando muito mal e, quem diria, com o Gallardo no “bico do corvo”. Cenário trágico para o Flamengo ressuscitar outro moribundo.

    Espero, como disse, que todos tenham aprendido as lições das últimas competições. Não podemos dar mole de jeito nenhum e ganhar o primeiro jogo é mais do que essencial para a caminhada na Libertadores. Ainda mais com um grupo complicado e formado por clubes já bastante acostumados a estar na peleja.

    O nosso time, jogando a 60% ou 70%, que é o que eles estão demonstrando até agora, conseguiu apresentar ideias ofensivas e uma estabilidade defensiva bastante animadoras. Tomara que isso se desenvolva ainda mais no jogo que realmente interessa neste mês de Fevereiro. E que se repita, ainda mais aprimorado, nos jogos de Março, Abril e Maio. Todos queremos ver a Copa do Mundo com a classificação garantida e com bons números para termos vantagem nas fases de mata-mata. Só isso.

    SRN a todos!!

  • author avatar
    Rafael 4 anos ago Responder

    Falar que o seu texto é “pica das galápia”, é chover no molhado. Concordo em gênero, número e grau.

Deixe seu comentário