República Paz & Amor

Por favor, aguarde...

República Paz & Amor

Humildemente de Fuzil

Por | 26 de julho de 2016
128-130_OD_C_ArtFull_NOV14.indd
60 Comments
  • author avatar
    Eric Schunk 4 anos ago Responder

    Kkkkk poha irmão, se os concorrentes continuarem como estão, não vai dar outra nos próximos anos. Haverá tempo pra se readaptar! SRN

  • author avatar
    Xisto Beldroegas 4 anos ago Responder

    Concordo com tudo Arthur, uma boa premonição é que esmagamos mais um pequeno, esmagar pequeno sempre dá bom caldo, deixa os grandes se engalfinharem, se comerem como o besouro do português, Flamengo tem que ser isso, aos trancos e barrancos não deixando fracos para contar a história, até com Marcos Araújo…

    • author avatar
      Bill Duba 4 anos ago Responder

      Concordo, Darci!!!
      Abraços no gato vesgo e Saudações Rubro Nigérrimas

    • author avatar
      LÚCIFER 4 anos ago Responder

      Concordo Xisto Cruz !

      E eu continuo só vendo o Flamengo !!!

      Abraço do Lúcifer

      SRN

  • author avatar
    carlos moraes 4 anos ago Responder

    No seu bom e velho estilo, mais gozador do que nunca, mais um excelente artigo do Grão Mestre.

    Poderia destacar, até porque concordo,^que o jogo foi horrível^ e que ^jogamos muito mal^.

    Estou, no entanto, preparando-me para os Jogos Olímpicos, embora ainda sem uma boa instalação para presenciá-los ao vivo. Vou providenciar junto ao Comitê Organizador, esclarecendo desde já que aceitaria as destinadas à Austrália e à Suécia.
    Em assim sendo, prevalecendo o espírito do velho Barão, vou de pódios neste comentário.

    Medalha de Ouro – Guerrero (nota 8,5)
    Medalha de Prata – Pará (nota 8,0)
    Medalhas de Bonze – Muralha e Márcio Araújo (mesma nota – 7,5)

    Medalha de Latão – Chiquinho ( nota 1,0)
    Medalha de Lata – Fernandinho (nota 1,5)
    Medalhas de Latinha – Mancuello e Alan Patrick (ambos com nota 3,0)

    Os demais passaram de ano na tangente, todos com nota 5,0, eis que os zagueiros permitiram um gol de um time que há SEIS jogos não fazia unzinho sequer e o William Arão vem cainda de produção, o que é preocupante.

    Podem crer que, já há alguns dias, NADA venho bebendo de alcoólico, e que nunca fui adepto da cheiração.

    Olho o pódio principal e quase não acredito no que escrevi.
    Seu Perú como o melhor em campo, Pará o melhor zagueiro e Márcio Araújo o melhor da meiúca …

    Positivamente, chamem os homens de branco …

    Endoidecidas SRN
    FLAMENGO SEMPRE

  • author avatar
    pedro rocha 4 anos ago Responder

    Pará em noite de quase Leandro (tenham boa vontade, vai!).
    Chiquinho em noite de Anderson Pico (arrumem um clube na Rússia pra ele tbm).
    Alan Patrick vem mal há vários jogos (dessa vez pelo menos não desperdiçou o pênalti, como tinha feito contra o Galo quando tava 0x0 ano passado – jogo acabou 4×1 pra eles – e contra o São Paulo esse ano). Pra mim, ele deveria sair pra entrada do Diego, assim que possível. Mancuello compõe bem ali pela esquerda e é mais efetivo que Alan Patrick, que tem se revelado uma enceradeira muitas vezes.
    Guerrero mostrando valor (desde que voltou da Copa América, 5 jogos, 3 gols, 2 assistências – 3 cartões e uma suspensão tbm pra não variar rs).
    Fernandinho é um cavalo de troia que o Grêmio instalou no nosso time. Poderíamos ter respondido mandando Gabriel pra eles, mas a entrada do edvânico craque baiano ontem inviabilizou a possível transferência. Fazer o quê? Os caras já fizeram maior preza levando o Wallace.
    A vitória de ontem tem que ser muito louvada sim! Só era fácil na análise dos gatos mestres do lado de fora.
    Lá dentro, técnico novo, caras do América dando a vida pra ganhar um pontinho que fosse, a saída inesperada do Jorge pra entrada de um Chiquinho longe de poder ser chamado de atleta, torcida eufórica a princípio e nervosa em seguida, ambiente de festa no clube, tudo pra dar errado…e vencemos mesmo assim. É lucro demais.
    Se o lance é ganhar um Brasileirão com (apesar de) Márcio Araújo e tudo, então vamo lá, challenge accepted!
    Meu time com todos à disposição (entreguem as taças!):
    Goleiro: Muralha
    Zagueiros: Réver – Juan
    Laterais: Rodinei – Jorge
    Volantes: Arão – Cuéllar (não vai rolar, eu sei…é MA+10)
    Meias: Diego – Mancuelo (improvável tbm…técnico deverá preferir Everton ou Fernandinho)
    Atacante: Guerrero (na cabeça do técnico – só na dele – Girino pode fazer isso…)
    Caneludo empurrador de bola pro gol: Damião (na prática o escolhido pra função deve ser o Guerrero)

    • author avatar
      Léo Fla 4 anos ago Responder

      “edvânico craque baiano” foi ótimo!!!! kkkkkkkkk

      SRN

  • author avatar
    Tripa seca 4 anos ago Responder

    Vaaamooooooooossssssss Flamengooooooooooo Vamos ser campeão vamos Flamengo minha Maior paixão vamos Flamengoooooo e essa taça vamos conquistarrrrrrrrr

    SRN

  • author avatar
    Bruno Ottoni 4 anos ago Responder

    Grande Arthur,

    Tá no sapato mágico, héin? É isso aí… O que vale é ser líder na última partida, em Curitiba contra o Atlético-PR no dia 04/12 (meu ingresso já tá comprado).

    78% de domínio de bola no 1º tempo e quase nada de chutes ao gol. América-Mg com 300 atrás, rezando por um contra-ataque abençoado (quase rolou).

    Mancuello titular (a pedidos da torcida) e… nada. Bateu cabeça com o A. Patrick que jogou abaixo da média também. Ou seja, vai ter que rolar muito treino para podermos ter um meio-campo com dois caras habilidosos (Diego vem aí, e o bicho vai pegar!).

    Zizuis Cristo, also known as Marcio Araújo, continua a sua saga particular de Geni, não importa o que faça (a jogada do 1º gol começa com ele partindo com a bola dominada na defesa) a Magnética quer o escalpo dele exibido em praça pública. Espero que não se espantem quando o Cuéllar for titular e não enxergarem essa diferença toda assim no futebol de ambos. Apesar de, particularmente, achar que o colombiano realmente dá mais opções para saída ofensiva de bola na transição de nossa intermediária, M.A. é o judas da vez e nada vai mudar isso, pois até gol de título carioca ele já fez e não recebe o indulto de Natal da Nação…

    Por fim, temos elenco e apesar de preferências pontuais iremos precisar de todos. Vem aí a Sulamericana, além de cartões, contusões e convocações. Brasileirão é maratona e só ganha que tem fôlego, competência, sorte e coração forte.

    S.R.N.

  • author avatar
    Eduardo 4 anos ago Responder

    É iso aí, Arthur! “Se continuar a jogar mal desse jeito, com vitórias magras, suadas e inconvincentes, vai acabar sendo campeão com algumas rodadas de antecedência”. Falou tudo! Esse era um tipico jogo para perder, e ganhamos. SRN

  • author avatar
    Gean Medeiros 4 anos ago Responder

    créu nelas mengão

  • author avatar
    Vagner BSB - SSA 4 anos ago Responder

    Será o Benedito? Não, é o Pará.

    Ontem tivemos um jogo sofrido no início e no final da partida. No início porque o time não conseguia se articular direito. E quando conseguia, a bola sobrava pro Fernandinho (fim da frase).
    Nosso nobre “ponta esquerda” (ou seria “direita”?) não acertou absolutamente nada no jogo de ontem. Sempre que a bola sobrava pra ele (já que a marcação estava cerrada em cima do Guerrero) algo idiota acontecia. Ou chutava pra cima, ou chutava pra longe, ou errava o drible, ou era desarmado. Inacreditável como o Zé Ricardo optou por ele e, pior, inacreditável tê-lo mantido mesmo depois do intervalo. Fazer o quê?

    E, pra piorar, o Zé ainda colocou o Gabriel no jogo (completando os 7 jogos) e impossibilitou a negociação com o Grêmio. Teremos que ficar com o baiano até o final do campeonato. (Meu Deus!!)
    Mas, em meio a inoperância do Fernandinho, tivemos a gratíssima atuação do Pará. A melhor atuação de um lateral do Flamengo no ano. Desarmou bem, chegou muito bem no apoio e ainda concluiu em gol. Parecia até o Leandro.

    Bem, quer dizer, não parecia o Leandro, mas teve uma ótima atuação. Melhor me retratar antes de ser xingado (com razão) por todos que viram Leandro jogar. Hehehehe

    Outro destaque foi o Guerrero.
    Jogou bem, finalizou bem, preparou bem as jogadas de pivô, fez gol, colocou bola na trave e só não foi mais destacado por causa da ausência de um companheiro de ataque (Fernandinho foi nulo, como dito anteriormente).
    Parece que os gols do Vizeu, a chegada do Damião e a futura estreia do Diego deram motivação nova ao peruano.
    Jogou o fino da bola e, se tivesse um pouco mais de sorte, teria feito um “hat trick”.

    Agora, o time ainda precisa de mais confiança. Ficou escancarado o medo de perder mais dois pontos no final do jogo de ontem, mesmo contra o brioso América/MG.
    E isso é fruto dos jogos fáceis em que nós desperdiçamos pontos preciosos e acabamos por tirar muita da confiança dos jogadores.
    Não tivéssemos dado bobeira contra São Paulo, Figueirense, Fluminense, Corinthians e Botafogo, o time teria muito mais pontos na tabela e muito mais confiança na cabeça. Mas, o “se” não joga. E o fato de ter conseguido segurar os 3 pontos ontem TAMBÉM contam para equilibrar a balança (de pontos e de CONFIANÇA) para a sequência do campeonato.

    E a sequência do campeonato ficou melhor pra nós com a notícia de que o jogo contra o Santos será na Arena Pantanal. Ou seja, mando de campo será nosso e precisamos aproveitar o fato de jogar fora da Vila Belmiro. http://globoesporte.globo.com/sp/santos-e-regiao/futebol/times/santos/noticia/2016/07/santos-confirma-jogo-com-o-flamengo-na-arena-pantanal-em-cuiaba.html
    Além disso, com a concorrência aberta pelo Zé Ricardo para as 10 vagas do time (uma é do Massaraújo, não tem jeito) parece que todos têm interesse em jogar mais. Caso contrário, vai voltar ou permanecer no banco. Vejamos o que teremos daqui pra frente.

    Só sei que o mais importante foi assegurar os 3 pontos e manter a distância “sapática” do G-4 e da liderança.
    Ah, quase ia me esquecendo de algo também muito positivo no jogo de ontem. A postura do Zé Ricardo.
    Ganhávamos de 2×0 quando ele substituiu Fernandinho por (volante? não) Gabriel. A substituição foi errada, mas não pela postura, mas pelo nome escolhido.
    Saiu Alan Patrick e entrou (volante?? zagueiro? NÃO) Adryan. E ainda teve a entrada do Vaz no lugar do Chiquinho por lesão.

    OU SEJA, não recuou o time ao trocar as peças. Mas, o time recuou assim mesmo por causa da paura (medo) de repetir a “entregada de paçoca” dos jogos citados acima.
    Mas, de qualquer forma, foi algo positivo de se ver. Não se acomodar taticamente com o resultado e continuar pressionando o adversário. Afinal, não fosse a falta de sorte do Guerrero quando chutou bem, mas a bola foi na trave, o time teria feito outros gols.

    Entre mortos e feridos, salvamos os 3 pontos. E, neste momento, é isso que mais interessa.
    Jogar bem, mas não vencer traz mais danos que jogar mais ou menos e vencer.

    SRN a todos

    • author avatar
      Vagner BSB - SSA 4 anos ago Responder

      Ooops, erro:

      A substituição foi errada, NÃO pela postura, mas pelo nome escolhido. (Gabriel no lugar do Fernandinho).

      • author avatar
        Bill Duba 4 anos ago Responder

        Confrade, que boa retratação logo no parágrafo seguinte.
        Really, bom mesmo!!!
        Saudações Rubro nigérrimas

  • author avatar
    Alex 4 anos ago Responder

    Chiquinho foi demais e ver o técnico falando antes do jogo que ele ja estava acostumado a pressão, é como dar um tapa na cara do torcedor que conhece muito mais o poder do manto e suas capacidades do que qualquer discurso decorado e previsível.
    Porra!!!Eu acho que vi apenas uma vez Chiquinho em campo e de tão marcante seu futebol eu nem lembrava se o cara era lateral, gandula ou massagista!!!!!

    Já deu pra perceber que a lateral esquerda tende a ser um problema com futuras ausências do Jorge!!

    • author avatar
      Léo Fla 4 anos ago Responder

      Acho que dá pro Everton quebrar o galho quando o Jorge não puder jogar. Em 2009 ele jogou pela lateral esquerda e foi bem.

      SRN

      • author avatar
        Alex 4 anos ago Responder

        Verdade, pode mesmo ainda mais com o elenco grande como esta.
        Só treinar mais a parte defensiva!

        SRN

    • author avatar
      Bill Duba 4 anos ago Responder

      É só por o everton ali e resolvem dois problemas de uma tacada só: melhorar a lateral esquerda e tirar o everton do meio de campo.
      Saudações Rubro Nigérrimas

      • author avatar
        Janjão 4 anos ago Responder

        Exatamente!!! O Ewerton é o meu lateral esquerdo do elenco! Corre pra caramba, marca mil vezes melhor do q o Jorge, se apresenta pro jogo. O Jorge dá no máximo 2 cruzamentos por jogo. Em 2009, o Ewerton entrou na lateral qd o Juan (Marrentinho! se machucou, e ganhamos graças a isso. Os deuses ajudaram a escalar aquele time. Nunca seríamos campeão com Juan na lateral. Agora estou torcendo pro novo Juan machucar, não faz sentido ele ser titular, lento, não ganha nada por cima, e até a saída de bola piorou.

  • author avatar
    Leonardo Sartori 4 anos ago Responder

    Foi assim com o Campeonato Carioca. Deram mole e o Mengão começou a empilhar campeonatos invictos, liderados de ponta-a-ponta, Tri em sequência, revezamento de tri-vice até culminar com a hegemonia total em títulos. Vamos demorar para estragar esse brasileirão ainda, mas estamos no caminho!

  • author avatar
    JúlioAbreu 4 anos ago Responder

    Não precisa de análise d jogo…Pará foi o melhor em campo.

  • author avatar
    Rodolpho Loureiro 4 anos ago Responder

    Tenho certeza de que o Arthur seria botafoguense se não existisse um Flamengo no mundo. Vai ser pé atrás assim lá na terra do chororo!!! Rsrs

  • author avatar
    Rasiko 4 anos ago Responder

    O Flamengo tem 2 atacantes – Guerrero e Viseu – e uma incógnita: Damião. Às vezes pode contar com o Éverton, mas no mais delas – vezes -, não. Fernandinho, Cirino e Gabriel eu deixo pros corneteiros se deliciarem com toda razão. Os meninos da base continuam escondidos enquanto nossos adversários lucram milhões com suas jóias. Batendo na trave dos 72 de vida e 67 de futebol, confesso meu retardamento mental: até hoje não consegui entender esse esporte dito nobre e suas idiossincrasias. Como, p.ex., o mero fato de Chiquinho e Fernandinho pertencerem ao plantel profissional do Flamengo e, pior, muito pior, serem escalados com titulares e entrarem em campo vestindo o Manto.

    Não adianta vir com fanfarra: esse time é uma bosta e esse técnico é uma merda. A mim nenhum dos 2 convence de jeito e maneira nenhuma. O time continua jogando de maneira errada e antiquada. Não há aproximação, nem compactação e nem movimentação. A insistência com MAraujo é um erro que se repete a cada partida e não apenas uma implicância irracional da torcida. Com Cuellar o time tinha mais qualidade na saída de bola e isso aliviava o Arão de ter que vir buscar a bola num esforço de vai e vem constante. Não fiz scout mas é fácil observar que mesmo as melhores jogadas do MA não dão em nada. Porque a porra da insistência? Porque colocar o Gabriel quando existia a possibilidade de negociação? Não sei quem ele vai tirar pra entrada do Diego, mas o Mancuello não pode sair. E o Cuellar não pode deixar de entrar.

    A mim não convence.

    srnp&a

    • author avatar
      Bill Duba 4 anos ago Responder

      Concordo com quase tudo, menos que o everton é atacante com meio campo. O everton é lateral esquerdo, e dos bons.
      Saudações Rubro Nigérrimas

  • author avatar
    Marco Gama 4 anos ago Responder

    Pará monstro. Mais um que pegaram no pé injustamente. Raça pura e concentração máxima nos 90 min, além de saber cruzar muito bem.

    Era o Fernandinho ou o Cirino que estava em campo ontem? Volta Jorge, volta Everton, volta Ederson!!!

    PS: É impressão minha ou o time está caindo fisicamente por causa das inúmeras viagens?

    SRN.

  • author avatar
    JOAO MARCELO LIMA DE ANDRADE 4 anos ago Responder

    O jogo realmente não foi bom, ainda que o mais importante tenham sido os três pontos. De qualquer forma serviu para que se pudesse avaliar algumas coisas: esse Chiquinho é horripilante mesmo e só pode ser utilizado em caso de absurda e extrema necessidade; o Fernandinho é o Marcelo Cirino mais careteiro, não joga nada do mesmo jeito mas a cada erro que comete, e são vários, faz um monte de careta no intuito de demonstrar que se importa. O Cirino nem isso tem feito. Apesar de não terem ido bem, acho que pode dar certo o Mancuello e o Patrick juntos. Precisa achar um jeito de não haver tanto desgaste, principalmente do argentino, porque ficou cansado e aí erra mais e chega menos à frente para ajudar, finalizar…; e o Réver está jogando muito bem, ganhando tudo pelo alto, ainda que tenha vacilado no gol do América, juntamente com os outros dois que estavam no lance, acho que Vaz e Juan. E, pelo amor de Deus, é necessário parar com essas “dormidas” no segundos tempos dos jogos. Alguém, se for o técnico melhor, precisa gritar, bater palma, rosnar na beira do campo, sei lá, alguma coisa que faça os caras continuarem no ritmo até os jogos terminarem, principalmente se ainda não estiverem resolvidos. É isso.
    Avante Mengão!

    • author avatar
      Almeida 4 anos ago Responder

      Concordo com a colocação do amigo. Gostei do Vaz na Lateral, pode ser reserva imediato de Jorge. Também achei que o time cansou no final do segundo tempo, onde houve a pressão do atletico-mg – Alô comissão técnica, duas semanas sem jogos durante a semana , qual será a desculpa?

      Outro ponto relevante, Juan e Rever juntos, não dá, são muito lentos. Quero ver o Donatti, mas acredito que também não seja dos mais rápidos.

      No mais, jogo difícil, msm sendo contra o lanterna, tinha tudo pra desandar. Guerrero, Para e Muralha, os melhores em campo.

      SRN.

  • author avatar
    Diego Guedes Quintana 4 anos ago Responder

    Depois do jogo contra o Coritiba, no próximo domingo, teremos 2 jogos de ” 6 pontos”!!!! Vai pra cima deles MENGOOOO!!!!!

    “Lá na Gávea é assim. Nem andando e nem voando, só sambando.”

    SRN

  • author avatar
    Carlos F. Gama 4 anos ago Responder

    Ontem, prá variar, foi mais um sufoco…..a nossa capacidade de deixar um jogo chato se tornar eletrizante, pelo bem ou pelo mal, é incontestável…..fiquei com saudades do Jorge afinal o Chiquinho estava em panico, pensei que ia sair chorando do gramado… mais ainda do Ederson e do Everton, já que o fernandinho provou a sua total incapacidade de jogar futebol, ainda mais no Flamengo.. melhor é comprar um balde de Stella e dividir pra ele o pro Cirino e deixar os dois em paz em algum boteco que vê-los tentando cavar uma falta!!!!!!!! A gente vai chegar….prá mim só tem uma rodada que interessa ser lider…a 38ª e vamos chegar!!!!!!.

  • author avatar
    Eduardo 4 anos ago Responder

    Gosto dos seus textos. Bate muito com o que eu penso. Acho q esse time precisa só de mais alguma peça pra encaixar e dar liga de vez, pode ser o Diego, vamos ver… Mas se chegarmos lá na frente, fazendo essa mesma campanha, num ano que tinha tudo pra dar errado por causa de olimpíadas e tudo mais, podemos beliscar esse título. Abço.

    • author avatar
      Rafael 4 anos ago Responder

      ‘..num ano que tinha tudo pra dar errado…”. Perfeito. Me lembrou a última Copa do Brasil. Os antis não botavam fé, e nós levamos. Cheiro de hepta..

  • author avatar
    Paulo Vinícius Siviero 4 anos ago Responder

    Fala Nação!
    Eu não gostei do jogo. Mas vejam como é o futebol: Vencemos. Ponto.
    Não duvido que nosso melhor jogo foi contra o SPFC e vejam vcs: Empatamos.
    E de que adiantou massacrar o gambá, inclusive colocando bola na trave e tendo o goleiro Cássio o melhor em campo no primeiro tempo? Fomos goleados, certo?

    Pois bem, via de regra: Já que o objetivo do futebol é fazer + gols que o adversário, vamos festejar esse placar. Se queremos jogar melhor, que façamos pro próximo jogo. Este acabou.

    Sobre aquele papo de golear, aí vai o “macete”: De que adianta ter 100 gols de saldo, se o número de vitórias que é o mais importante?

    SRN

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta para Xisto Beldroegas Cancelar resposta