República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

She Loves You, Yeah, Yeah, Yeah

Por | 2 de maio de 2022
31 Comments
  • author avatar
    Nojento 2.0 3 semanas ago Responder

    Arthur espetacular como sempre, tocando naquilo que é mais profundo e realmente importa. Nosso verdadeiro patrimonio é a torcida, aquela que faz uma gigantesca carreata lá em Tefe-AM quando o time ganha a Taca GB, mesmo tendo perdido metade do jogo porque faltou energia elétrica. Mas infelizmente, os capa-pretas do clube parecem não entender isso — ou ignoram de proposito. Vejo a imprensa discutindo técnico e toda a sorte de tecnicalidades, e os instagramers causando tumulto em troca de likes. Mas na minha opinião, poucos abordam o que realmente é o problema maior: a gestão provinciana de uma organização esportiva com mais de 40 milhões de torcedores, com receita de mais de um bilhão de reais, detentora de dezenas de títulos e recordes esportivos, mas que continua sendo tocada como um clube social pseudo-chique, destinado a uma elitezinha tacanha da Zona Sul do RJ. Os dirigentes e os beneméritos parecem não ter entendido que os tempos mudaram, que o mundo não é mais o RJ dos anos 70, e que devido ao bom momento financeiro do clube — temos uma janela de oportunidades aberta única. Essa é talvez a grande chance de transformar o Flamengo para sempre e deixar de viver de solavanco em solavanco, de escândalo em escândalo, de mico em mico. Um clube como esse não era para estar trocando de técnico a cada seis meses. Merecia uma gestão profissional e não diretores que ocupam cargos políticos e empregam membros de torcidas organizadas em seus gabinetes. Ou um presidente que ignora tragedias como a dos meninos do ninho e fecha o clube ainda mais para um pequeno grupo de quatrocentões falidos. O Flamengo está perdendo a sua maior oportunidade histórica de se transformar para sempre numa organização de excelência e fazer jus ao amor incondicional oferecido por nosso povo sofrido. Mas parece que nem os dirigentes, nem a imprensa especializada perceberam isso.

  • author avatar
    Sbub 1 mês ago Responder

    Não sei o que pensar mais sobre o Flamengo. A montanha russa de vitórias e derrotas, a campanha de primeiro lugar na Liberta e de rebaixado no Brasileiro, o vai e vem sobre o técnico. Quer dizer, tudo isso é normal. Mas como o Arthur parou de escrever, eu deixei de ter uma opinião sobre tudo isso.

  • author avatar
    Ogrão 1 mês ago Responder

    Como não tem (infelizmente) crônica nova, comento nessa mesmo.

    Só pra dizer que a pusilanimidade e a omissão dessa “diretoria” é algo assustador.
    Esse clube tem presidente? Pergunto isso porque ele é o que não se vê. Sumiu! E, não vendo, não se pode ter certeza se ele existe ou não.
    O resto, técnico, comissão técnica, departamento médico e gerência de futebol, isso a gente vê. E por isso, sabe que NÃO tem.

    Imaginar que o Flamengo está entregue a essa “gente” no seu (até aqui) auge econômico, faturando mais de 1 bilhão por ano, é de preocupar até monge budista.

    O “presidente” segue qual avestruz, com a cabeça enfiada na areia, sem se dar conta de que, ao fazê-lo, deixa o fiofó exposto…

  • author avatar
    Marcelo 1 mês ago Responder

    Vejam se não existe lógica: Todos os times que ficaram dominantes durante um tempo, foram destruídos ou se perderam de forma melancólica e sem títulos importantes após, vide 79-83 e agora 2019-2022, um término que só seria diferente, se as atitudes dos gestores fosse diferente, em 84 como agora, a mesma, ou seja, novos tempos de escuridão…Socorro Jesus!!!!

  • author avatar
    Carlos Moraes 2 meses ago Responder

    Vou escrever sobre outro assunto, evidentemente ligado ao futebol.
    Thiago Alcântara.
    Por favor, leiam o enorme artigo constante do BBC Football sobre ele.
    Se não é o número 1 do mundo atualmente, certamente o é na sua posição.
    E os babacas da CBF deixaram esse craque se tornar espanhol, preferindo o irmão, incomparavelmente mais fraco.
    Thiago nasceu na Itália (ouvi dizer), mas nasceu brasileiro.
    FIlho do campeão mundial Mazinho (daquela seleçãozinha mequetrefe de 1994) se não tem, teria, com total facilidade a cidadania brasileira.
    Aliás cidadania é algo que não interessa aos mandões da FIFA.
    De toda maneira é lamentável que não possa ser aproveitado na nossa Seleção.
    Pelo que se sabe, eles preferem o Fred. Ora, o Fred !!!!!

    SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    Carlos Moraes 2 meses ago Responder

    Escrevi um comentário.
    Sumiu !
    Estou com preguiiça de escrever outro.
    Não é a primeira vez.

  • author avatar
    Carlos Moraes 2 meses ago Responder

    Esclarecendo – as palmas são para o excepcional comentário do Rasiko, bem embaixo do meu, quero crer.

    Vamos agora a umas mal traçadas linhas …

    O nosso Grão Mestre está muito ocupado para escrever um novo artigo.
    Tem uma excelente série no Canal Brasil – 650 – a respeito do jogo do bicho e seu envolvimento com a criminalidade maior, por sinal tema que me apaixona, do qual ele é um dos dois roteiristas;
    Já passaram três do quatro capítulos, sempre às 22.30 de sexta-feira.
    Quatro capítulos previstos, mas a família Andrade é fogo na roupa.
    Já surgiu um novo imbroglio, desta vez até envolvendo (cada entre nós, como sempre) alguns policiais, sendo que uma Delegada extrapolou.
    Não é que a danada tinha, na sua casa, duas milhas das grandes, escondidas em sacolas de grifes finas.
    Acho que o Arthur já está escrevendo, de uma hora para outra, o quinto capítulo.
    Daí, o blog, coitadinho, fica por nossa conta.

    O Rasiko escreveu tudo.
    Para acrescentar, mais um fracasso.
    Fica todo mundo criticando o técnico, mas, na minha opinião, os maiores culpados estão na Diretoria, no Departamento Médico e dentro do campo.
    Falar mal do Hugo, do Isla, do Rodinei, do David Luiz, do Filipe Luiz e de tantos outros que vêm, seguidamente, entregando a paçoca é fácil.
    Cada entre nós, onde andam os craques do time ?
    Tirando o Arrascaeta, que quase sempre se salva, cadê o Everton Ribeiro, o Bruno Henrique e, principalmente, o Gabigol.

    No tocante à Diretoria, que esmero espetacular em contratar jogador bichado.
    Fabrício Bruno, Pablo, Airton Lucas, Marinho, além dos frequentadores assíduos do DM, como o Rodrigo Caio, que, positivamente, voltou sem condições ideais. Um crime fizeram com esse rapaz.

    No mais, esta semana dois jogos bem fáceis.
    Católica e Goiás.
    Pra tirar o pé da lama e partirmos para a conquista da Libertadores e do Brasileirão.
    Com Paulo Sousa e tudo.

    Otimistas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

Deixe seu comentário