República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

A Intensidade

Por | 25 de julho de 2021
14 Comments
  • author avatar
    chacal 2 meses ago Responder

    CINCUNNNNN

    SRN !

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 meses ago Responder

    Eu vou ser curto em minha análise, o time continua no mesmo ritmo do Rogério, o chato, até um pouco pior no quesito domínio, agora o adversário chega a dominar alguma parte do jogo, o que serve para testar nossa defesa, se não os zagueiros, a famigerada recomposição pelos homens da frente, mas o que está pesando é que as bolas estão entrando, mesmo com alguns dos chamados gols perdidos, está dando para ganhar com folga. Chama-se ao fato “dedo do Renato”, sorte do Renato, pé frio que além de frio deve ser pé chato do Rogério, o chato?

  • author avatar
    Henrique 2 meses ago Responder

    Foi um presentaço.
    Daqueles inesperados e de quantidade inacreditavel.

    Quando ja estava escrevendo na mente um texto esculhambando esse e aquele, senao todos e todo mundo, vem o empate e depois chovem presentes, como se tivessem sacaneado o espectador antes.

    Beleza. O Remanita carrega esse nome com bastante razao.
    Talvez um dia vai virar positivo, a etiqueta.

    Mas vamos de novo lembrar uma coisa: Ele nao treinou o time ainda.
    Ou seja, se voce acha que é por causa dele que estamos voando (acho tambem), voce teria que colocar nas costas dele eventuais derrotas. No meu ponto de vista enquanto nao houver treinos e a gente poder dizer – bem, isso dai se deve integralmente ao tecnico, vamos no sapato apontando quem é responsavel de que.

    Até o empate tive a impressao que o Remanita nao sabia o que fazer para acabar com o dominio TOTAL do SP. Muito esforço sem o menor resultado. Estavamos mais perto do 2×0 e as vezes esperar pelo milagre nao adianta.
    Mas desta vez ele foi (como o Dome e o Ceni, varias vezes) salvo pela classe craquesca de um ou 2 jogadores, mas nao pelas ideias de jogo que pos em campo.

    Mas vale, se continuar assim, aceito queimar a lingua mais na frente, sem problemas.

    As questoes:
    A defesa foi pessima. Todos. (Até o craki foi horrivel, hein, convenhamos!).
    O nosso goleiro me lembra aquela do cobertor curto: Ou defende chutes e é horrivel com a bola nos pés, ou se concentra nessas e deixa entrar tudo. Dependendo da fase muda. Desta vez nao sai em bola na pequena area. O basico, o elementar.
    Matheuzinho um horror. Meu xara na defesa, outro. Poxa, parece uma tartaruga tamanho tamandua, na rapidez. Pra se virar …. é uma novela. Do outro lado o craki soube ler todos os numeros nas costas do SP. So viu costas, o senhor das avenidas.
    Gabriel outro que nao existiu. Mas tem tanta marra que ninguem tira ele do campo. Por causa da marra e por causa do River. Quem pode saber o que o cara faz nos ultimos 2 minutos do jogo? Por isso tem que se aturar ele 88 minutos errando tudo.
    Ou nao?
    Acho que o Pedro tem que jogar mais, bem mais. Nao é jogador pra banco, nunca.
    O Remanita tem que encontrar uma soluçao para isso.

    Bem, o time foi mediano a ruim no desempenho até chegar o empate. Isso tem que ser analisado, bem analisado, porque foi insuficiente.
    Digo isso mesmo devendo existir um monte de torcedores achando que nao importa, que sempre vai acabar em manitas.
    Espero que tenham razao.

    Seja como for – Isso sim que é começo de semana!

    SRN

  • author avatar
    Alexandre ESTATÍSTICO 2 meses ago Responder

    Que Vitória magnífica…

    Renato veio com grande estilo, dois CINCÚN pra lavar a alma, e a Vitória contra o time argentino, com o dedo do Renatão da Massa que ontem colocou o Matheusinho na lateral direita….

    Desde os tempos de Urublog eu pedia Renato no PAPAIZÃO Queridão, uma voz solitária que depois de muito tempo o universo conspirou para que essa química acontecesse, espero que esse casamento seja feliz com a conquista dos 3 TÍTULOS que disputamos.

    Renatão da Massa e PAPAIZÃO Queridão CAMPEÕES com DNA rubro-negro rumo ao sucesso.

    SRN 81/19

  • author avatar
    Carlos Santos 2 meses ago Responder

    Sempre que politiza o texto fica uma merda. Há menos aglomeração num estádio de 60 mil lugares recebendo nem 10 mil pessoas do que nos ônibus das grandes cidades, trens, metrôs, shoppings, aviões e restaurantes que tenho certeza que você não se furtou de estar num desses ambientes algumas várias vezes nesse período. Frescurada.

    • author avatar
      Muhlenberg 2 meses ago Responder

      Parabéns pela sensibilidade e empatia. Você é um grande ser humano.

  • author avatar
    Marcelo 2 meses ago Responder

    Difícil analisar os 3 resultados fantásticos de goleadas sem clubismo ou rubronegrismo com muita euforia, mas se for possível isto, digo que nas 3 flertamos com riscos, mas é inegável que o Renight tem carteira de motorista estilo f de Ferrari e confiança de sobra nele e na qualidade do grupo que encontrou, inclusive, já sabia o que fazer se um dia a dirigisse!!!! Tava escrito…

  • author avatar
    Aureo Rocha 2 meses ago Responder

    Após a primeira partida do time sob o comando do Renato Gaúcho – aquela desastrosa atuação na Argentina, uma das piores de todos os tempos – eu preferi nada falar, a tecer comentários possivelmente precipitados.

    Agora, mesmo após as três esplêndidas atuações contra Bahia, Defensa e São Paulo, vou continuar ainda em cima do muro. Creio ser muito cedo para conclusões definitivas.

    Entretanto, já consigo ver algo de bom acontecendo.

    Aqui, abro um parêntesis.

    Eu joguei em times de amadores sempre de lateral direito. Em um deles eu era reserva, já que o titular jogava muito, inclusive teve passagens pelo futebol profissional do Rio de Janeiro.

    Pois bem, um certo dia, o time ganhava por 1×0, quando o centroavante se machucou. Como não houvesse quem o substituísse, lá fui eu, um regular lateral, tirar uma de atacante.

    Nosso time todo na defesa e somente eu no ataque. Posicionei-me na altura da linha divisória do meio de campo e pedi: lancem a bola no campo adversário que eu chego na frente de todos. (minha especialidade no atletismo foi 100 metros rasos e até os 50 eu era imbatível).

    No primeiro lançamento, lá estou eu frente a frente com o goleiro, um puta armário de quase 2 metros de altura por 1 metro de largura. Eu com os meus1,72 de altura e um pouco franzino.

    Chutei forte. O cara defendeu e rindo na minha cara, falou:
    – aqui você não faz gol.
    Não me lembro quantas vezes, mas ao menos uma cinco eu tive a oportunidade de fazer o gol, mas o goleiro defendeu todas.
    Sabem o que me faltou? Eu respondo: CONFIANÇA.

    E é essa confiança que o Renato Gaúcho está trazendo de volta para o time.

    “A confiança em si mesmo é o primeiro segredo do sucesso.” (Ralph Waldo Emerson)

    SRN!

  • author avatar

    Além de elogiar o texto só posso dizer o seguinte:

    QUE VITÓRIA FODA!!!

    CHUPA BAMBIS!!!

    Nada mais a declarar.

    SRN

  • author avatar
    Tacio 2 meses ago Responder

    uma honra ter uma frase usada no texto do cronista rubronegro que acompanho há mais de 15 anos! valeu mulambo! SRN

    • author avatar
      Muhlenberg 2 meses ago Responder

      Sou eu que agradeço, Tacio.

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 2 meses ago Responder

    Arthur, como é bom ver o dia seguinte desse Flamengo ressuscitado. Na minha caminhada matinal parece que estou (re) vendo o Canal 100 do Carlos Niemeyer com direito a música de fundo nos meus atordoados ouvidos, Que bonito é, lembra-se? do Luiz Bandeira, com seus equívocos, primeiro com o título que era Na cadência do samba e depois porque muitos achavam que era do Zé Quéti. Vejo ali na esquina os garis sambando com as vassouras no seu honrado manto cor-de- abóbora, com seu riso imenso desfalcado de dentes igualzinho ao negão do Niemeyer ( ouso dizer negão mesmo, digo-o com amor dos meus mais de oitenta e que se fodam esses puristas de agora). Como é bom ver essas cenas que estão gravadas na minha memória redivivas nessa fria manhã de inverno. O Flamengo ganhando é sempre bom, alegria pura voltando a esse macambúzio país. O único senão é que a revolução do proletariado vai demorar mais um pouco.

  • author avatar
    Marcelo Goldenstei 2 meses ago Responder

    Porra, Arthur…gargalhei sozinho com os parágrafos em itálico. Até você repetiu as suas melhores atuações com a chegada do Renight!

  • author avatar
    Harrison Rodrigues 2 meses ago Responder

    Texto fodástico! Sucesso sempre, Mr Arthur!

Deixe seu comentário