República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

A felicidade se acha é em horinhas de descuido

Por | 20 de abril de 2018
salvo2
14 Comments
  • author avatar
    Carlos_SP 8 meses ago Responder

    Vivi,

    atrasado posto que não tenho tido tempo sequer de ler os posts aqui, deixo o beijo e admiração pelas sempre poéticas linhas.

    Beijo..

  • author avatar
    Roberto Fla 8 meses ago Responder

    Muito bom Vivi, como sempre. Ontem o espetáculo foi emocionante.

    Abraços e SRN

    Roberto Fla

  • author avatar
    Sonia 8 meses ago Responder

    E a pura verdade texto lindo show , falta amor, raça, sangue…

  • author avatar
    Carlos Moraes 8 meses ago Responder

    Querida, linda e, pelo menos para mim, demoradamente desaparecida, VIVI !

    Em primeiro lugar, peço desculpas.
    Você me pegou em um momento ^down^, pedantemente escrevendo.
    Como muitos, estou puto com o nosso FLAMENGO, com esses Diretores imbecis, com esses jogadores preguiçosos, para ficar no mínimo possível.

    Em vez de enaltecer as suas idéias, sempre maravilhosas, vou pegar um simples placar.
    Está lá escrito, naquele antigo do, como eu (não à época), também antigo e maltratado Maracanã, o Grande.

    12CRFxSCFC2

    Estava eu lá, embora não apareça na fotografia, que bem reflete a nossa torcida.
    Um sábado à tarde, de 1956.
    Fim de linha para o SEGUNDO MAIOR time do FLAMENGO de todos os tempos, o do grande feiticeiro Fleitas Solich.
    Estádio vazio, praticamente.
    O fabuloso Evaristo e o mais do que eficiente Índio fazendo gols aos borbotões.
    Pelo lado do falecido, posto que até campeão (1926, salvo engano), São Cri Cri, um belo artilheiro, Sarcinelli.

    Éramos, pela segunda vez, TRI CAMPEÕES, mas já estávamos praticamente fora da tentativa do TETRA, que jamais conseguimos.
    Não tenho tanta certeza assim, mas já não tínhamos a dupla fantástica do meio de campo, Dequinha e Dr. Rubens (rubis, no dizer popular).
    Os maledicentes (que hoje chamam, antipaticamente, de antis) afirmavam – dois viados. Ninguém, entre nós, levava em consideração, pois, na verdade, os enrabados eram sempre eles.
    Passávamos o rolo, nem sempre de DOZE, o maior placar de toda a linda história do Gigante de Cimento de Armado, que transformaram num anãozinho de Branca de Neve.
    Enfim, a época é mesmo dos Dunga …

    Não sejamos preconceituosos.
    Não tinha o menos problema se fossem ou não bichas enrustidos (à época, ninguém assumia, a não ser o Clóvis Bornay).
    Não eram – isto não eram MESMO – ENGOMADINHOS.
    Jogavam, sem segundas intenções, pra CARALHO e sempre pra frente, nada de bolinha pra cá, bolinha pra lá.

    Os ENGOMADINHOS, ^homões da porra^, são os sanguessugas de hoje.
    Porra, até os garotos, mesmo que mais do que promissores, têm que abusar das firulas, ao passo que parecem ter respeito excessivo pelos tais ENGOMADINHOS (vejam o lance do bom Lincoln, no último jogo, que, em vez de chutar uma bola à feição, achou-se no dever de passar a bola para o seu ^superior hierárquico^).

    Não dá, VIVI.
    Desta forma, não.
    EStou temeroso, nem tanto por mim, eis que os anos já são muitos.

    De 56 até 81, passaram-se 25 anos, um quartel.
    De lá para cá, praticamente outro tanto, SÓ que o mundo, no mesmíssimo período, evoluiu de uma forma devastadora.
    Não adianta dizer ^SOMOS 40 MILHÕES^, ^SOMOS UMA NAÇÃO^.
    Bravatas, não levam a nada.
    O Santos era uma merda. Surgiu Pelé, transformou-se. Ia morrendo, novamente, surgiu Neymar.
    O Botafogo, a mesma coisa. Surgiu Garrincha, virou potência. Não apareceu mais ninguém, está minguando.
    Sempre fomos MUITO MAIORES, mas não podemos virar um time que NÃO SE IDENTIFICA com a sua TORCIDA.

    Sem PRECONCEITOS.
    #Foracomosengomadinhos

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

    • author avatar
      Carlos Moraes 8 meses ago Responder

      CIMENTO ARMADO, é lógico.

      #Foracomosengomadinhos

  • author avatar
    Paulo Cezar da Costa Mattos Ribeiro 8 meses ago Responder

    Vivi,
    O placar que liustra o artigo, CRF 12 x SCFR 2, trouxe-me nostalgia porque naquele dia eu estava lá, no Maracanã, com meu pai. Hoje, se o Flamengo conseguisse vencer o São Cristóvão, com certeza recuaria para garantir o resultado e jamais lutaria para fazer 12 gols, mesmo que o jogo fosse uma teta. Como ex- vice presidente do Conselho Fiscal e ex-vice presidente do Conselho Deliberativo, parabenizo-a pelo brilhante artigo rubro-negro cheio de garra, amor e paixão.

  • author avatar
    Danilo Bruxolobo 8 meses ago Responder

    Belíssimo texto Vivi! chegamos a ser redundantes ao falar dessa sua expressão de amor pelo Flamengo em forma de poesia…
    “Peço sua permissão para acrescentar o que foi dito pelo Olivinha após o último jogo contra o Minas Tênis clube….
    É acreditar até o final, é virar jogos impossíveis, é ter disposição e garra até o final. Hoje tivemos um jogo muito difícil e conseguimos a vitória na prorrogação quando muitos não acreditavam. Isso é Flamengo porra!!!”
    Os embusteiros do futebol profissional do Flamengo nunca terão esse espírito…
    SRN / CDN
    “Saúdo aquele que ama o Flamengo mais do que eu… Saúdo aquele que ainda não nasceu”

  • author avatar
    Wanderson Gustavo 8 meses ago Responder

    Belo texto Vivi,expressa nitidamente o que não só eu e você,mas toda NAÇÃO está sentindo,obrigado por nós representar.quem me derá poder um dia representar o MENGÃO da mesma forma.

  • author avatar
    Michael Bitencourt 8 meses ago Responder

    Ela tem habilidade em falar do flamengo e com as palavras, assim como o Zico tratava a bola e vestia o manto.

  • author avatar
    Adailton Fernandes 8 meses ago Responder

    Belas e sabias palavras. Não quero e não vou dizer que essa diretoria é um desastre, tem muitos méritos, mas está faltando o futebol ter alma de vencedor, de ter raiva de não ganhar, tem que lutar, suor pelo Fla.
    Sou Adailton de Itajaí SC e quero o Flamengo brigador e vencedor de volta!!

    • author avatar
      Rasiko 8 meses ago Responder

      Então eu digo, Adailton, não por você, mas no seu lugar: EDUARDO BANANA DE MERDA É O PIOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO FLAMENGO.

      Sem possíveis comparações.

      Além de tudo é corrupto e eu provo.

      Corrupto não é só aquele que recebe propina, mas o que tem o caráter corrompido.

      E o caráter desse canalha foi achado numa lata de lixo putrefata.

  • author avatar
    Duda 8 meses ago Responder

    Cadê o lixo chorinthiano , nenhuma palavra sobre 50 milhões no lixo desde 2015,2016,2017,2018 … vergonha o que eh isto que proteção é está a este merda ? Suposto artilheiro , maior salário e um vagabundo chinelinho mas a culpa é dos outros ? Éverton Ribeiro 25 milhões no lixo ? Tá com saudade de Léo Moura e Jorge , não aplaudiu e apoiou estes merdas da diretoria ? Samir eh melhor que Estes que aí estão , e aih ? E vem aih o desmonte de 2018 mas para quem se calou diante do desmonte de 2014 … vergonha apoiam a diretoria cegamente e agora estão em desespero pedindo raça … outra coisa não foi o povo e sim as organizadas que tiveram benefícios cortados desde da sul americana que foi ao Maracanã … em tempo 125 milhões do Vinicius Júnior da e sobra para estádios com setores populares e aproveitem que está tudo perdido e apõem Andrade hexa , pet e Leonardo , mando o lixo chorinthiano perdedor de tudo e artilheiro de nada e apõem o imperador 18 gols 6 meses hexa e love … is demitidos pelos incompetentes que vcs apoiaram

    • author avatar
      Dantas 8 meses ago Responder

      Kkkkk
      A sua insistência em citar o Corinthians é il’aria…..,.nem seus colegas aguentam mais…ok

  • author avatar
    ALVARENGA 8 meses ago Responder

    ARRASOU , texto incrível .SRN VIVI

Deixe seu comentário