República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

A Alegria De Ser Triste

Por | 20 de junho de 2016
7 Comments
  • author avatar
    Roberto Tomaz 5 anos ago Responder

    Nivinha,
    você é linda, essa camisa em você fica mais linda e o nosso Flamengo jogou muito bem!!!
    Portanto, alegria com nosso Mengão, jovem menina!!!

  • author avatar
    Romano 5 anos ago Responder

    Derrotas escrotas ou vitórias fáceis que escorrem pelos dedos por causa de falhas técnicas individuais e erros grosseiros do treinador?

    Sinceramente, não sei o que me irrita mais.

    Domingo, ao ver Fernandinho, Gabriel, Everton e Marcio Araújo em campo em uma tarde só, sabia que o time NÃO VENCERIA de jeito nenhum. Mesmo que jogasse igual ao Barcelona.

    Tenho certeza que se o Wallace estivesse ainda no Fla, ele estaria em campo também. E não me surpreenderei com a volta do PV. Afinal, o Muralha falhou e isso é inadmissível. Só o bonde da Stella e os “líderes de vestiário” (seja lá que porra for isso, deve ser algum tipo de animador de torcida) têm salvo conduto para errar sempre e não perder a titularidade.

    NUNCA seremos felizes com esses caras em campo. Essa lição já devia ter sido aprendida.

    E não vou me iludir com o fato de estarem correndo (como se não fosse obrigação). Sei que eles só correm enquanto querem.

    Já escrevi isso e vou repetir: com esses caras em campo, continuaremos deixando de ganhar jogos fáceis e tendo derrotas escrotas. Esse time não tem condições de mudar de patamar com eles, todos já os conhecemos de longa data.

    O time é outro com Zé Ricardo, ponto. Mas não adianta jogar bem e perder aquela partida para o Figueirense ou deixar de ganhar um jogo como contra o SP no domingo.

    As contratações mais difíceis e caras do Flamengo pra este ano estão largadas no banco. Sequer entram quando o adversário está com um a menos.

    É responsabilidade do técnico pôr os melhores pra jogar, encaixá-los no time e fazê-los render. São um patrimônio e um investimento do clube.

    Não acho o Cuéllar um craque, mas TENHO CERTEZA QUE ELE NÃO CAIRIA DE BUNDA naquela disputa com o Calleri que originou o primeiro gol dos caras. Ele é muito mais forte e veloz que o Márcio Pavoroújo e disputaria aquela bola na corrida e na força física, como um bom defensor faz.

    Por causa dessas coisas, vão mais dois pontos para o ralo. Bem como deixar o Mancuello no banco e colocar dois jogadores de velocidade para furar uma retranca de um time com um homem a menos, TIRANDO O CENTROAVANTE DO TIME (que dizem que estava cansado, na flor dos seus 19 anos).

    Nada disso faz o menor sentido.

    Logo, a irritação é a mesma de uma derrota.

    SRN

  • author avatar
    Murilo Ferreira Borges 5 anos ago Responder

    Perfeita análise, Nivinha. Passadas algumas horas de frustração pelo pênalti perdido, e vitória perdida, não dá para negar a evolução do Flamengo. O que o Zé Ricardo vem fazendo com esse time, nem Muricy, Oswaldo, Cristóvão e outros conseguiram. O time marca com 11, e ataca com 10. Não se vê mais balões e distanciamento entre defesa e ataque. E o principal, há vibração, há entrega, há Flamengo. Fora alguns pitacos de praxe, a sensação que fica é que dias melhores virão. Que mantenham o Zé Ricardo. E que ele aproveite Cuellar e Macuello. SRN.

  • author avatar
    Vagner BSB - SSA 5 anos ago Responder

    Disse tudo, Nivinha!!

    Emoção boa de ver o Flamengo não apenas lutar, mas também mostrar qualidades que há muito não víamos.
    Não é só de raça que vive um time de futebol. Mas, quando essa raça vem acompanhada de boa disposição tática e boa técnica, nós começamos a ficar animados.

    Só espero que essa correria toda não esteja atrelada ao “correr pelo Zé” enquanto ele mantiver os jogadores de sempre. Mas, sim, atrelada à boa proposta de jogo e os treinamentos bem executados que estão proporcionando a oportunidades de vermos jogadores em decadência voltarem a apresentar um bom futebol.

    Jorge melhorou muito nos últimos jogos. Idem para o Arão e Alan Patrick.
    Márcio Araújo (percebam que escrevi o nome completo) jogando no melhor nível dele da carreira e o time se reagrupando com velocidade e coordenação.
    Ainda faltam algumas coisas essenciais? É óbvio que sim, principalmente quem empurre a bola pra dentro do gol. E as escolhas do Zé também podem melhorar, colocando os de “nunca” pra jogar e readquirirem a confiança e o ritmo de jogo. São eles: Mancuello, Cuéllar e Ederson, principalmente.

    Não seria um sacrifício grande, bastava NÃO colocar Fernandinho ou Gabriel na hora das substituições. Só isso.
    E, com o tempo, verificar que o esquema adotado, atrelado ao bom treinamento, funcionará ainda melhor com os melhores jogadores do elenco.

    SRN a todos

  • author avatar
    chacal 5 anos ago Responder

    nivinha,

    concordo,concordo,concordo e concordo !!!

    SRN !

    ps-concordo mais uma vez !!!

  • author avatar
    Bill Duba 5 anos ago Responder

    Nivinha, não existe manto número 3 que seja lindo!! Todos sempre trouxeram essa inhaca, mesmo lindos!!
    Mas não tem como concordar que hoje pelo menos a gente pode tomar um gol e não ter o impulso de desligar a televisão, mas faz um ano isso, faz um mês.
    Saudacões Rubro Nigérrimas
    e Abel é o caralho!!!

    • author avatar
      Bill Duba 5 anos ago Responder

      Nã tem como NÃO concordar

Deixe seu comentário